Rafael Matos

Assessoria

em

Comunicação

domingo, 19 de maio de 2019

Media training relâmpago: quatro dicas para estar preparado quando for preciso
Quem ocupa posições de liderança ou busca algum destaque precisa de um media training para estar preparado para as oportunidades que surgem na imprensa. Deve saber articular as ideias e defender argumentos para alcançar objetivos. O excesso de confiança ou a falta de treinamento podem ter o efeito contrário, como por exemplo, quando se quer defender uma proposta, mas o uso inadequado de frases e palavras acaba soando ofensivo. O efeito poderia ter sido diferente se tivesse se expressado melhor? Provavelmente.
<a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/vintage">Vintage foto criado por jannoon028 - br.freepik.com</a>
Como sugestão para quem procura melhorar as habilidades de comunicação (políticos incluídos) listei algumas dicas que podem ser úteis nestes momentos de exposição midiática:

1

Seu objetivo deve ser sempre comunicar suas principais mensagens. Portanto, em entrevistas, use as perguntas como uma oportunidade para também destacar os seus pontos. É uma técnica que significa responder à pergunta e acrescentar uma das suas principais mensagens ou principais problemas descritos no seu plano de ação. Lembre-se não é o caso de ignorar a pergunta feita, mas aproveitar o momento para dar o seu recado.

2

Se você estiver concedendo uma entrevista, lembre-se que o jornalista está interessado no que tem a dizer, então não fique nervoso se não conseguir pensar em uma resposta imediatamente. Faça isso no seu tempo, considerando seus pensamentos e ideias antes de responder.

3

Deixar de dar uma resposta também pode ser bem pior do que oferecer uma resposta ruim. A famosa frase ‘nada a declarar’ pode implicar na confirmação da pergunta. Por isso, reforço a importância de estar preparado para estes momentos. Diga “eu não posso falar agora por razões legais, ou por ainda desconhecer o assunto, no entanto, o que posso dizer é...”. E é claro, nunca permita que uma afirmação mentirosa seja levada adiante.

4

Cada área de atuação profissional tem os seus próprios jargões, mas procure saber qual é o público-alvo para o qual irá se comunicar e busque as palavras que melhor se encaixem na mensagem.

O que você achou destas dicas? Lembrou-se de outros exemplos? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião e as suas ideias sobre o tema!

Jornalista com experiências no Brasil e exterior em jornais, televisão, rádio, assessorias de comunicação e projetos de internet.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça contato
Tecnologia do Blogger.

Endereço

Criciúma, Santa Catarina, Brasil

Telefone e whatsapp

+55 (48) 996 290 666

Website

www.rafaelmatos.com.br