Rafael Matos

Assessoria

em

Comunicação

Sou Rafael Matos,
Jornalista

E acredito que minhas experiências profissionais me permitem atuar em projetos de jornalismo (jornal, rádio, TV e web) desde a concepção até sua execução final e em outras áreas da comunicação (planejamento, assessoria de imprensa, relações públicas, produção de conteúdo, comunicação corporativa). Quer trabalhar comigo? Entre em contato e conte suas ideias e projetos.

O que podemos fazer
Assessoria de Imprensa

Ser notado e se manter em evidência no mundo atual exige mais do que participações na mídia. Por isso não realizamos o típico trabalho de enviar mensagens em massa e esperar pela sorte. Atuamos na construção de relacionamentos de credibilidade.

Produção de Conteúdo

Produzimos e editamos conteúdo para publicações em diferentes plataformas on-line e off-line, como blogs, artigos, websites, mídia social, newsletters e TV corporativa.

Media Training

Preparação e treinamento para contato direto com a imprensa, participação em debates e entrevistas de rádio e televisão.

Cerimonial

Condução de eventos públicos ou privado, como palestras, encontros corporativos e inaugurações.

Personal Brand

Atuamos no desenvolvimento de personal brands para líderes e empreendedores.

Soluções Editoriais

Trabalho desenvolvido em parceria com a Carbo Editora (http://carboeditora.com.br/).

Trabalhos Recentes

Devo contratar uma assessoria de comunicação?


O trabalho de uma assessoria de comunicação (AI) pode contribuir para o crescimento de um negócio e justificar o investimento. Há quem imagine que não precise ou até mesmo que este trabalho pode ser feito por aquele sobrinho que sabe tudo de redes sociais. Mas também sempre é válido lembrar que o barato, às vezes sai caro.

Partindo do ponto de que a sua empresa pode assumir este investimento, a contratação de uma assessoria de comunicação respeitável poderá ser muito positiva. Com objetivos bem definídos e um bom planejamento, os resultados virão.

Uma assessoria poderá ser capaz de identificar os aspectos do seu negócio, que seriam de interesse público e ganhar alguma repercussão. Vale lembrar aqui que o trabalho de uma AI só será eficiente se houver valorização, confiança e comprometimento. De nada adiante manter uma assessoria se nunca há tempo para acompanhar o que está sendo feito, ou atender aos chamados para as demandas que serão criadas.

Para finalizar, uma AI pode resolver uma crise, mas um trabalho de longa duração, bem planejado e executado faz uma grande diferença. Então, é importante avaliar como a comunicação pode ser um investimento e não um custo.

Imagem de mohamed Hassan por Pixabay

O Mundo dos Negócios – Edição 13

Produção e edição nº 13 da revista O Mundo dos Negócios

Como fazer uma videoconferência produtiva?

Com muitas empresas com escritórios e clientes espalhados em diferentes localidades, a comunicação online é um dos recursos mais próximos do frente a frente, pois, permite que se veja, ouça e converse com pessoas em outro local. Pode ser usado em reuniões com clientes, investidores, especialistas e em entrevistas à imprensa. Mas a grande dúvida é como fazer uma videoconferência ser produtiva? 

Você pode reunir apenas algumas pessoas em um local ou em muitos locais em todo o mundo. Este recurso é fantástico quando é preciso estabelecer contatos com uma pessoa ou grupo que não lhe conhecem presencialmente. Pela videoconferência eles poderão ter uma noção de quem você é.

Além de ver e ouvir um ao outro, uma reunião online permite a troca de informações como documentos, fotos, gráficos, mapas, e até mesmo pequenos objetos. É possível exibir uma apresentação ou outros arquivos do computador. Todo o encontro também pode ser gravado.

Este recurso proporciona ainda uma economia de tempo e dinheiro. Já fez as contas de quantos descolamentos, viagens e diárias de hotéis podem ser evitados. É possível entrevistar candidatos a uma vaga de trabalho que moram distantes e realizar treinamentos.

Para aproveitar esta tecnologia é preciso também um pouco de planejamento. Faça testes antes da videoconferência para saber se todos os equipamentos estão funcionando devidamente, se o local escolhido tem a acústica necessária e se a conexão de internet suporta a operação. E não esqueça também de planejar o encontro. Reunião boa tem pauta definida, hora para começar e hora para acabar.

E para você, quais são as suas experiências com videoconferências? Elas funcionam? Deixe um comentário e compartilhe a sua opinião.

Imagem de rawpixel por Pixabay

Portal OMDN

Projeto com participação na aprovação de design, estrutura do portal e produção de todos os conteúdos até a estreia no dia 5 de agosto de 2019 e continuidade com alimentação de conteúdo diário.


Três dicas para aumentar a visibilidade de textos na web

Imagem de <a href="https://pixabay.com/pt/users/StockSnap-894430/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=923188">StockSnap</a> por <a href="https://pixabay.com/pt/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=923188">Pixabay</a>
Quem escreve para a web deve levar muito a sério os recursos de pesquisa. Comunicados e artigos devem seguir algumas orientações para obter mais visibilidade nos mecanismos de busca. Confira algumas dicas que podem ser úteis para que escreve e produz conteúdo.

Implemente SEO (já escrevemos sobre isso outro dia):

Para que o público-alvo encontre o seu texto ou site nos mecanismos de busca, as páginas devem conter palavras-chave que correspondam às frases que seu público-alvo está digitando e pesquisando. Jornalistas até entendem esse conceito, mas muitas vezes não o implementam. A sugestão é dar pequenos passos. Se escrever com palavras-chave não for um hábito estabelecido, comece pequeno. Enfatize apenas uma palavra-chave e veja como você a usa. Quando estiver satisfeito com uma palavra-chave, tente duas. Então três e assim vai pegando prática.

Faça link para outros textos já publicados em seu site e/ou blog:

Quando as pessoas chegam ao seu site, o que você quer que elas façam? Leia o seu artigo e saia? Use o recurso de indicar artigos e outros textos que tenham alguma relação com o que está sendo publicado. Certifique-se de que as páginas estão ativas e assim vai proporcionar mais visitas, leitura e tempo de permanência dos usuários.

Incentive os visitantes a realizarem uma ação (CTA – Call to Action): 

Os escritores da web, geralmente têm objetivos diferentes dos sites de comércio. Os pontos de conversão desejados incluem o número de visualizações de página e o tempo gasto no site. Incentive os visitantes a ler outros artigos e deixar um comentário. Para empresas de assessoria de imprensa, incentive os leitores a ler além do comunicado sobre um cliente. As interações valorizam o seu conteúdo e ajudar a destacá-lo nos mecanismos de pesquisa.

Tem outras sugestões para fazer, conhece outras dicas que podem ajudam? Deixe o comentário e compartilhe com a gente a sua experiência.

Qual deve ser a frequência de atualização de um blog?

Está aí uma pergunta que tem uma grande possibilidade de respostas. Com que frequência se deve atualizar um blog? A resposta depende do papel e do objetivo que ser quer alcançar.

Para as empresas, por exemplo, muitas consideram que não têm tempo para eles porque acham que precisam atualizá-lo várias vezes ao dia.

Certamente, as publicações dedicadas a notícias e comentários do cotidiano precisam ser atualizados diariamente e várias vezes ao dia. Só que esta nem sempre é a situação das empresas.

Se o blog estiver sendo usado para que as pessoas saibam o que está acontecendo em seu negócio, a estratégia é diferente. A atualização dele pode ser em torno de uma ou duas vezes por semana.

Esta ferramenta pode ser usada como um espaço importante para movimentar o site da empresa e também as redes sociais. As páginas corporativas costumam ser muito estáticas e a publicação de textos relevantes, que promovam a troca de conhecimento podem ajudar para alavancar os acessos, e por consequência, o interesse nos negócios.

As publicações podem ser feitas em dias da semana e horários diferentes para experimentar o que tem mais efetividade. Deve-se observar os registros de tráfego e acompanhar o que os leitores estão fazendo, como estão chegando até alí, quais as palavras-chave dão melhor resultado e qual o tempo de navegação. Estas informações ajudarão a encontrar um cronograma que combina com você e seus leitores.

Ah, não sabe o que dizer e nem como fazer um blog? O mercado está repleto de profissionais que podem lhe ajudar.

Tem outras dúvidas sobre a publicação de blogs e produção de conteúdo? Deixe seu comentário, questione ou simplesmente compartilhe com a gente as suas experiências.

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

O que é um jornalista unicórnio?

 
O texto de hoje foi inspirado em uma publicação feita pelo CEO da Learning Brasil, Richard Vasconcelos, no LinkedIn (rede social de voltada aos relacionamentos profissionais). Ele falou sobre os candidatos unicórnios, e que não existem, que vem sendo procurados pelo mercado de trabalho. Resolvi então escrever sobre os jornalistas unicórnios.

Bom, primeiro que oferta de trabalho para jornalista hoje em dia é coisa rara. Quando tem é parte integrante de posições que agora se chamam Analista de Comunicação, Assistente de Comunicação, e variáveis, com adendos de Júnior, Pleno e Sênior. Coisas do mundo corporativo.

Vou usar como exemplo uma das vagas de jornalista que encontrei. O pedido é por alguém que possa: acompanhar notícias de todo o mundo diariamente; sugerir tópicos para a criação de conteúdo e elaborar pautas; pesquisar e escrever de seis a oito notícias originais por dia com 400 palavras cada; criar conteúdo editorial, como artigos e e-books; apresentar vídeos e podcasts; quando possível (e eu realmente não sei quando), participar de eventos e conferências do segmento.

O mesmo anúncio diz ainda que esperam por profissionais: formados em Jornalismo ou Relações Públicas; com ótima habilidade escrita e verbal; bons pesquisadores; sem vergonha de câmeras e microfones; dominem as ferramentas do Google; conheçam as práticas de publicação de conteúdo online (WordPress, otimização para SEO); compreendam inglês – nível intermediário ou avançado. Pra fechar, interesse pelo conhecimento de criptomoedas, mercados financeiros e tecnologias financeiras.

Conhece alguém capaz?

A coisa boa é que não exigem experiência.

Sobre remuneração não dizem nada e é bom também não esperar por muito, pois, a palavra da moda é que o mercado está cheio de profissionais dispostos. Ou seja, desvalorizado.

A busca por unicórnios se estende aos estagiários. Outro dia, divulgaram uma vaga de estagiário num grupo de profissionais com os seguintes requisitos: a partir da quinta fase de Jornalismo, boa escrita, conhecimentos em InDesign, Photoshop, Premiere, fotografia, diagramação e ufa, edição de vídeo. Tudo isso e uma bolsa de R$ 500 e Vale Transporte. Os colegas jornalistas recomendaram que se existisse um estudante com estas habilidades, que fosse trabalhar como freelance que iria ganhar muito mais. Quem ofereceu a vaga se ofendeu, mas quem deveria ter se ofendido mesmo era o unicórnio.

Ops, esqueci que unicórnios não existem!

Conhece alguma história semelhante? Compartilhe com a gente? Ficou interessado na vaga de trabalho? Aqui está o link (vai que ainda não encontraram o unicórnio, quero dizer o jornalista).

Vitor Zucco Schizzi - Campeão Brasileiro de Ciclismo 2019

Trabalho de assessoria de imprensa voluntário para o Campeão Brasileiro de Ciclismo 2019, com foco nos veículos de imprensa de Santa Catarina.

Diário Catarinense - 1º/jul/2019


Jornal de Santa Catarina - 2º/jul/2019


Domine o Whatsapp antes que ele domine você

Já não bastassem os comentários desaforados, o compartilhamento de notícias falsas e uma exposição exagerada da vida pessoal das pessoas as redes sociais nos trazem também ansiedade. Fale a verdade, quem fica publicando fotos, textos, pensamentos, estórias em sua linha do tempo fica conferindo toda hora quantos ‘likes’ conseguiu arrebanhar. Acontece com muita gente para não exagerar e errar afirmando que isso acomete 100%.

Nos tempos em que o e-mail tinha importância e era uma das formas mais rápidas e econômicas de trocar mensagens havia excessiva inquietação. Quem não usava um software que programava atualizações a cada cinco minutos, ficava dando um F5 a cada 30 segundos pra ver se havia alguma novidade. Hoje só trocamos os aplicativos que nos geram esta sensação. Agora temos o famigerado Whatsapp!

Além desta fome por novidade, esta apreensão acaba nos impedindo de trabalhar. Interrompemos o que estamos fazendo só para responder a uma piada com um ‘kkkkk’ ou para assistir a um vídeo torcendo que seja engraçado. A concentração é cada vez mais difícil.

Voltando ao tempo dos e-mails, consegui resolver a minha impaciência programando o recebimento de novas mensagens para a cada 30 minutos. Quem trabalhava comigo, pensava que seria impossível. Ao ver que tinha dado certo e que ninguém havia perdido nada por causa de uma resposta mais demorada, mudei o tempo para uma hora. Quando me dei conta fazia a conferência uma ou duas vezes por dia apenas. A produtividade cresceu.

Não é o caso de voltar aos tempos do telefone sem fio, mas recentemente passei repeti a ação com o Whatsapp. Como ele não tem o mesmo recurso de tempo, deixei com aviso sonoro somente os contatos que realmente importam, familiares próximos e as relações profissionais. Todos os outros estão no silencioso. Ao final da manhã, ou final da tarde dou uma conferida pra ver se tem algo importante. As vezes nem me lembro de conferir e quando o faço, ao ver tantas conversas sem sentido, acabo nem lendo ou vendo tudo que enviam.

Ah, liberdade, que saudade de você!

E você, também já fez algo para controlar o uso das redes sociais? Isso também é um problema para você? Deixe seu comentário e compartilhe suas ideias com a gente.

Por que SEO é importante na hora de escrever para a web?

Search Engine Optimization (Otimização de Site) é o novo lead dos jornalistas

‘Quem é esse tal de SEO?’ podem questionar os desavisados. Mas para melhorar a visibilidade de seus textos nos mecanismos de pesquisa da web você tem que pensar em SEO na hora de escrever. Esta sigla escrita em inglês (Search Engine Optimization) e que em português significa Otimização de Sites, é o manual do momento para quem disputa espaço na internet. Os jornalistas, antes preocupados com um bom lead (primeiro parágrafo) devem também editar os textos para que eles apareçam em pesquisas on-line realizadas por seu público-alvo. E isso vale para os assessores de imprensa e comunicação quando distribuem um comunicado.

As principais orientações de SEO observam sobre a escolha de palavras-chave que fazem a conexão com o tema que está sendo abordado. Elas estão no topo da lista dos sites de busca e são as mais usadas pelas pessoas interessadas num determinado assunto. Diversos sites ajudam a saber o que está sendo mais pesquisado na internet.

Exemplo de SEO

Por exemplo, no momento em que eu escrevia este texto, a palavra comunicação estava altamente conectada com marketing, design, mídia, sites, logotipo e logomarca. Pela lógica dos mecanismos de busca, estas palavras e expressões devem ser repetidas ao longo do texto para que tenham relevância nas pesquisas.

São detalhes que devem ser levados em consideração por quem escreve. Como se referir ao cliente (no caso de uma assessoria) ou a uma notícia (no caso de um repórter)? Quais palavras aumentarão as chances de visibilidade nos sites?

As técnicas de SEO também indicam que sempre que um texto tiver mais de três parágrafos, deve-se incluir um subtítulo, que, por sua vez, terá a palavra-chave. São detalhes que podem parecer pequenos e até nem serem percebidos pelos leitores, mas os algoritmos de busca não perdoam os escritores desavisados.

Tem outras dicas e exemplos para dar sobre este tema? Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente.

Encontro de Surdos em Laguna


Ação voluntária de divulgação do 4º Encontro de Surdos de Laguna para a Associação Lagunense de Pais e Amigos dos Surdos (ALPAS)

Unisul TV

Diário do Sul
Encontro de Surdos é neste sábado, em Laguna

Agora Laguna
Alpas promove 4° Encontro de Surdos em Laguna

Sete dicas de como escrever um comunicado para a imprensa

Será que escrever e distribuir uma informação para a imprensa ainda é uma das formas mais eficazes de contar uma história para a mídia? Nestes tempos de novas tecnologias e redes sociais existem muitas outras maneiras, é verdade, mas uma nota bem escrita ainda tem os seus efeitos. E se for usar esta estratégia, como escrever um comunicado eficiente para a imprensa?

O cliente pode não saber, mas o assessor de imprensa tem obrigação de só enviar para os colegas jornalistas informações que sejam realmente notícia. Esta nota pode conter informações como o trabalho que está fazendo, uma nova versão do produto, a assinatura de um novo contrato ou comentários sobre questões e tendências do setor. Mas a regra principal é que sempre deve ser algo noticiável. Se for informação exclusiva, melhor ainda.

Agora se o assunto não for digno de uma nota, ele simplesmente não será aceito pelos profissionais de uma redação jornalística. O que torna um tema noticiável difere muito de um veículo para outro. A notícia é algo novo, atualizado e de interesse para os leitores.

A seguir seguem algumas dicas de como escrever um comunicado para a imprensa:

1 - O parágrafo principal é o mais importante e deve fornecer um "gancho" para o jornalista. Deve conter quem, o que, quando, onde, porquê e como.

2 - Escreva no estilo da pirâmide invertida. Após o parágrafo principal, cada parágrafo restante deve ser menos importante do que o precedente.

3 - Escreva em frases curtas, parágrafos curtos, use informações simples e vá direto ao ponto. O texto não pode passar de uma página.

4 – Ao incluir opiniões entre aspas, as citações, atribua-as a uma pessoa específica na organização e garanta que eles sejam noticiáveis.

5 - Um bom comunicado de imprensa não tem erros tipográficos ou gramaticais.

6 - Use um título atrativo. Os editores recebem centenas de mensagens por dia e um bom título chama a atenção e garante que eles percebam o conteúdo mais rapidamente.

7 - No final do texto, adicione “Para mais informações, entre em contato com...”. Os detalhes de contato devem incluir nome e número de telefone. O jornalista deve ter alguém para ligar para responder perguntas ou realizar uma entrevista mais detalhada.

Tem outras dicas e exemplos para dar sobre este tema? Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente.

Notícias sobre negócios interessam ao público?

Muitos homens e mulheres de negócios ainda cultivam a equivocada impressão de que o seu trabalho não interessa ao público. Mas toda empresa tem uma história para contar. O que ocorre é que a escolha de ‘qual meio usar’ e ‘quando fazer’ tem influência para o sucesso desta estratégia. Existe o momento para a publicidade e propaganda, mas também há espaço para a notícia de interesse geral.

É neste cenário que o profissional de comunicação que presta assessoria de imprensa ou comunicação deve ser um especialista em ver uma organização pelos olhos dos editores de jornais e sites de notícias, produtores e apresentadores de rádio e TV. Deve reunir os fatos que a mídia usaria e fornecer material informativo no momento certo. Qualquer coisa, desde um discurso até um novo produto, tem maior potencial de notícias se for trabalhado com perícia. E não tem absolutamente nenhum valor de notícia, se não for divulgado para a mídia.

Estes profissionais são fundamentais para o processo de comunicação entre uma organização e seus públicos. Eles devem garantir que a informação seja clara, honesta e direta para que as mensagens sejam facilmente compreendidas pelos respectivos públicos-alvo.

A atuação do assessor se complementa ainda às estratégias de divulgação nas redes sociais. É uma união de forças vital para construir negócios, estabelecer credibilidade e melhorar a reputação em cenários cada vez mais concorridos e disputados.

Você gostou deste post? Lembrou-se de outros exemplos onde negócios também podem virar notícia? Tem outro ponto de vista? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!
Faça contato
Tecnologia do Blogger.

Endereço

Criciúma, Santa Catarina, Brasil

Telefone e whatsapp

+55 (48) 996 290 666

Website

www.rafaelmatos.com.br