Rafael Matos

Assessoria

em

Comunicação

Sou Rafael Matos,
Jornalista

E acredito que minhas experiências profissionais me permitem atuar em projetos de jornalismo (jornal, rádio, TV e web) desde a concepção até sua execução final e em outras áreas da comunicação (planejamento, assessoria de imprensa, relações públicas, produção de conteúdo, comunicação corporativa). Quer trabalhar comigo? Entre em contato e conte suas ideias e projetos.

O que podemos fazer
Assessoria de Imprensa

Ser notado e se manter em evidência no mundo atual exige mais do que participações na mídia. Por isso não realizamos o típico trabalho de enviar mensagens em massa e esperar pela sorte. Atuamos na construção de relacionamentos de credibilidade.

Produção de Conteúdo

Produzimos e editamos conteúdo para publicações em diferentes plataformas on-line e off-line, como blogs, artigos, websites, mídia social, newsletters e TV corporativa.

Media Training

Preparação e treinamento para contato direto com a imprensa, participação em debates e entrevistas de rádio e televisão.

Cerimonial

Condução de eventos públicos ou privado, como palestras, encontros corporativos e inaugurações.

Personal Brand

Atuamos no desenvolvimento de personal brands para líderes e empreendedores.

Soluções Editoriais

Trabalho desenvolvido em parceria com a Carbo Editora (http://carboeditora.com.br/).

Trabalhos Recentes

Sete dicas de como escrever um comunicado para a imprensa

Será que escrever e distribuir uma informação para a imprensa ainda é uma das formas mais eficazes de contar uma história para a mídia? Nestes tempos de novas tecnologias e redes sociais existem muitas outras maneiras, é verdade, mas uma nota bem escrita ainda tem os seus efeitos. E se for usar esta estratégia, como escrever um comunicado eficiente para a imprensa?

O cliente pode não saber, mas o assessor de imprensa tem obrigação de só enviar para os colegas jornalistas informações que sejam realmente notícia. Esta nota pode conter informações como o trabalho que está fazendo, uma nova versão do produto, a assinatura de um novo contrato ou comentários sobre questões e tendências do setor. Mas a regra principal é que sempre deve ser algo noticiável. Se for informação exclusiva, melhor ainda.

Agora se o assunto não for digno de uma nota, ele simplesmente não será aceito pelos profissionais de uma redação jornalística. O que torna um tema noticiável difere muito de um veículo para outro. A notícia é algo novo, atualizado e de interesse para os leitores.

A seguir seguem algumas dicas de como escrever um comunicado para a imprensa:

1 - O parágrafo principal é o mais importante e deve fornecer um "gancho" para o jornalista. Deve conter quem, o que, quando, onde, porquê e como.

2 - Escreva no estilo da pirâmide invertida. Após o parágrafo principal, cada parágrafo restante deve ser menos importante do que o precedente.

3 - Escreva em frases curtas, parágrafos curtos, use informações simples e vá direto ao ponto. O texto não pode passar de uma página.

4 – Ao incluir opiniões entre aspas, as citações, atribua-as a uma pessoa específica na organização e garanta que eles sejam noticiáveis.

5 - Um bom comunicado de imprensa não tem erros tipográficos ou gramaticais.

6 - Use um título atrativo. Os editores recebem centenas de mensagens por dia e um bom título chama a atenção e garante que eles percebam o conteúdo mais rapidamente.

7 - No final do texto, adicione “Para mais informações, entre em contato com...”. Os detalhes de contato devem incluir nome e número de telefone. O jornalista deve ter alguém para ligar para responder perguntas ou realizar uma entrevista mais detalhada.

Tem outras dicas e exemplos para dar sobre este tema? Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente.

Notícias sobre negócios interessam ao público?

Muitos homens e mulheres de negócios ainda cultivam a equivocada impressão de que o seu trabalho não interessa ao público. Mas toda empresa tem uma história para contar. O que ocorre é que a escolha de ‘qual meio usar’ e ‘quando fazer’ tem influência para o sucesso desta estratégia. Existe o momento para a publicidade e propaganda, mas também há espaço para a notícia de interesse geral.

É neste cenário que o profissional de comunicação que presta assessoria de imprensa ou comunicação deve ser um especialista em ver uma organização pelos olhos dos editores de jornais e sites de notícias, produtores e apresentadores de rádio e TV. Deve reunir os fatos que a mídia usaria e fornecer material informativo no momento certo. Qualquer coisa, desde um discurso até um novo produto, tem maior potencial de notícias se for trabalhado com perícia. E não tem absolutamente nenhum valor de notícia, se não for divulgado para a mídia.

Estes profissionais são fundamentais para o processo de comunicação entre uma organização e seus públicos. Eles devem garantir que a informação seja clara, honesta e direta para que as mensagens sejam facilmente compreendidas pelos respectivos públicos-alvo.

A atuação do assessor se complementa ainda às estratégias de divulgação nas redes sociais. É uma união de forças vital para construir negócios, estabelecer credibilidade e melhorar a reputação em cenários cada vez mais concorridos e disputados.

Você gostou deste post? Lembrou-se de outros exemplos onde negócios também podem virar notícia? Tem outro ponto de vista? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião e as suas ideias sobre o assunto!

O Mundo dos Negócios - 12

Produção e edição nº 12 da revista O Mundo dos Negócios
 O Mundo dos Negócios - Edição 12

Caderno O Mundo dos Negócios

Afinal, o que é uma assessoria de comunicação?


Assessoria de imprensa (AI) ou assessoria de comunicação (Ascom)? Embora as buscas no Google ainda coloquem a primeira opção na preferência de quem busca saber sobre o assunto, considero a segunda mais atual e abrangente, podendo incluir a AI. Mas afinal, o que é uma assessoria de comunicação?

O trabalho de uma Ascom tem relação direta com o interesse por uma comunicação eficaz. Ajuda a estabelecer e manter linhas mútuas de diálogo, compreensão, aceitação e cooperação entre uma organização e seu público-alvo.

As assessorias de comunicação aprimoram o entendimento interno e externo das estratégias, objetivos e realizações de uma empresa. Ajudam a construir uma imagem pública positiva e de boa reputação.

Muitas organizações não entendem a importância da Ascom. Esse é um problema comum que muitas empresas enfrentam, mesmo que a comunicação seja essencial para o sucesso de um negócio.

A assessoria de comunicação desempenha um papel estratégico na identificação, resposta e até criação de tendências, elaboração de mensagens apropriadas e fornecimento de métodos sofisticados de comunicação.

Toda organização sobrevive, no final das contas, apenas com o consentimento público, e esse consentimento não pode existir em um vácuo de comunicação. Por isso, a Ascom precisa se basear em uma visão de longo prazo das relações de uma empresa com os vários grupos de pessoas que compõem seu público (clientes, potenciais clientes, funcionários, mídia, etc.).

E você? Tem alguma outra opinião sobre o que é e o que pode fazer uma assessoria de comunicação? Deixe seu comentário e compartilhe suas opiniões. Se preferir, mande um e-mail. De qualquer forma vamos adorar trocar ideias.

Imagem de Mudassar Iqbal por Pixabay

Media training relâmpago: quatro dicas para estar preparado quando for preciso

Quem ocupa posições de liderança ou busca algum destaque precisa de um media training para estar preparado para as oportunidades que surgem na imprensa. Deve saber articular as ideias e defender argumentos para alcançar objetivos. O excesso de confiança ou a falta de treinamento podem ter o efeito contrário, como por exemplo, quando se quer defender uma proposta, mas o uso inadequado de frases e palavras acaba soando ofensivo. O efeito poderia ter sido diferente se tivesse se expressado melhor? Provavelmente.
<a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/vintage">Vintage foto criado por jannoon028 - br.freepik.com</a>
Como sugestão para quem procura melhorar as habilidades de comunicação (políticos incluídos) listei algumas dicas que podem ser úteis nestes momentos de exposição midiática:

1

Seu objetivo deve ser sempre comunicar suas principais mensagens. Portanto, em entrevistas, use as perguntas como uma oportunidade para também destacar os seus pontos. É uma técnica que significa responder à pergunta e acrescentar uma das suas principais mensagens ou principais problemas descritos no seu plano de ação. Lembre-se não é o caso de ignorar a pergunta feita, mas aproveitar o momento para dar o seu recado.

2

Se você estiver concedendo uma entrevista, lembre-se que o jornalista está interessado no que tem a dizer, então não fique nervoso se não conseguir pensar em uma resposta imediatamente. Faça isso no seu tempo, considerando seus pensamentos e ideias antes de responder.

3

Deixar de dar uma resposta também pode ser bem pior do que oferecer uma resposta ruim. A famosa frase ‘nada a declarar’ pode implicar na confirmação da pergunta. Por isso, reforço a importância de estar preparado para estes momentos. Diga “eu não posso falar agora por razões legais, ou por ainda desconhecer o assunto, no entanto, o que posso dizer é...”. E é claro, nunca permita que uma afirmação mentirosa seja levada adiante.

4

Cada área de atuação profissional tem os seus próprios jargões, mas procure saber qual é o público-alvo para o qual irá se comunicar e busque as palavras que melhor se encaixem na mensagem.

O que você achou destas dicas? Lembrou-se de outros exemplos? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião e as suas ideias sobre o tema!

Como usar a comunicação para superar a crise econômica

Apesar de toda a negatividade que paira no ar, a comunicação pode ser usada para superar a crise econômica. Mesmo se as notícias na TV, jornais, rádios e sites de notícias seguem desanimadoras, se engana quem pensa que as previsões ruins sejam boas para a mídia. Elas geram medo, preocupação e estresse para todos e influenciam diretamente nos negócios, pois parece muito mais prático nestas horas cortar os investimentos em publicidade, marketing e relações públicas. É o chamado corte de gordura. Mas será que esta é a melhor medida?


Em tempos de crise ou recessão econômica a comunicação tem uma função muito importante. As ferramentas disponíveis contribuem para estabelecer e manter o diálogo, entendimento e aceitação entre uma organização e seu público-alvo (os clientes, por exemplo).

Transparência

Ser transparente e comunicativo é muito fácil quando tudo está bem, mas é nos momentos complicados que pessoas e empresas podem se sobressair no mercado. Por isso, mesmo nas horas ruins é importante se comunicar abertamente e regularmente com todos os públicos (investidores e clientes). A confiança construída poderá gerar resultados concretos no futuro.

Compartilhar experiências

Compartilhar histórias é um destes caminhos. O relato de cases que auxiliaram clientes a resolver problemas pode servir de exemplo e inspirar outras pessoas.

Redes sociais ativas

Dividir estas experiências publicamente pode ser um bom exemplo de utilização das redes sociais. Muitas empresas mantém os seus perfis, mas sem uma comunicação efetiva, ou ainda sem acompanhamento básico sobre os comentários feitos pelos visitantes e seguidores.

Estratégia adequada

Encontrar uma estratégia adequada para o seu negócio deve ser outro objetivo. Seguir uma mesma direção e fazer aquilo que todos estão fazendo nem sempre funciona. O que serve para um pode não servir para outro. Se os seus concorrentes estão deixando de se comunicar, aí mesmo é que está uma oportunidade.

Orientação

Se precisar busque orientação profissional para discutir as ações que mais se encaixam com os seus objetivos. Quando a crise passar, as pessoas farão negócios com as empresas que se mantiveram visíveis. Portanto, a mensagem é simples: mantenha-se em evidência e assim terá mais chance de que sua empresa ainda esteja em pé quando a tempestade acabar.

E você? Tem alguma outra sugestão de como a comunicação pode ser usada para superar a crise econômica? Deixe seu comentário e compartilhe suas opiniões. Se preferir, mande um e-mail. De qualquer forma vamos adorar trocar ideias.

----------
Imagem de Free-Photos por Pixabay

O Mundo dos Negócios - 11

Produção e edição nº 11 da revista O Mundo dos Negócios

PalavraCom

Atividades de Assessoria de Imprensa, Comunicação Corporativa e Gestão de Crise. Atendimento de clientes como:
- ACIF - Associação Comercial e Industrial de Florianópolis
- AsBEA/SC - Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura
- Casarotto Consultoria Tributária
- Carbo Editora
- Chapa 82 - Eleições OAB/2018
- Seinflo - Sindicato das Empresas de Informática e Proc. de Dados da Grande Florianópolis

Difusora 91.5 FM

- Organização e mediação de debate com os candidatos a Governador de Santa Catarina nas Eleições de 2018

Giassi Supermercados

Condução do cerimonial de reinauguração da loja de Tubarão

Giassi Supermercados reinaugura loja em Tubarão
Mais de mil pessoas na reinauguração do Giassi Tubarão

Faça contato
Tecnologia do Blogger.

Endereço

Criciúma, Santa Catarina, Brasil

Telefone e whatsapp

+55 (48) 996 290 666

Website

www.rafaelmatos.com.br