quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Isenções de impostos para grandes empresas serão revistas, diz Camasão

O candidato a governador de Santa Catarina pelo PSOL, Leonel Camasão, quer discutir a situação econômica do Estado durante a campanha eleitoral. Ele entende que a dívida do governo pode ser amenizada com a revisão das isenções de impostos que hoje são concedidas para grandes empresas. Confira um pouco mais sobre o que ele pensa.

Como é que se construiu essa candidatura do PSOL ao governo de Santa Catarina?


Candidato a Governador de SC
Leonel Camasão (PSOL)
Leonel Camasão – A nossa candidatura foi construída ao longo desse semestre junto com os militantes do PSOL e do PCB a partir de seminários programados que nós fizemos em todas as regiões do Estado. No sul nosso seminário foi em Araranguá. E a gente construiu o programa de governo ouvindo ativistas, militantes, intelectuais, povo da universidade, líderes sindicais, pra gente ter um programa de governo mais aberto à participação popular. Este é um dos nossos princípios. E foi assim que construímos esta candidatura também como um instrumento pra nossa candidatura presidencial ao redor do Guilherme Boulos e da Sônia Guajajara, nossos candidatos. E assim estamos construindo, viajando o estado, conversando com as pessoas, buscando apresentar uma alternativa aos 40 anos de PP e PMDB, basicamente os partidos que se revezam no poder aqui no nosso Estado e os seus avatares.

E desse programa que vocês construíram o que você pode destacar, qual a principal mensagem que você pretende levar ao eleitor catarinense nessa campanha?

Leonel Camasão – Um elemento principal, que a gente vem trazendo para a discussão é a questão das finanças do Estado. O atual governo está entregando Santa Catarina com uma dívida de R$ 3 bilhões. Entregando o Estado prestes a quebrar. Mas o mesmo Estado deixa de cobrar em impostos dos super-ricos o dobro desse valor. Então isso é um problema muito sério. Porque o Governo de Santa Catarina isenta de impostos um conjunto de empresas numa lista secreta, que ninguém sabe qual é, que ninguém sabe quem recebe isenção e por que recebe isenção e qual é a contrapartida social. O pequeno empresário, o microempreendedor individual, o cidadão comum paga impostos em níveis muito altos. A tributação brasileira é sobre o consumo e sobre a renda, basicamente. E os grandes empresários, e os grandes grupos econômicos pagam muito pouco ou não pagam nada. Então nós precisamos rever esta situação, abrir esta lista das isenções fiscais de Santa Catarina, e com certeza cortar muita coisa, porque se o valor que se deixa de arrecadar em impostos é o dobro do que Santa Catarina tem de dívidas, imagina o que nós podemos fazer com este recurso para atender naquilo que realmente é importante e fundamental e que é papel do Governo do Estado: saúde, educação e segurança pública gratuita e de qualidade para todo o povo catarinense. Então isso é um tema central que a gente precisa abrir essa caixa preta e revelar porque que tantos empresários grandes que financiavam campanhas até ontem recebem isenções fiscais e não pagam impostos em nossa Estado.
 

Leia mais...
PSOL com Leonel Camasão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos e importantes para que se preserve uma das características essenciais da ferramenta blog: seu caráter colaborativo. No entanto, é fundamental garantir que esse ambiente mantenha seu propósito e conserve os objetivos de acordo com os quais foi idealizado.
Pensando nisso, adotamos a seguinte política de moderação:

• o envio de comentários não implica automaticamente na sua publicação;
• os comentários devem estar sempre relacionados aos temas tratados nos posts e podem, ou não, ser publicados no blog;
• ao enviar qualquer comentário, o usuário se declara autor legítimo do material, responsabilizando-se e isentando o autor do blog de qualquer reclamação ou demanda e autoriza sua reprodução gratuita e definitiva;
• os comentários não poderão conter manifestação de qualquer forma de preconceito; linguagem grosseira e obscena; agressão, injúria, difamação ou calúnia a pessoas e instituições; propaganda político-partidária ou que faça menção a empresas e marcas.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1985 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1990 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Eleições 2016 Eleições 2018 Eleições 2020 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores