terça-feira, 31 de julho de 2018

Déficit do HNSC deve cair 20% em 2018

O déficit orçamentário do Hospital Nossa Senhora da Conceição no primeiro semestre de 2018 passou dos R$ 4 milhões. Apesar do resultado ruim, o saldo final deste ano deve ser menor do que os R$ 10,4 milhões de 2017. Estes foram alguns dos números informados pela diretora executiva Patrícia de Toledo, durante a sessão da Câmara de Vereadores de Tubarão, desta segunda-feira, 30/7. Ela informou ainda que o déficit não inclui os investimentos que até 2019, se confirmados, podem chegar a R$ 15 milhões.

Diretora-executiva também relatou que número de cirurgias caiu devido ao
incentivo para realização de partos normais - Foto de Mariane Mendes
Quase metade do déficit do HNSC é gerado pelos custos do setor de emergência que ficam negativos entre R$ 300 e 330 mil por mês com quase 8 mil atendimentos. “Esse número era pior ainda, mais com o aumento do repasse do município de Tubarão para a manutenção da emergência a situação amenizou um pouco”, acrescenta Patrícia.

Ainda segundo a diretora, os números do HNSC só fecham porque a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), entidade mantenedora, consegue remanejar recursos de outros hospitais que administra. No total a Associação controla quinze hospitais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina e Mato Grosso. Alguns prestam atendimento exclusivamente privado.

O vereador Maurício da Silva (PPS) saiu em defesa da ACSC. “Diante destes números a gente faz a pergunta. O que seria do Hospital Nossa Senhora da Conceição sem uma associação para cobrir este rombo? Nossa cidade e região viveria a dificuldade que a gente vê em outras regiões quando o assunto saúde depende apenas dos recurso públicos”.

Médicos que pediram 500% de aumento serão demitidos

Outra conta do HNSC é com o pagamento de honorários médicos. O diretor-clínico, o médico Cristiano Alexandre Ferreira, informou que por mês isso custa cerca de R$ 3 milhões. Para piorar a situação, ele surpreendeu aos vereadores ao revelar que o corporativismo da classe médica tem gerado outros problemas no Hospital. “Nós fomos pressionados pela equipe médica da Hemodinâmica (cateterismo) que suspenderam o sobreaviso enquanto não tivessem o pedido de aumento de 500%. Nós não vamos aceitar este tipo de pressão e vamos trocar toda a equipe”, garantiu. Ainda em 2017, treze médicos foram afastados pela instituição.

UTI Neonatal

Ao final do encontro, os representantes do HNSC foram surpreendidos pelo anuncio do repasse de mais R$ 300 mil pela Câmara de Vereadores de Tubarão. O presidente do legislativo, vereador Pepê Collaço (PP), assinou a devolução dos recursos para a Prefeitura Municipal de Tubarão, com um ofício ao executivo de que o dinheiro seja usado na reforma da UTI Neonatal. Esta obra está orçada em R$ 600 mil.

Leia mais...
Prefeitura renova e reajusta convênio com HNSC em mais de meio milhão de reais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos e importantes para que se preserve uma das características essenciais da ferramenta blog: seu caráter colaborativo. No entanto, é fundamental garantir que esse ambiente mantenha seu propósito e conserve os objetivos de acordo com os quais foi idealizado.
Pensando nisso, adotamos a seguinte política de moderação:

• o envio de comentários não implica automaticamente na sua publicação;
• os comentários devem estar sempre relacionados aos temas tratados nos posts e podem, ou não, ser publicados no blog;
• ao enviar qualquer comentário, o usuário se declara autor legítimo do material, responsabilizando-se e isentando o autor do blog de qualquer reclamação ou demanda e autoriza sua reprodução gratuita e definitiva;
• os comentários não poderão conter manifestação de qualquer forma de preconceito; linguagem grosseira e obscena; agressão, injúria, difamação ou calúnia a pessoas e instituições; propaganda político-partidária ou que faça menção a empresas e marcas.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1985 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1990 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Eleições 2016 Eleições 2018 Eleições 2020 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores