terça-feira, 5 de abril de 2016

Voto é cheque em branco

Para quem você daria um cheque em branco? Um parente muito próximo como o pai e a mãe? A seus irmãos? Para um colega de trabalho? E para um desconhecido? Hum, que pergunta difícil hein? Mas por que é difícil? Por que é algo muito sério, não é mesmo? Não podemos dar cheque em branco para qualquer um.

Só que a cada dois anos é praticamente isso que o eleitor faz quando vota em um candidato. Dá um cheque em branco para ele, que depois vai fazer o que quiser com este cheque em branco, seja numa câmara de vereadores, numa prefeitura, na assembleia, no governo do Estado, no congresso ou na presidência da república.

E pelo que se percebe, muitos políticos não usam este cheque em branco com a devida responsabilidade. E o que fazemos quando um cheque em branco nosso é usado de forma indevida. A gente não dá mais não é?

Só que na política não é bem assim. O eleitor dá uma segunda, uma terceira, uma quarta chance e por aí vai. É só ver a quantidade de políticos que está em mandatos seguidos se reelegendo sempre e com certa facilidade. E não importa se ele vota em assuntos que não interessem à maioria. Se aprova reajustes e aumentos de salários que lhe beneficiam. Se é flagrado em atos de corrupção. O eleitor vai lá e lhe dá novamente o cheque em branco.

Depois não adianta reclamar, querer sair na porrada, e fazer valer uma vontade na marra. Tem é que investigar bem mais antes de ir lá na urna e dar um cheque em branco, quero dizer, voto. Pois o voto, da mesma foram que um cheque é algo muito sério.

Crime eleitoral?

Sobre a gravação do vereador Evandro Almeida (PMDB) que circula nos telefones da cidade, acredito que tenha algo bem mais chocante do que ele dizer que os juízes ganham muito e demoram para dar resultado ou que o salário de vereador é muito pouco. Ele admitir que usa o dinheiro para pagar cirurgias, comprar rifas, ingressos de jantar dançante e ajudar os eleitores, entre outras coisas é fato tão grave quanto os anteriores. Não se pode achar normal isso. Todos precisam entender que a função dos legisladores está totalmente fora dos propósitos constitucionais. O eleitor não pode cobrar de um vereador ou deputado por este tipo de favor. Mas infelizmente cobra. E da mesma foram que os políticos precisam mudar seu jeito de pensar, o eleitor também precisa mudar seu jeito de votar.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores