quinta-feira, 10 de março de 2016

O vai e vem de Everaldo

O cenário pré-eleitoral de Laguna até o momento está repleto de possibilidades. São pelo menos seis partidos com pré-candidatos e que buscam consolidar espaço para as eleições de 2016. Entre os nomes que se apresentam está o prefeito Everaldo dos Santos, que é do PMDB, mas pode mudar de partido para poder tentar a reeleição.

Esta troca de partido do atual prefeito é comentada desde o ano passado. Ficou muito forte durante o verão, mas parecia fora de questão nas últimas semanas. Everaldo teria definido o apoio da direção estadual da sigla. Chegou a bater foto com o vice-governador Eduardo Moreira e garantiu que ficaria no PMDB para ser novamente candidato.

Só que esta semana, uma nova movimentação do secretário-executivo da ADR de Laguna, Mauro Candemil, apoiado pela deputada estadual Ada De Luca, voltou a deixar o processo indefinido. Candemil estaria de novo na preferência do PMDB para disputar a prefeitura de Laguna.

Ao saber disso, Everaldo dos Santos, voltou a cogitar o ingresso no PSDB para disputar as eleições de outubro. E se isso acontecer vai protagonizar um dos fatos curiosos do próximo pleito. Há prefeitos que estão abrindo mão de disputar a reeleição, mas partido rejeitando candidato que quer disputar a reeleição, é caso mais raro.

O desfecho disso é aguardado para os próximos dias, pois a indefinição do PMDB e de Everaldo está dando munição e motivação para os adversários.

Continue lendo...

Deka na Alesc

O Partido Progressista, o PP, vai usar a bancada de deputados estaduais para dar visibilidade aos pré-candidatos da sigla que são suplentes de deputado. Nesta condição está o pré-candidato a prefeito de Tubarão Deka May, que foi candidato a deputado estadual em 2014 e acabou ficando na suplência. Deka vai assumir uma vaga na Assembleia Legislativa por dois meses em período ainda a ser definido, mas é certo que vai ser o primeiro da lista.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors