segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Fim anunciado dos pequenos hospitais

A Amurel tem um grande hospital, o Nossa Senhora da Conceição, que acaba atraindo pacientes de toda a região. Nos demais municípios temos pequenos hospitais que trabalham com dificuldade para manter um atendimento decente para a população.

Mas o futuro destes pequenos hospitais está comprometido. A situação foi admitida pelo governador Raimundo Colombo (PSD), em recente passagem por Tubarão, que afirmou que o aumento de recursos do Estado na saúde não têm sido suficientes para atender a demanda. “Os custos com remédidos e equipamentos crescem mais do que se consegue destinar e aí a conta não fecha”.

Com os custos nas alturas, Colombo admitiu que mais hospitais pequenos vão fechar as portas nos últimos anos. “Não há dinheiro suficiente para manter estas instituições abertas, equipadas, e com corpo de funcionários, 24 horas por dia. É triste ter que admitir isso”, acrescenta

Continue lendo...

HCJ em vias de fechar

O Hospital São João Batista (HSJB) de Imaruí já está fechado e o Hospital de Caridade de Jaguaruna (HCJ) deve ser o próximo a cerrar as portas na região. O prefeito eleito Edenilson da Costa (PMDB) tentou buscar interessados em tocar a Instituição, mas foi aconselhado por especialistas da área a investir os recursos da prefeitura em melhorias no Posto de Saúde central. Equipar e ampliar o horário de atendimento seriam alternativas para a cidade, cujo hospital vem atuando com dificuldades há muitos anos.

Continue lendo...

Reinauguração

A rede de supermercados Giassi reinaugura na quarta-feira, 30/11, a loja da Vila Moema. As obras realizadas praticamente duplicaram o espaço que passou de 9,6 mil para 17,2 mil m² de área construída. O estacionamento também foi ampliado para 300 vagas cobertas. A ampliação gerou ainda novas vagas de emprego, mas a direção não quis informar quantas e também o valor aplicado na obra. Este é o segundo investimento que a rede faz em Tubarão nos últimos três anos. Em 2013 foi aberta a loja do bairro Oficinas.

Continue lendo...

Pontos da reforma

A reforma eleitoral que está sendo proposta não agrada todo mundo e nem a todos os pontos, mas é um começo. O fim das coligações proporcionais deveria ser válido também para as majoritárias com segundo turno. E vale lembrar que a cláusula de barreira não decreta o fim dos pequenos partidos, que vão continuar sendo livres para existir, mas sem direito ao Fundo Partidário.

Continue lendo...

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Supersalários também estão por aqui

Em tempos que os supersalários estão sendo discutidos pelo Senado, bem que o assunto também poderia ser discutido por aqui. Sim, porque esta situação também ocorre em Tubarão.

Por lá está sendo feito um novo levantamento para confirmar quantos são no setor público. Em relatórios anteriores, só no Senado o número de servidores com salários acima do teto passou de 460. Agora, segundo o Senador Magno Malta (PR-BA) existem funcionários com salários de R$ 60 mil, enquanto que o teto é de R$ 33 mil.

Em Tubarão, o teto seria cerca de R$ 20 mil, que é quanto ganha o prefeito (referente a outubro). Mas existe uma lista de servidores que ganham acima disso. Eles chegaram a estes vencimentos com a aprovação de Leis que garantiram a incorporação de salários recebidos em cargos de confiança. Por exemplo, um servidor público de carreira com salário de R$ 2 mil e que tenha sido nomeado como secretário municipal ou outra função acabou ficando com o salário maior (que era temporário) de forma definitiva.

Será que alguém da nova administração ou da nova legislatura na Câmara de Vereadores vai mexer neste assunto? Acho difícil.

Continue lendo...

Em Pescaria Brava

Enquanto o caso das eleições de Pescaria Brava vai ter julgamento no TRE na próxima terça-feira, 22/11, o candidato eleito, Deyvisson de Souza (PMDB) começa a anunciar a montagem do governo. A primeira equipe confirmada é a da Secretaria de Educação que vai ser comandada pelo professor Marcelo Mendes e mais cinco nomes já confirmados. A secretária de Saúde vai ser comandada por um nome a ser indicado pelo PP.

Continue lendo...

Em Imaruí

O prefeito eleito de Imaruí, Rui José (PSD) também já tem confirmado o nome do secretário de Administração. Será o atual presidente da Câmara de Vereadores Gilson Rosa (PSD) e que não conseguiu se reeleger em outubro. Até o momento a equipe de trabalho do futuro prefeito tem se reunido na Câmara de Vereadores, pois na prefeitura não teve espaço e também ainda não recebeu informações da atual gestão.

Continue lendo...

Weber homenageado na Alesc

O prefeito de São Ludgero, Volnei Weber (PMDB) vai receber hoje à noite na Alesc, a Comenda do Legislativo Catarinense 2016. A indicação foi feita pelo deputado estadual Manoel Mota (PMDB).

Continue lendo...

Fora da lista

O Senador Dário Berger (PMDB) destinou um total de R$ 2 milhões em emendas parlamentares para hospitais de Santa Catarina. O montante foi indicado para instituições de 11 municípios. São instituições hospitalares registradas no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES) e atuam em serviços de atenção básica, média e alta complexidade. Nenhuma instituição da Amurel faz parte da lista.

Continue lendo...

Compra coletiva

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Sul de Santa Catarina (Sinduscon) vai oferecer aos associados e possibilidade de realizar compras compartilhadas. Este tipo de negociação é tendência no mercado e, através de uma central, empresas do mesmo setor se unem em busca de preços mais atrativos. O sistema já é utilizado pelo Sinduscon de Tubarão.

Continue lendo...

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Castilho tem registro indeferido no TSE

O TSE acatou recurso da coligação Sangão Pode Mais e indeferiu o registro de candidatura do prefeito reeleito Castilho Silvano Vieira (PP), da Coligação União por Sangão. Votaram com o Relator a Ministra Luciana Lóssio e os Ministros Luiz Fux, Rosa Weber, Herman Benjamin, Napoleão Nunes Mais e o presidente Gilmar Mendes. O processo alega que Castilho estaria indo para o terceiro mandato consecutivo, pois em 2012, quando ainda era vice-prefeito, ocupou o cargo de prefeito interino em período anterior a seis meses da eleição. Por meio de uma rede social, Castilho disse que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal e espera que prevaleça o resultado das urnas. Na eleição de 2 de outubro ele obteve 4.022 votos contra 3.401 de Jaison Goulart, do PMDB. Caso esta decisão seja mantida o município deverá ter novas eleições pois Castilho obteve mais de 50% dos votos

Continue lendo...

Entrevista: vereadora reeleita de Jaguaruna, Thereza Nandi (PMDB)

Continue lendo...

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Ponticelli planeja ações para governo que começa em janeiro

Joares Ponticelli fala sobre a sua preparação para assumir a prefeitura de Tubarão no próximo ano
Parte 1

Parte 2

Parte 3

Continue lendo...

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Lei do cada um no seu galho

Até onde é válida a intervenção, por meio de lei, na atuação do legislativo e executivo quando a simples atuação ética seria suficiente? A pergunta que abre este texto poderia se referir a diversos assuntos, mas hoje reflito especificamente sobre os projetos de lei que estão sendo discutidos em algumas Câmaras de Vereadores de Santa Catarina sobre a proibição de um vereador exercer cargo comissionado no executivo.

Entendo que esta Lei só esteja sendo proposta e discutida por causa de desvios ocorridos ao longo de uma recente história. São muitos exemplos de vereadores que foram eleitos, mas pouco sentaram na cadeira de vereador, para ocupar um cargo de secretário municipal. São muitos os exemplos de nomeados para cargos municipais, entre eles vereadores, que não tinham a devida capacidade para tal.

Se o comportamento de quem nomeia e de quem aceita o cargo tivesse o real compromisso público estes desvios não estariam ocorrendo. Não haveria a necessidade de propor uma Lei para isso, e assim todos poderiam se preocupar com outra prioridade.

Ah, se...
Ah, se o eleitor também observasse como foi o trabalho do vereador que disputa uma reeleição, mas que foi secretário durante todo o mandato. Ah., se o eleitor observasse aquele que foi secretário e que agora pediu votos para vereador, para depois voltar a ser secretário. Ah, também seríamos poupados de ter discussões deste tipo.

Outras esferas
O mesmo comportamento acontece com deputados estadual, federais e senadores. Muita gente deixa a vaga no legislativo para o suplente e vai ocupar as secretarias e ministérios. Será preciso uma Lei para segurar cada um no seu galho também?

Continue lendo...

Tamanho mínimo

Prefeito eleito de Tubarão Joares Ponticelli (PP) iria receber no fim de semana o balanço das informações reunidas até o momento pela equipe de transição. Pelo que já se sabe até agora, ele deve confirmar que o início do governo terá um tamanho mínimo. Quatro ou cinco cargos de secretários preenchidos e redução nos demais cargos comissionados. Ponticelli também já adiantou que está preparado para o bombardeio de críticas e cobranças (de adversários e aliados) que vai receber no início, mas não vai ter outro jeito.

Continue lendo...

2017 dos feriadões

O comércio catarinense já estima perdas de R$ 1,18 bilhão em 2017 em decorrência dos feriados. O dado contabiliza a expectativa de inflação prevista para o próximo ano e os onze feriados prolongados ao longo dos 12 meses. A receita do comércio no estado está em recuo desde 2009 e com o menor número de dias úteis em 2017, a equação entre a folha de pagamentos e a receita operacional no comércio catarinense contribui para o agravamento das perdas.

Continue lendo...

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Entrevista: vereador eleito de Laguna, Preto Crippa (PP)

Continue lendo...

Período silencioso

O vendaval do dia 16 de outubro de certa forma mudou o foco político das últimas semanas. As atenções com a transição de governos e montagem da futura equipe de trabalho tiveram de ser divididas com a busca de recursos e soluções para a reconstrução da cidade.

Oficialmente nenhum nome ainda foi anunciado o que deixa tudo no campo das especulações. Vereadores eleitos vão ser chamados para compor o secretariado de Joares Ponticelli (PP)? Qual vai ser o espaço de cada partido dentro da gestão municipal? Qual vai ser a estrutura inicial do governo? Secretárias vão ser cortadas e se vão, quais?

O que se tem de oficial de Ponticelli é que ele aguarda as informações oficiais da equipe de transição para saber qual o tamanho do governo que poderá ter. Mas ele já adianta que se antes já tinha que reduzir despesas e cargos, agora a necessidade é de que esta redução seja maior ainda.

Continue lendo...

Enquanto isso...

Paralelamente a isso ocorrem as primeiras discussões sobre a presidência da Câmara de Vereadores. Pelo resultado das urnas, o governo não precisa de aliados para garantir esta eleição. Tem nove vereadores contra seis da oposição. Por experiência de mandatos anteriores, Pepê Collaço (PP) e Jairo Cascaes (PSD) despontam como principais interessados. Um acordo envolvendo um mandato de dois anos para cada um aparenta ser o caminho mais fácil, mas outros nomes também estariam se apresentando como opção. Por isso, neste momento, o que parece é que os envolvidos nas discussões procuram manter o grupo unido, pois uma aliança dos descontentes com a oposição pode virar o jogo de forma bem mais simples do que se imagina.

Continue lendo...

Vereadores também visitam aliados

E não são apenas os prefeitos eleitos que peregrinam pelos gabinetes de deputados para garantir apoio e indicações para 2017. Vereadores também tratam de fazer visitas aos seus aliados. O deputado Valmir Comin (PP), por exemplo, recebeu uma comitiva de Braço do Norte, liderada pela vereadora reeleita, Arlete Ramos. Na pauta do encontro, pedidos de pavimentação asfáltica por meio de convênios em parceria com o município e de implantação de academia de ginástica ao ar livre. No pedido consta a necessidade de revitalização das ruas Expedicionário Luiz Coan, Davi Beltrame, Antônio Izidoro e Santa Della Giustina Coan, no bairro Lado da União. Além disso, foi solicitado uma academia de ginástica ao livre com playground para crianças e adolescentes no bairro São Januário.

Continue lendo...

domingo, 6 de novembro de 2016

Em Brasília

E o prefeito eleito de Tubarão, Joares Ponticelli (PP), cumpre de segunda até quarta-feira mais uma agenda pelos gabinetes de Brasília. Participa de encontro com demais prefeitos eleitos e aproveita para fazer contatos para garantir recursos para a cidade em 2017.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors