quinta-feira, 31 de março de 2016

Todos os partidos devem ser cobrados pela corrupção

Muito se fala nas dificuldades que os candidatos do PT vão ter nas eleições municipais de 2016, por conta dos escândalos que envolvem o partido na esfera federal. É uma situação óbvia e de inevitável questionamento. Mas e as outras siglas que também fazem parte do governo e das investigações sobre corrupção? Será que não serão cobradas pelo eleitor?

O PMDB por exemplo, que esta semana desembarcou do governo, após anos de parceria. Será eximido de qualquer culpa ou participação? Porque não dá para se comemorar somente as vitórias e dizer que não tem nada a ver com as derrotas.

Vale lembrar que talvez o partido nem saia do governo, pois se for aprovado o Impeachment, o PMDB estará de volta ao comando ainda no mês de abril.

Outro ponto ainda a ser observado pelo eleitor é a movimentação que o governo faz para tentar evitar o Impeachment, que é o oferecimento dos cargos que eram do PMDB para outros partidos. Toda esta negociação, este grande balcão de negócios vai passar impune, sem nenhum questionamento?

Quem trocar um voto por um cargo também não merece a nossa desconfiança? Definitivamente, precisamos acordar para essa politicagem de quem atua apenas em benefício próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos e importantes para que se preserve uma das características essenciais da ferramenta blog: seu caráter colaborativo. No entanto, é fundamental garantir que esse ambiente mantenha seu propósito e conserve os objetivos de acordo com os quais foi idealizado.
Pensando nisso, adotamos a seguinte política de moderação:

• o envio de comentários não implica automaticamente na sua publicação;
• os comentários devem estar sempre relacionados aos temas tratados nos posts e podem, ou não, ser publicados no blog;
• ao enviar qualquer comentário, o usuário se declara autor legítimo do material, responsabilizando-se e isentando o autor do blog de qualquer reclamação ou demanda e autoriza sua reprodução gratuita e definitiva;
• os comentários não poderão conter manifestação de qualquer forma de preconceito; linguagem grosseira e obscena; agressão, injúria, difamação ou calúnia a pessoas e instituições; propaganda político-partidária ou que faça menção a empresas e marcas.

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors