quarta-feira, 30 de março de 2016

PPS e DEM perdem representação na Alesc

Quatro deputados estaduais, o equivalente a 10% da composição da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, trocaram de partido durante a chamada “janela partidária”, encerrada no dia 19 de março. As mudanças provocaram alterações nas bancadas da Alesc e duas legendas partidárias perderam representação na Casa.

A “janela partidária” consistiu num prazo de 30 dias dado pela Emenda Constitucional 91/2016, promulgada em 18 de fevereiro. Nesse período, os políticos puderam mudar de legenda sem perder o mandato por infidelidade partidária.

A primeira troca foi do deputado Maurício Eskudlark. Ele deixou o Partido Social Democrático (PSD) e ingressou no Partido da República, ainda em fevereiro. No dia 15 de março, Ricardo Guidi deixou o Partido Popular Socialista (PPS) e assinou a ficha de filiação ao PSD.

No dia 17, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) anunciou a entrada de Mário Marcondes, que estava no PR. A última troca envolveu Narcizo Parisotto, que deixou o Democratas (DEM) para se filiar ao Partido Social Cristão (PSC).

Com as alterações, PR e PSD mantiveram os mesmos números de cadeiras no Parlamento estadual, dois e oito deputados respectivamente. Já o PSDB ampliou a sua bancada para cinco deputados. DEM e PPS deixaram de ter representação na Alesc, enquanto o PSC, que não tinha representantes, passou a contar com uma cadeira.

Confira os números atualizados de cada bancada: PMDB - 11 deputados, PSD - 8,   PT- 5,  PSDB - 5, PP - 4, PSB - 2,  PR - 2,  PCdoB - 1,  PDT - 1 e PSC - 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem-vindos e importantes para que se preserve uma das características essenciais da ferramenta blog: seu caráter colaborativo. No entanto, é fundamental garantir que esse ambiente mantenha seu propósito e conserve os objetivos de acordo com os quais foi idealizado.
Pensando nisso, adotamos a seguinte política de moderação:

• o envio de comentários não implica automaticamente na sua publicação;
• os comentários devem estar sempre relacionados aos temas tratados nos posts e podem, ou não, ser publicados no blog;
• ao enviar qualquer comentário, o usuário se declara autor legítimo do material, responsabilizando-se e isentando o autor do blog de qualquer reclamação ou demanda e autoriza sua reprodução gratuita e definitiva;
• os comentários não poderão conter manifestação de qualquer forma de preconceito; linguagem grosseira e obscena; agressão, injúria, difamação ou calúnia a pessoas e instituições; propaganda político-partidária ou que faça menção a empresas e marcas.

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors