quinta-feira, 31 de março de 2016

Todos os partidos devem ser cobrados pela corrupção

Muito se fala nas dificuldades que os candidatos do PT vão ter nas eleições municipais de 2016, por conta dos escândalos que envolvem o partido na esfera federal. É uma situação óbvia e de inevitável questionamento. Mas e as outras siglas que também fazem parte do governo e das investigações sobre corrupção? Será que não serão cobradas pelo eleitor?

O PMDB por exemplo, que esta semana desembarcou do governo, após anos de parceria. Será eximido de qualquer culpa ou participação? Porque não dá para se comemorar somente as vitórias e dizer que não tem nada a ver com as derrotas.

Vale lembrar que talvez o partido nem saia do governo, pois se for aprovado o Impeachment, o PMDB estará de volta ao comando ainda no mês de abril.

Outro ponto ainda a ser observado pelo eleitor é a movimentação que o governo faz para tentar evitar o Impeachment, que é o oferecimento dos cargos que eram do PMDB para outros partidos. Toda esta negociação, este grande balcão de negócios vai passar impune, sem nenhum questionamento?

Quem trocar um voto por um cargo também não merece a nossa desconfiança? Definitivamente, precisamos acordar para essa politicagem de quem atua apenas em benefício próprio.

Continue lendo...

Fogaça e Martins assumem secretarias

Por conta das eleições municipais, nesta sexta-feira, 31/3, ocorrem mudanças no secretariado da Prefeitura de Tubarão. Os secretários de Governo, Matheus Madeira (PT), e de Segurança e Patrimônio, Claudemir da Rosa (PT), deixam os cargos porque são pré-candidatos a vereadores. As vagas vão ser ocupadas pelo atual coordenador de comunicação Luiz Henrique Fogaça (PT), no Governo, e pelo diretor de educação para o trânsito, Flávio Martins.

Continue lendo...

Grupo de Moacir migra para o PR

O grupo político do prefeito de Capivari de Baixo Moacir Rabello, que saiu do PP, filiou-se ao PR. Entre eles, estão pelo menos 13 pré-candidatos a vereador. Rabello também deixou como opção a filiação, mas a sigla tem como pré-candidato a prefeito o ex-secretário de esportes e de saúde, Adam Machado.

Continue lendo...

quarta-feira, 30 de março de 2016

Deka May assume na Alesc nesta quinta-feira, 31/3

Na sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) desta quinta-feira (31), o suplente de deputado estadual Deka May (PP) assume por um período de dois meses a cadeira ocupada pelo deputado Valmir Comin (PP). Comin fez o anúncio durante discurso na tribuna e lembrou que o sistema de rodízio vem sendo adotado pelo Partido Progressista (PP) há 16 anos. A prioridade do partido neste momento foi dar espaço para quem é pré-candidato nas eleições de 2016, caso de Deka que pretende disputar a prefeitura de Tubarão.

Continue lendo...

PPS e DEM perdem representação na Alesc

Quatro deputados estaduais, o equivalente a 10% da composição da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, trocaram de partido durante a chamada “janela partidária”, encerrada no dia 19 de março. As mudanças provocaram alterações nas bancadas da Alesc e duas legendas partidárias perderam representação na Casa.

A “janela partidária” consistiu num prazo de 30 dias dado pela Emenda Constitucional 91/2016, promulgada em 18 de fevereiro. Nesse período, os políticos puderam mudar de legenda sem perder o mandato por infidelidade partidária.

A primeira troca foi do deputado Maurício Eskudlark. Ele deixou o Partido Social Democrático (PSD) e ingressou no Partido da República, ainda em fevereiro. No dia 15 de março, Ricardo Guidi deixou o Partido Popular Socialista (PPS) e assinou a ficha de filiação ao PSD.

No dia 17, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) anunciou a entrada de Mário Marcondes, que estava no PR. A última troca envolveu Narcizo Parisotto, que deixou o Democratas (DEM) para se filiar ao Partido Social Cristão (PSC).

Com as alterações, PR e PSD mantiveram os mesmos números de cadeiras no Parlamento estadual, dois e oito deputados respectivamente. Já o PSDB ampliou a sua bancada para cinco deputados. DEM e PPS deixaram de ter representação na Alesc, enquanto o PSC, que não tinha representantes, passou a contar com uma cadeira.

Confira os números atualizados de cada bancada: PMDB - 11 deputados, PSD - 8,   PT- 5,  PSDB - 5, PP - 4, PSB - 2,  PR - 2,  PCdoB - 1,  PDT - 1 e PSC - 1

Continue lendo...

terça-feira, 29 de março de 2016

Antes de qualquer pressão, aprovado o reajuste

Antes de qualquer pressão popular ou crescimento de um movimento regional, os vereadores de Tubarão definiram o reajuste salarial de 2016 e o salário para a próxima legislatura. Vão passar a receber R$ 9,3 mil e este também vai ser o valor a partir de janeiro de 2017. Na prática apenas deram o reajuste da inflação, como tem sido feito nos últimos anos.

Ainda para a próxima legislatura os vereadores aprovaram uma redução de cerca de 20 cargos comissionados. Cortaram 17 assessores parlamentares, um por vereador, e outros cargos da mesa diretora. Mas isso só passa a valer a partir de 2017.

A votação do projeto de Lei Ordinária ocorreu na sessão de ontem à noite, sem muito alarde ou manifestação popular.

E de fato, os vereadores não cometeram nenhuma ilegalidade. Mas o momento político e econômico nacional pedia que fosse feito algo diferente. A redução dos salários e das despesas do legislativo seria um ótimo exemplo dos agentes políticos e estaria em sintonia com a sociedade, que vive os impactos da crise e tem visto o poder aquisitivo encolher e os orçamentos casa vez mais apertados.

Continue lendo...

quinta-feira, 24 de março de 2016

Protestos devem pedir redução salarial de agentes políticos

Com os escândalos da Lava Jato assombrando o país de Norte a Sul alguns temas locais acabam passando sem nenhuma atenção. O salário dos vereadores é um destes temas. Como estamos no último ano das atuais legislaturas é neste período que são decididos os aumentos salariais. Estes aumentos passam a valer para o próximo mandato. Ou seja, os vereadores decidem por reajustes, quase sempre acima da inflação, para aqueles que vão ser eleitos em outubro. Isso ocorre para que eles não beneficiem eles mesmo, apesar de muitos disputarem a reeleição com boas chances de vitória.

Um movimento para barrar estes aumentos vem surgindo discretamente, mas é preciso mais atenção que ele se fortaleça. Da mesma foram que decidem pelos aumentos, os vereadores podem decidir pela diminuição nos salários. Seria uma medida sintonizada com o momento atual, onde o cidadão tem que apertar o bolso. O setor público também precisa demonstrar alguma ação.

O que não se pode aceitar é um vereador ganhar entre R$ 8 e 10 mil, deputados e senadores entre R 25 e 33 mil e o piso nacional dos professores ser de pouco mais de R$ 2,1 mil. Sendo que para chegar no salário de vereador, o professor tem que continuar estudando, fazendo cursos de especialização, mestrado e doutorado. São muitos anos para se construir uma carreira.

E o que também não se pode esquecer é que a economia gerada com os salários, somada a outros gastos que podem ser cortados deve ser devolvida para a prefeitura no final do ano. As Câmaras de Vereadores são mantidas pelo repasse feito pelas prefeituras de até um 8% da arrecadação do ano anterior. Nos últimos anos muitos acordos vêm sendo feitos para que isso seja reduzido. Com mais economia, vai ser possível diminuir ainda mais.

Além de tudo o que a população já vem pedindo quando vai para as ruas, a diminuição dos salários dos agentes políticos deveria ser incluída como uma das prioridades da lista.

Continue lendo...

Um erro de R$ 2 milhões

O secretário executivo da ADR de Tubarão, Caio Tokarski, está fazendo de tudo para acabar com um problema está com ele desde que assumiu o cargo. A conclusão da Ponte de Congonhas vai exigir quase que a construção de mais uma ponte do mesmo tamanho, já que 30 metros de cabeceiras serão erguidas de cada lado e o custo pode ser até maior. Tokarski tem sido cuidadoso nas palavras para não botar a culpa em ninguém, mas fica difícil aceitar um erro de projeto como o que aconteceu, sem pensar no prejuízo de dinheiro e de tempo. Já pensou se isso fosse na iniciativa privada?

Continue lendo...

terça-feira, 22 de março de 2016

Risco de isolamento?

Há dez dias para fim do prazo de filiações o cenário eleitoral segue bem embaralhado nas principais cidades da região. Quase todos os partidos aguardam o final deste prazo para dar início às discussões sobre coligações e composições de candidaturas.

Em Tubarão uma das principais movimentações nem foi de pré-candidato a prefeito, mas a mudança do PSDB para o PSD do vereador Nilton de Campos foi bem marcante. Ex-secretário dos governos de Carlos Stüpp e Manoel Bertoncini deixou a pré-candidatura tucana sem um forte cabo eleitoral.

Ao que tudo indica o novo partido de Campos está fechado com o PP de Deka May, mas há cogitações de que o PSD aceitaria ficar fora da chapa majoritária para abrigar o PMDB na composição. Assim formaria uma forte aliança para disputar contra o petista Olavio Falchetti e deixaria o PSDB isolado.

Continue lendo...

Laguna: Everaldo poderá ter vice do PSDB

Em Laguna, o prefeito Everaldo dos Santos recebeu o aval do presidente estadual do PMDB Mauro Mariani e do deputado federal Edinho Bez e deve disputar a reeleição, tendo Nazil Bento Junior do PSDB como possível vice. O PP que tem como pré-candidato o empresário Samir Ahmad, filiou quatro vereadores e agora tem sete cadeiras na Câmara Municipal. Reforçou o número de cabos eleitorais, mas vem como uma estratégia arriscada para o legislativo, pois será muito difícil conquistar sete vagas na câmara.

Continue lendo...

Indefinições em Capivari de Baixo

Em Capivari de Baixo, o número de pré-candidatos ainda é grande, e os dois partidos mais tradicionais ainda seguem indefinidos. No PMDB, o nome é o do ex-prefeito Luiz Carlos Brunel Alves, mas que ainda não se sabe se terá condições legais de disputar. No PP, três nomes, os vereadores Mael e Eltinho e a ex-secretária de saúde Inês Eulália dos Reis, disputam a indicação, já que o atual prefeito Moacir Rabello está da disputa pelo PP. Existe uma informação de que ele se filiou ao PR, mas ultimamente é difícil confirmar qualquer coisa com o prefeito.

Continue lendo...

PMDB de Jaguaruna tem oito pré-candidatos

Em Jaguaruna o PMDB local é o campeão no número de pré-candidatos. Oito nomes se colocam à disposição do partido para disputar a eleição. No PP, onde o prefeito Luís Napoli não vai disputar a reeleição, o vereador Alício Bitencourt é o pré-candidato, provavelmente com Claudionor dos Santos, vice indicado pelo PSD.

Continue lendo...

Eleições 2016: Jean Rodrigues é o pré-candidato do PSDB em Capivari de Baixo

O presidente da Câmara de Vereadores de Capivari de Baixo, Jean Rodrigues, é pré-candidato a prefeito pelo PSDB

Continue lendo...

segunda-feira, 21 de março de 2016

PP de Laguna duplica na Câmara

Em um único ato de filiação a bancada de vereadores do PP de Laguna passou de 3 para 7 (do total de 13 cadeiras). A sigla filiou, na sexta-feira (18/3), Patrick Mattos (ex-PSB), Silva Bombeiro (ex-PR), Zezinho Siqueira (ex-PT), e Rogério Medeiros (ex-PMDB). Segundo a assesoria do partido passa a ser o único Partido de Santa Catarina com maioria absoluta numa Câmara. Para prefeito o PP de Laguna tem o empresário Samir Ahamad como pré-candidato.

Continue lendo...

sexta-feira, 18 de março de 2016

Eleições 2016: Vicente Costa é o pré-candidato do PSD em Capivari de Baixo

A série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Capivari de Baixo continua nesta sexta-feira (18/3) com a participação do represente do PSD, o médico Vicente Correa Costa

Continue lendo...

quinta-feira, 17 de março de 2016

De doer o estômago

Não sei o que você leitor sente ao ler e ouvir as notícias sobre esta grande sujeira de escândalos políticos que abalam o Brasil, mas em mim dá uma dor de estomago tremenda. Que na verdade é um reflexo de tristeza. Pois por mais revoltante que seja tudo isso, dá uma grande tristeza ver que depois de 24 anos da saída de Fernando Collor (PTB), a corrupção continue roubando os sonhos de uma nação.

A situação do atual governo é praticamente insustentável. Vai ser necessária muita mágica para reverter o quadro. Só que quando olhamos para a frente para imaginar quem é que vai reconduzir o país, não vemos ninguém. O Congresso Nacional está na moita, como se diz no popular, esperando pra ver o que vai acontecer e quem será a próxima vítima dos assaltos.

O descontentamento da população que pede a renúncia do governo, repudia a nomeação de Lula (PT) como ministro, precisa ir além. Sem uma revisão da constituição e reformas gerais em todo o modelo político-administrativo, vamos continuar reféns. Quem sabe até uma virada radical, com a renúncia de todo mundo para se começar do zero.

Mas tem uma outra coisa que me entristece e embrulha o estômago: o grande número de pessoas que pede uma intervenção militar e a volta da ditadura. Será que naqueles tempos não existia corrupção? Esquecem estas pessoas que se isso acontecer, vão perder o direito de se manifestar e inclusive pedir o fim destes regimes. Eu por exemplo, estaria impedido de dizer o que estou dizendo hoje aqui, que sou contra a ditatura, seja ela civil ou militar. Não estou ofendendo ninguém, mas não seria livre para dar a minha opinião.

Mas o fato é que é preciso dar rumo a esta situação. Os brasileiros não podem ficar no meio deste fogo cruzado. Só quem perde, só quem se prejudica é quem não tem recursos. A turma dos altos salários, das mordomias e regalias, só está preocupada mesmo em salvar a própria pele.

Continue lendo...

Eleições 2016: Tião da Telha é o pré-candidato do PDT em Capivari de Baixo

Dando sequência a série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Capivari de Baixo. O convidado de quinta-feira (17/3) é o representante do PDT, Sebastião Rocha da Costa, o Tião da Telha

Continue lendo...

quarta-feira, 16 de março de 2016

Eleições 2016: Nazareno é o pré-candidato do PT em Capivari de Baixo

Dando sequência a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito da região, o convidado é o representante do PT de Capivari de Baixo, José Nazareno Correa

Continue lendo...

terça-feira, 15 de março de 2016

Manifestar e reformar

As manifestações registradas no domingo em todo o Brasil são válidas e demonstram que parte da população não está satisfeita com toda a corrupção que escorre de Brasília e demais repartições. Neste ritmo, o impeachment da presidenta Dilma Roussef (PT) é algo cada vez mais possível. Mas de nada adianta se manifestar agora, em março, e em outubro o resultado das urnas apresentar pouca ou nenhuma novidade.

Em 2013 tivemos protestos ainda maiores, contra o aumento das passagens, contra a Copa do Mundo e também contra o Governo. Mas um ano depois o que aconteceu? Quantos envolvidos em escândalos agora foram reeleitos?

Muita gente não gostou de ver políticos no meio das manifestações, mas o fato é que sem a política não vai ser possível fazer mudanças. E é isso que as pessoas precisam entender. Temos que acabar com a politicagem e precisamos encontrar políticos capazes de fazer as mudanças necessárias. Estes que estão aí já provaram que não vão fazer.

As eleições deste ano, são para os municípios, que pouco podem fazer para mudar a estrutura política que vem de Brasília. Mas pode ser um começo.

Mas se houver o impeachment, que venham também as reformas necessárias para termos mudanças significativas. Vamos dar um fim à reeleição? Vamos dar um basta para a criação de partidos que tem como objetivo apenas ocupar cargos? Vamos adotar o voto distrital como forma de garantir a representação regional? Vamos adotar o parlamentarismo para permitir que governos fracos e sem representação continuem no comando?

Há muitos outros pontos que precisam mudar, mas são reflexões que precisam ser feitas juntos com os novos protestos que virão. Caso contrário vamos novamente e somente, ter boas fotos para publicar nas redes sociais.

Continue lendo...

Eleições 2016: Nivaldo de Souza é o pré-candidato do PSB em Capivari de Baixo

Dando sequência a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito da região, o convidado é o representante do PSB de Capivari de Baixo, Nivaldo de Souza

Continue lendo...

Buscando novidade

O desgaste dos atuais políticos é tão grande que os partidos tentam buscar novidades de qualquer jeito. O radialista e apresentador da Unisul TV Antônio Rodrigues foi convidado a mudar o domicílio eleitoral de Tubarão para Capivari de Baixo para ser candidato a prefeito pelo PSC. Rodrigues teria aparecido com boa preferência de votos pelos eleitores, mas descartou qualquer possibilidade de se candidatar. Além disso, não haveria prazo legal para a candidatura, pois apesar de as filiações serem permitidas seis meses antes das eleições, o tempo mínimo de domicílio eleitoral é de um ano.

Continue lendo...

Não precisa sair

A diretora-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Tanara Cidade (PT), não precisa deixar o cargo para disputar a prefeitura de Laguna. Mas alguns ministros do TSE ressalvam que se o cargo comissionado ocupado em outro município puder influenciar no pleito do município pretendido há sim a necessidade de desincompatibilização. Para alguns, a participação dela no CIS Amurel pode significar esta influência. De qualquer forma, Tanara vai deixar o cargo durante a campanha eleitoral, a partir do mês de agosto.

Continue lendo...

quinta-feira, 10 de março de 2016

O vai e vem de Everaldo

O cenário pré-eleitoral de Laguna até o momento está repleto de possibilidades. São pelo menos seis partidos com pré-candidatos e que buscam consolidar espaço para as eleições de 2016. Entre os nomes que se apresentam está o prefeito Everaldo dos Santos, que é do PMDB, mas pode mudar de partido para poder tentar a reeleição.

Esta troca de partido do atual prefeito é comentada desde o ano passado. Ficou muito forte durante o verão, mas parecia fora de questão nas últimas semanas. Everaldo teria definido o apoio da direção estadual da sigla. Chegou a bater foto com o vice-governador Eduardo Moreira e garantiu que ficaria no PMDB para ser novamente candidato.

Só que esta semana, uma nova movimentação do secretário-executivo da ADR de Laguna, Mauro Candemil, apoiado pela deputada estadual Ada De Luca, voltou a deixar o processo indefinido. Candemil estaria de novo na preferência do PMDB para disputar a prefeitura de Laguna.

Ao saber disso, Everaldo dos Santos, voltou a cogitar o ingresso no PSDB para disputar as eleições de outubro. E se isso acontecer vai protagonizar um dos fatos curiosos do próximo pleito. Há prefeitos que estão abrindo mão de disputar a reeleição, mas partido rejeitando candidato que quer disputar a reeleição, é caso mais raro.

O desfecho disso é aguardado para os próximos dias, pois a indefinição do PMDB e de Everaldo está dando munição e motivação para os adversários.

Continue lendo...

Deka na Alesc

O Partido Progressista, o PP, vai usar a bancada de deputados estaduais para dar visibilidade aos pré-candidatos da sigla que são suplentes de deputado. Nesta condição está o pré-candidato a prefeito de Tubarão Deka May, que foi candidato a deputado estadual em 2014 e acabou ficando na suplência. Deka vai assumir uma vaga na Assembleia Legislativa por dois meses em período ainda a ser definido, mas é certo que vai ser o primeiro da lista.

Continue lendo...

terça-feira, 8 de março de 2016

Violência: novo sinal vermelho

O número de assassinatos na região, especificamente em Laguna, faz soar novamente um alerta para a violência. O fato de os envolvidos estarem ligados ao tráfico de drogas não pode levar as pessoas a cometerem o erro de achar que o problema não é seu.

Neste fim de semana mesmo, morreu uma jovem grávida de cinco meses. A criança que ela gestava não tem culpa nenhuma do possível histórico de violência dos pais. E a sociedade não deve se importar somente quando os crimes envolvem o centro da cidade.

Apesar da segurança ser responsabilidade do Estado o tema precisa fazer parte das campanhas eleitorais deste ano. É dos municípios a obrigação de agir em áreas que podem diminuir as causas para tanta violência.

Garantir melhorias na qualidade de vida das populações que vivem em áreas de risco é atuar nas causas da violência. Precisamos de escolas com qualidade, de bairros urbanizados e iluminados. De perspectivas de um futuro melhor. Sem diminuir a desigualdade social, temos poucas chances de diminuir a violência.

Continue lendo...

Trocas

O mês de março será de intensas trocas de filiações. O PSDB de Tubarão, que já havia perdido o vereador Nilton de Campos para o PSD, agora também registra a saída do suplente Felipe Felisbino para o mesmo partido. Já em Capivari de Baixo, os vereadores Eltinho do PDT foi para o PP e Arleis Ribeiro saiu do PV para se filiar ao PSDB. Os dois também se apresentam como pré-candidatos a prefeito.

Continue lendo...

segunda-feira, 7 de março de 2016

Eleições 2016: Roger da Silva é o pré-candidato do PDT em Laguna

Seguindo com a série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Laguna. E nesta segunda-feira, 7 de março, o convidado é o pré-candidato do PDT, Roger Costa da Silva

Continue lendo...

sexta-feira, 4 de março de 2016

Eleições 2016: Andrey Pestana é o pré-candidato do PSD em Laguna

A série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Laguna continua nesta sexta-feira (4/3) com a participação do represente do PSD, atual vereador Andrey Pestana

Continue lendo...

quinta-feira, 3 de março de 2016

Transporte no ritmo do Século passado

O relato de uma mãe esta semana representa a situação de muitas famílias de Tubarão, e esta em particular do bairro Caruru. Ela me contou que tem dois filhos que estudam na Unisul, um no período da tarde e outro no período noturno.

Até o ano passado os horários de ônibus atendiam as necessidades deles e de outros estudantes do bairro. Esta semana com o início das aulas foram surpreendidos com o fim de uma das linhas e que os deixou sem saber o que fazer.

Uma das linhas saia do Centro de Tubarão no final da tarde levando pra casa passageiros, entre eles os alunos que vieram estudar. Este ônibus retornava para o Centro às 18 horas, trazendo os estudantes para o turno da noite. Sem ele, quem vem à tarde tem que esperar até às 22 horas para ir embora e os que vem para à noite tem que usar o ônibus das 16 horas.

Sem transporte, muitos estudantes consideram até abandonar os estudos. O que convenhamos, em pleno Século XXI, alguém deixar de estudar por falta de transporte, é um absurdo.

Mas esta situação do bairro Caruru, como eu disse no início, representa um problema de diversas pessoas de vários bairros e municípios. A precariedade dos serviços de transporte público afasta as pessoas, o que diminui o número de passageiros e depois as empresas encerram os horários por falta de lucratividade.

Em Tubarão, especificamente, é uma situação que se agrava há décadas. Sai prefeito, entra prefeito, e ninguém resolve o problema. A cidade convive com uma concessão do serviço ultrapassada. Todo o sistema precisa ser revisto e modernizado, de forma que venha a atender as necessidades da população e até mesmo garantir a mobilidade urbana.

Mas quem é que se atreve a dar um jeito nisso?

Continue lendo...

Eleições 2016: Samir Ahmad é o pré-candidato do PP em Laguna

Dando sequência a série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Laguna. O convidado de quinta-feira (3/3), é o representante do Partido Progressista, o PP, Samir Ahmad

Continue lendo...

quarta-feira, 2 de março de 2016

Conferindo o gênero

Depois de Tubarão é a vez dos veredores de Imbituba pedirem informações sobre o material didático distribuido na escolas. O vereador Ladiada (PSD) pediu cópia de todo o material distribuido e utilizado nas unidades da cidade. Quer conferir se a Ideologia de Gênero está mesmo fora do conteúdo, pois o município também está entre os que excluiu o tema do Plano Municipal de Educação.

Continue lendo...

terça-feira, 1 de março de 2016

Capivari sem PA 24 Horas

Ao mesmo tempo em que é lamentável o fechamento do Pronto Atendimento 24 horas de Capivari de Baixo, também não é praticamente nada de novo nesta história que se arrasta há alguns anos. O local já ficou sem funcionar entre o final de 2013 e início de 2015 por causa de problemas na estrutura. Mas se antes a culpa era de uma obra mal feita, agora o problema é a falta de recursos para a manutenção dele.

Os moradores fizeram o certo ontem em ir para a rua e cobrar uma solução. Os vereadores precisam assumir uma posição no assunto e mais do que cobrar explicações, devem também garantir os direitos da população. Afinal de contas foram investidos quase R$ 700 mil na reforma do PA. Pra que gastar esse dinheiro se o local não vai funcionar? Alguém precisa assumir esta responsabilidade.

O prefeito Moacir Rabello (PP) parece não ter mais condições de sair desta crise que cerca o município. São problemas na área política e administrativa. Perdeu completamente o apoio dentro do partido, sendo destituído do cargo de presidente do diretório municipal e sem condições de disputar a reeleição, a não ser que seja por outra sigla.

Mas com problemas na administração e rejeição popular também parece ter poucas perspectivas de novo sucesso nas urnas.

O fechamento do PA 24 horas, na verdade, coloca em evidência um problema que cerca a cidade nos últimos 20 anos. Nestas duas décadas, somente duas pessoas estiveram no comando da prefeitura. Muita gente que foi pra rua ontem, votou neles e pelo que se vê demonstra arrependimento. Mas é notório que Capivari precisa não apenas de novas lideranças, mas de novas ideias que tirem o município do marasmo e desde círculo vicioso de colocar a culpa em quem veio antes.

Outras desistências
Por coincidência, ou não, outros dois prefeitos do PP aqui da região também não vão disputar a reeleição em outubro. Luís Napoli, em Jaguaruna, também enfrenta problemas políticos e administrativos para enfrentar novamente as urnas. Já em Gravatal, Nardo Nesi, informou ao partido já no ano passado que não vai ser candidato e incentiva o apoio ao vice Alvaro Júnior, que é do PSD.

Continue lendo...

Eleições 2016: Renato Borges é o pré-candidato do PSC em Laguna

Dando sequência a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito de Laguna, o convidado é o representante do PSC, Renato Borges

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors