quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Bila na presidência do PMDB de Capivari

O ex-vereador de Capivari de Baixo, Valmiro da Rosa (Bila), foi o escolhido para presidir o diretório municipal do PMDB. A convenção do partido foi realizada no sábado, 24/10.

Continue lendo...

Crise de seriedade

O Brasil vive uma crise. É o que todos falam. Mas não é só uma crise econômica. É uma crise de credibilidade também, de um buraco enorme de falta de moralidade. A corrupção está em todo lugar. É uma cultura enraizada, aquela que algumas vezes chamamos de jeitinho brasileiro, mas que hoje nos coloca num mato sem cachorro.

Um exemplo é o que acontece nas obras públicas. Tudo começa com a morosidade para a tomada de decisões. Entre a necessidade da população e a realização da obra, muitas vezes se espera por até uma década. É muito tempo para se tirar um projeto do papel e transformá-lo em realidade.

Se já não bastasse isso vem a desconfiança com o superfaturamento, mas principalmente com a qualidade da obra. A BR-101, por exemplo. Trechos recém-inaugurados precisam ser recuperados pois a pavimentação colocada não resistiu. Onde está a fiscalização da qualidade da obra? E pior ainda, onde está a honestidade das empreiteiras que realizam o trabalho. Se tivessem alguma decência entregariam uma obra com qualidade.

E a lista de péssimos exemplos é grande. Olha só a novela que é a obra da Ponte de Congonhas, a Arena Multiuso, a abandonada UPA 24 horas, a avenida Padre Geraldo Spettmann, a rodovia que liga Tubarão a Orleans e os constantes deslizamentos de terra, a rodovia que liga Tubarão a Braço do Norte.

Onde foi parar a seriedade destas pessoas, sejam elas políticos ou empresários ligados ao setor público? Sem resolver esta crise, fica difícil encontrar um caminho para resolver a outra que abala a nossa economia.

Continue lendo...

Apae e Bombeiros de Jaguaruna recebem imóveis

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU), por meio do superintendente de Santa Catarina, André Ricardo de Souza, assinou o contrato de cessão de dois imóveis da União com a Prefeitura de Jaguaruna, sob o regime de Concessão de Direito Real de Uso Gratuito (CDRU), a Escola Especial Novo Mundo – APAE e ao Corpo de Bombeiro Voluntário do município.

As duas áreas somam 17.311 m2, beneficiando assim, os mais de 70 alunos da APAE e os mais de 32 mil habitantes dos municípios de Jaguaruna, Sangão e Treze de Maio. A cessão é resultado do grupo de trabalho formado pelo Gabinete do deputado Zé Milton (PP), SPU com representantes de entidades da sociedade civil, pública e Prefeitura de Jaguaruna.

Estavam presentes no ato, o prefeito de Jaguaruna, Luiz Napoli (PP), vereador, Alicio Bittencourt (PP), secretário de Obras, Bráz Crescêncio, presidente do Corpo de Bombeiros Voluntários, Anderson Carvalho, Comandante dos Bombeiros, Hugo Leonardo, presidente da APAE, Antonio Silveira Rocha e o assessor Parlamentar, Arnaldo Pereira.

Com informações da Alesc

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors