terça-feira, 21 de julho de 2015

Mais pendências

Passada a semana de euforia com a inauguração e liberação da Ponte Anita Garibaldi e do Túnel do Morro do Formigão, outros questionamentos devem ser feitos sobre a novela que é a conclusão das obras da BR-101. Como já vimos também nos últimos dias, as filas que eram formadas em Laguna, agora se mudaram para Tubarão. Portanto o problema não acabou, e apenas trocou o endereço.

Como existe uma previsão de que a ponte sobre o rio Tubarão seja concluída até o final deste ano fica a expectativa de que a situação pode melhorar. Mas ao que parece, estamos longe disso.

Para liberar as duas vias do túnel, é preciso concluir os acessos. Pelo lado Norte a situação até parece mais fácil, mas pelo lado Sul o buraco é bem maior. Vocês já viram a quantidade de aterro que vai ser preciso para nivelar as pistas? Ou uma vai ficar no alto e outra lá em baixo. Se vão nivelar, por que já não usaram as pedras que tiraram do túnel para fazer o aterro?

Com certeza deve ter um monte de explicação técnica para isso. Mas os moradores daquela região também questionam se vai ter um viaduto de acesso ao Sertão dos Mendes. Se vai, por que ainda não começou esta obra?

Diante destas dúvidas e das inevitáveis filas, o tráfego já aumentou nas vias locais de Tubarão. O movimento nos acessos via bairro Morrotes e Monte Castelo cresceu. Estas ruas não foram planejadas para um trânsito pesado, sem contar nos transtornos que este fluxo vai gerar agora e no futuro. Quem vai pagar esta conta?

De promessas já estamos cansados. A tão esperada revitalização dos acessos da cidade até agora está só no papel? Enquanto isso as Avenidas Patrício Lima e Pe. Geraldo Spetmann ficam do jeito que estão. Esburacadas, mal sinalizadas e mal iluminadas. Ou seja, a lista de pendências só aumenta.

Continue lendo...

SDR hoje, ADR amanhã

Os deputados estaduais aprovaram a fusão de duas agências reguladoras. A Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina (Agesc) e a Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Estado de Santa Catarina (Agesan), formarão a Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc). Um dos próximos temas da reforma administrativa a ser apreciado na Alesc é a transformação das Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs).

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores