terça-feira, 31 de março de 2015

Fechamento da João XXII volta a ser discutido na Alesc

O fechamento da Escola de Educação Básica João XXIII, do Bairro Passagem, em Tubarão, deveria ser discutido nesta terça-feira, 31/3, com o secretário estadual de Educação Eduardo Deschamps em reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa. Mas o secretário não compareceu e a ausência dele foi justificada pelo presidente da comissão deputado Valdir Cobalchini (PMDB). “Entendemos que a presença dele hoje poderia provocar tumulto e constrangimento, em virtude da apreciação da Medida Provisória 198/2015 na Comissão de Constituição e Justiça. Para evitar confronto, vamos agendar uma nova visita do secretário para tratar de uma extensa pauta”.

Sem o secretário o assunto foi repercutido entre os membros presentes e os representantes da escola. O vereador Edson Firmino (PMDB) acompanhou o grupo e destacou que a João XXIII acolhia alunos em situação de risco social, que agora precisam de transporte para se deslocar até a escola mais próxima.

Na opinião do deputado Rodrigo Minotto (PDT), é necessária vontade política para resolver o impasse. O presidente da comissão se comprometeu a incluir o assunto na pauta com o secretário da Educação. Já a vice-presidente do colegiado, deputada Luciane Carminatti (PT), cobrou esforços para garantir uma resposta à comunidade de Passagem e destacou que é preciso provocar um debate efetivo sobre o fechamento de escolas no estado. Para o deputado Serafim Venzon (PSDB), a Comissão de Educação deve assumir uma "postura mais agressiva e enfática" em relação à SED. Também participaram da reunião os deputados Gabriel Ribeiro (PSD) e Natalino Lázare (PR).

Continue lendo...

Tarifa da água terá reajuste de 7,71% em Tubarão

O metro cúbico de água em Tubarão será reajustado 7,71% (sete vírgula setenta e um por cento), em relação às tarifas atuais. No tipo residencial, para quem consome até 10 metros cúbicos, a nova tarifa será de R$ 28,03. O aumento foi definido pela Agência Reguladora de Saneamento de Tubarão (AGR) e terá vigência a partir de 1º de maio. O percentual foi confirmado em decreto assinado pelo prefeito Olavio Falchetti (PT). O reajuste anual da água, em Tubarão, leva em consideração as perdas inflacionárias dos últimos 12 meses

Continue lendo...

Reformar a reforma

Quantas vezes já usamos este espaço para falar sobre a Reforma Política? Já perdi as contas sobre os comentários neste assunto. Pois agora ele volta a ficar em evidência na Câmara dos Deputados, com a promessa de que seja votado até o mês de maio, no tempo necessário para que as regras possam valer nas eleições de 2016.

O problema é que a tal reforma é sempre um remendo da legislação política. Tratam de questões pontuais, mas não mudam muito a essência. Temos algumas mudanças, mas que nem sempre são para melhor.

Mas o que mais complica nesta situação é que a reforma é feita por aqueles poderão se beneficiar dela: os próprios políticos que disputam eleições atrás de eleições. Os profissionais das urnas. E dessa forma é difícil acreditar que eles façam mudanças de verdade. Você aí em casa mudaria alguma coisa na sua vida que deixasse mais difícil para você? É a mesma coisa com os políticos que discutem Leis que eles vão ter que lidar.

Uma das sugestões em discussão agora é o financiamento público das campanhas eleitorais. Usam o argumento da corrupção na Petrobras, com o beneficiamento de empreiteiras, para dizer que esta seria uma maneira de conter o problema. Mas porque não sugerem um limite de um ou dois salários mínimos de doação por CPF. Ricos e pobres teriam o mesmo poder de colaboração a uma candidatura.

Já se gastam milhões de recursos públicos a cada dois anos para organizar as eleições. Será que vamos ter que dar ainda mais para os partidos políticos? que hoje já são financiados pelo Fundo Partidário, que é público.

A reforma é necessária, mas é preciso quase uma reconstrução, porque com remendos, já vimos que pouca coisa muda.

Continue lendo...

Alves pede licença da presidência do PPS

O presidente do PPS de Tubarão pediu licença cargo. Enquanto isso quem dará os encaminhamentos do partido será o vice-presidente Paulo Garcia. O objetivo de Alves é assumir a frente das negociações políticas para as próximas eleições. O PPS de Tubarão tem pré-convenção marcada para o dia 23 de maio. A executiva do partido pretende realizar o lançamento da pré-canditatura a prefeito do radialista Paulo Garcia.

Continue lendo...

Aluguel de serviços

O executivo municipal de Rio Fortuna encaminhou Projeto de Lei para definir a cobrança de tarifa pela utilização dos equipamentos da prefeitura para a execução de serviços em propriedades particulares. Hoje nenhuma prefeitura pode executar serviços gratuitos em áreas particulares.

Continue lendo...

Públicas e privadas - 31/3

- Vereador de Pedras Grandes, Neném (PMDB), anda irritado com dívida da prefeitura que já foi renegociada e ainda não foi paga. Na tribuna da câmara usou palavras fortes contra o prefeito Tonho (PMDB) e recomendou que "ele fosse lavar batatas".
- Suplente de vereador Valmir Ballmann (PP) assumiu vaga na Câmara de Grão Pará. Vai ocupar a vaga de Ademir Bonetti (PP).
 - Em Rio Fortuna quem entrou na Câmara foi a suplente Ângela Nack (PP) que assumiu no lugar de Romírio Schueroff (PP), que tirou licença médica.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors