terça-feira, 25 de novembro de 2014

Votação adiada em Imaruí

A Câmara de Vereadores de Imaruí acatou a solicitação feita pelo prefeito Manoel Viana (PT) para a extensão de prazo da votação do relatório final da Comissão Processante que apura denúncia de suposta improbidade administrativa que teria sido cometida pelo executivo municipal. O presidente da Comissão Processante Rui José (PSD) afirmou no plenário da sessão que acatou o pedido do prefeito para aumentar o prazo à apresentação da defesa e anunciou que vai haver uma sessão extraordinária na próxima quinta-feira.

A acusação do denunciante Roque Gonzales Bhora afirma que a Prefeitura não teria respeitado a ordem cronológica de pagamento de dívidas e beneficiado um aliado político. A defesa do prefeito explica que foi cumprida uma determinação judicial da juíza Maria de Lourdes Simas Porto Vieira para o pagamento de uma dívida da gestão anterior no prazo de 60 dias a partir da data da sentença que foi 5 de dezembro de 2013 sob pena de sequestro de bens. O valor total da dívida à época da sentença somava cerca de R$ 130 mil, fora o valor corrente. Após negociação homologada judicialmente a Prefeitura pagou cerca de R$ 89 mil.

As galerias da Câmara ficaram lotadas e até o ex-presidente estadual do PT, José Frisch, esteve na sessão para manifestar apoio a Viana.

Leia mais...
Imaruí: Sessão Extraordinária é cancelada

Continue lendo...

Uma jovem de 50 anos

Não dá para passar o dia sem falar do aniversário de 50 Anos da Unisul. Esta jovem universidade teve, tem e vai ter um papel muito importante na transformação da realidade regional. Alguém consegue imaginar como seria Tubarão e região sem uma instituição de ensino superior? Com certeza seríamos uma pequena cidade do interior, com os jovens indo embora daqui para buscar educação e um futuro melhor. Mas o que temos hoje é bem diferente: quantas pessoas vieram morar aqui por causa da Unisul? Quantos empreendimentos surgiram por causa de projetos que nasceram dentro das salas de aula? Só na área da comunicação como exemplo, que é a minha área, a cidade não tinha jornais diários antes da criação do curso de Jornalismo. Hoje tem dois e muitos outros semanais foram criados por alunos do curso. A cidade não tinha uma emissora de televisão e hoje temos a Unisul TV. Parabéns a quem fez, faz e ainda vai fazer parte desta história da Unisul.

Continue lendo...

Demissões na Câmara de Capivari

Vereador de Capivari Farinheira (PT) pediu ao atual presidente da Câmara, Edson da Elétrica (PDT), que não demita nenhum funcionário no final do ano. Disse que em 2013, quando presidiu a casa, teve mais de R$ 440 mil a menos de recursos do que em 2014 e que mesmo assim conseguiu manter os servidores e devolver dinheiro ao Executivo.

Continue lendo...

Horário especial

Mais um fim de ano que chega e novo impasse entre comerciantes e comerciários sobre horário especial e reajuste salarial. A proposta de piso de R$ 1.005,00 e horário especial a partir do próximo domingo não foi aprovada pelos trabalhadores. Nos anos anteriores também foi assim e prevaleceu a vontade do sindicato patronal, pois segundo o departamento jurídico do Sindilojas, para definir o horário não é necessário acordo. O sindicato dos comerciários reclama da falta de fiscalização aos abusos e fica tudo por isso mesmo. ‘Está certo isso, Arnaldo?’

Continue lendo...

Abuso de medicamentos

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 2/3 dos recursos dos hospitais são gastos em atendimentos causados por abuso de medicação. O problema ainda é grave e quase cultural entre os brasileiros. Na próxima sexta-feira, o HNSC realiza um Seminário Sobre Uso Racional de Medicamentos para ajudar e orientar profissionais da área. Os participantes vão poder conhecer o trabalho feito no hospital. Foram investidos R$ 200 mil na informatização do sistema.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores