terça-feira, 23 de setembro de 2014

Travando e poluindo

A programação da Semana Nacional do Trânsito promove diversos alertas e orientações para toda a população. Desde a simulação de acidentes, atividades educativas até práticas diferenciadas de transporte. Todas chamam a atenção para uma reflexão sobre o assunto.

Tudo converge para uma grande necessidade. É preciso uma mudança de hábitos e costumes, pois caminhamos para um colapso no trânsito.

Levantamentos preliminares da Secretaria de Segurança e Patrimônio de Tubarão indicam que o município já tem 83 mil veículos registrados. Ou seja, praticamente todo adulto da cidade tem um. A cada ano dois mil novos veículos entram em circulação em nossas ruas. Neste ritmo vai ficar inviável circular por aqui.

E a grande pergunta é o que fazer num lugar onde a cultura do individualismo predomina? Incentivada ainda pela falta de qualidade no transporte público, que há anos foi deixado de lado. Mais do que um sonho de consumo, ter um carro é uma necessidade para quem mora distante do trabalho e precisa fazer deslocamentos diários. E não é um problema só de Tubarão, mas de praticamente todos os centros urbanos do país.

Do jeito que está em breve não vamos ter mais uma Semana Nacional do Trânsito e sim a Semana Nacional do Engarrafamento.

Além do trânsito travado, o grande número de veículos também só aumenta a poluição. O etanol, que seria uma solução mais ecológica para o consumo de combustível, há tempos é deixado de lado por causa do preço elevado. A procura é praticamente inexistente e em Tubarão os postos de combustíveis já estão deixando de oferecer este produto.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors