terça-feira, 29 de julho de 2014

Só com pressão e olhe lá!

Para a região Sul o tema BR-101 sempre esteve relacionado a dificuldades. Por aqui a obra demorou para começar e demora ainda mais para terminar. O que já foi feito está até se estragando enquanto que o que falta pra fazer continua complicando o trânsito.

A ponte de Cabeçudas finalmente anda a passos largos, mas as filas para atravessar o canal ainda devem incomodar por mais um verao. E pra quem imaginava que tudo ficaria bem com o termino da ponte e conclusão do túnel do Morro do Formigão deve se preparar para mais uma novela e muitas, mas muitas filas.

A ponte Cavalcante em Tubarão não tem nenhuma previsão para a realização das obras necessárias de reconstrução. Existe uma ordem de serviço, mas sem a licença ambiental, nada de máquinas e operários trabalhando. Os deputados da região esgotaram os recursos para tentar agilizar o processo. Entendem que agora somente uma mobilização maior, envolvendo os municípios e suas lideranças políticas e empresariais será capaz de pressionar a liberação das tais licenças.

Enquanto isso, todos devem se preparar pois o gargalo de Laguna vai mudar de endereço para o trecho de Tubarão. As inaugurações da ponte de Cabeçudas e do tuneis do Formigão serão inúteis enquanto não for feita também a ponte Cavalcante.

O Ministro do Turismo, Vinícius Lages, vai visitar Laguna na próxima sexta-feira. Bem que ele poderia ser convidado a dar um passeio pela BR-101 e conhecer os problemas que atrasam o desenvolvimento regional, incluindo o turismo. Quem sabe se ganha um aliado para fazer a pressão necessária para terminar a obra. Quem sabe.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors