quinta-feira, 10 de abril de 2014

Mais de 60% sem voto definido

O período oficial das campanhas eleitorais ainda nem começou e as pesquisas já começam a dar polêmica. Os números divulgados pela consulta contratada pelo Grupo RBS confirmam a óbvia liderança do governador Raimundo Colombo (PSD) e põem em risco a efetivação de algumas pré-candidaturas.

Colombo está na mídia nos últimos três anos e meio e esta lembrança ajuda a coloca-lo como provável vencedor no primeiro turno, com quaisquer adversários. Para os outros nomes que aparecem distantes do primeiro colocado, a pesquisa serve como um ponto de partida e motivação para crescer.

Mas o fraco resultado na consulta também pode prejudicar quem tem aspirações maiores. Os nomes do PMDB , por exemplo, enfrentam dificuldades num momento em que tentam convencer as bases de que devem ter uma candidatura própria.

Outro resultado preocupante é o do deputado estadual Joares Ponticelli (PP) que busca uma vaga na chapa majoritária. Na pesquisa estimulada ele obteve apenas 1% das preferências. Ficou abaixo de nomes como o dos deputados Sargento Amauri Soares (PSOL), Décio Lima e Jailson Lima (PT) e do outro pré-candidato do PP, João Pizzolatti.

Mas a informação mais relevante da pesquisa e que neste momento ganha pouco destaque é o número de eleitores que ainda não sabem em quem votar. Mais de 60% dos pesquisados estão nesta situação, o que significa que com a campanha de verdade na rua muita coisa pode mudar.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors