segunda-feira, 29 de setembro de 2014

O projeto do PV

A passagem do candidato a presidente pelo PV, Eduardo Jorge, por Tubarão e Capivari de Baixo colocou a região no mapa da campanha presidencial. Desde Cristovam Buarque (PDT), em 2006, que nenhum candidato passava por aqui.

Mas a conversa com Jorge foi além das eleições de 2014.

Perguntado se esperava vencer as eleições tratando de assuntos polêmicos como a descriminalização das drogas e legalização do aborto, logo foi dizendo: “Eu não vou ganhar”. Até aí nenhuma novidade, já que o candidato aparece com menos e 1% dos votos nas pesquisas. “Nosso projeto é ganhar prefeituras em 2016”, completou.

Segundo Eduardo Jorge, o partido quer lançar candidatos e tentar administrar os municípios com as ideias do PV. “Defendemos um desenvolvimento sustentável e uma série de propostas, mas a base de tudo deve começar nas cidades. Só assim o PV pode crescer e ajudar o país”.

Ficou no ar, então, a questão: o PV de Tubarão vai ter candidato a prefeito em 2016?

Tá chegando

E o dia das eleições está chegando. Os dias que antecedem o pleito são de muita expectativa para os candidatos. Quem será que consegue se eleger? Previsão otimista indica que a Amurel pula de dois para três deputados estaduais e mantém um federal. A pessimista é cair para um estadual e nenhum federal, o que seria muito ruim, mas muito ruim mesmo.

Mais uma para a história

A eleição para a mesa diretora da Câmara de Laguna na última sexta-feira foi pra ficar na história. Roberto Alves (PP) foi reeleito por 7 a 6 para ficar no cargo o biênio 2015-2016. Mas até a votação final, o dia foi longo. Os sete vereadores favoráveis à reeleição teriam passado o dia incomunicáveis, longe das ‘tentações’ para mudar de lado. Até uma prisão de Alves, que responde a um processo por estelionato, teria sido anunciada, tornando o clima ainda mais tenso.

Oposição questiona
A chapa derrotada na eleição da Câmara de Laguna era liderada pelo vereador Rodrigo Moraes (PR). Ficou sem o voto do correligionário Silva Bombeiro (PR), mas teve o voto de Kleber da Kek (PP), que resistiu a um mal súbito e ficou na sessão. Cogita-se que a inscrição da chapa vencedora possa ser questionada, pois o documento registrava biênio 2014-2015, quando o correto é 2015-2016.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Câmara de Laguna: dois na disputa

A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Laguna para o biênio 2015-2016 vai ser eleita amanhã, em sessão marcada para às cinco da tarde. As candidaturas podem ser inscritas até 30 minutos antes do início da sessão, mas já se sabe que pelos menos duas chapas vão disputar os cargos.

O atual presidente Roberto Alves (PP) vai disputar a reeleição e o vereador Ricardo Moraes (PR) lidera a outra chapa. O curioso é que alguns correligionários devem estar em lados diferentes. Kleber da Kek (PP) inclusive faz parte da chapa de Moraes. Já o outro vereador do PR, Silva Bombeiro, estaria apoiando Alves e até o prefeito Everaldo dos Santos (PMDB) também é citado como apoiador do candidato de oposição. Ninguém confirma nada.

Ricardo Moraes defende que é candidato por uma orientação da direção estadual do partido e espera que Silva mantenha a unidade. Roberto Alves, que foi o vereador mais votado nas eleições de 2012, espera garantir os votos necessários para ficar mais dois anos na presidência.

Mas certeza mesmo, só amanhã depois dos votos apurados.

Alerta no atendimento pelo SUS

Uma reunião marcada para hoje à tarde no Hospital Nossa Senhora da Conceição vai definir assuntos importante para o atendimento público na região. A direção do hospital vai contestar denúncias de que não estaria prestando atendimento em algumas áreas e deve mostrar números que representam um déficit financeiro. Vale lembrar que o HNSC é o único hospital com atendimento pelo SUS em Tubarão. A população não pode ficar sem este serviço.

Depois da eleição

Lideranças políticas e da comunidade de Jaguaruna tiveram reunião em Florianópolis para discutir os problemas de segurança no município. O grande número de furtos ao comércio e residências é preocupante. Saíram do encontro com a garantia de que terão novidades após as eleições.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Travando e poluindo

A programação da Semana Nacional do Trânsito promove diversos alertas e orientações para toda a população. Desde a simulação de acidentes, atividades educativas até práticas diferenciadas de transporte. Todas chamam a atenção para uma reflexão sobre o assunto.

Tudo converge para uma grande necessidade. É preciso uma mudança de hábitos e costumes, pois caminhamos para um colapso no trânsito.

Levantamentos preliminares da Secretaria de Segurança e Patrimônio de Tubarão indicam que o município já tem 83 mil veículos registrados. Ou seja, praticamente todo adulto da cidade tem um. A cada ano dois mil novos veículos entram em circulação em nossas ruas. Neste ritmo vai ficar inviável circular por aqui.

E a grande pergunta é o que fazer num lugar onde a cultura do individualismo predomina? Incentivada ainda pela falta de qualidade no transporte público, que há anos foi deixado de lado. Mais do que um sonho de consumo, ter um carro é uma necessidade para quem mora distante do trabalho e precisa fazer deslocamentos diários. E não é um problema só de Tubarão, mas de praticamente todos os centros urbanos do país.

Do jeito que está em breve não vamos ter mais uma Semana Nacional do Trânsito e sim a Semana Nacional do Engarrafamento.

Além do trânsito travado, o grande número de veículos também só aumenta a poluição. O etanol, que seria uma solução mais ecológica para o consumo de combustível, há tempos é deixado de lado por causa do preço elevado. A procura é praticamente inexistente e em Tubarão os postos de combustíveis já estão deixando de oferecer este produto.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

PV confirma visita de Eduardo Jorge

A coordenação de campanha do candidato a presidente do PV, Eduardo Jorge, confirmou a visita à Tubarão nesta sexta-feira e sábado, 26 e 29/9. Ele tem chegada prevista às 16 horas. Deve participar de um passeio ciclístico, conceder entrevista coletiva à imprensa, visitar a reitoria da Unisul e depois participar de um debate com os estudantes da universidade. No sábado, vai visitar o projeto da usina fotovoltáica da Tractebel e depois seguir para Curitiba. Jorge será o primeiro e único candidato a presidente a visitar a cidade nesta campanha eleitoral. O último foi Cristovam Buarque (PDT), em 2006.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Pé nas costas?

As eleições em Santa Catarina apresentam um quadro um tanto curioso. O atual governador Raimundo Colombo (PSD) lidera as pesquisas com folga e ao que tudo indica deve vencer novamente no primeiro turno. O detalhe é que a campanha dele está basicamente no rádio e televisão.

Com problemas de saúde ele praticamente não fez campanhas nas ruas. A agenda tem sido bastante limitada. Ele chegou a se licenciar do governo estadual para se dedicar à campanha, mas ainda não foi liberado pelos médicos. Não participa dos diversos debates realizados pelo interior do estado. Não está presente nos eventos partidários. Mesmo assim, não para de subir nas pesquisas.

A última consulta do Ibope mostra que ele subiu seis pontos percentuais e chega a 49%. O segundo colocado Paulo Bauer (PSDB) caiu de 19 para 17% e Cláudio Vignatti (PT) manteve-se com 7%.

Qual é a explicação deste fenômeno? Por que os adversários políticos não decolam? É a vantagem de quem disputa a reeleição? Ele realmente teve um bom mandato ou o eleitor está desinteressado da campanha eleitoral?

Voto a voto

A disputa para o Senado está cada vez mais acirrada. A rivalidade entre Paulo Bornhausen (PSB) e Dário (PMDB) no debate realizado pela Unisul TV não foi à toa. Os dois vão disputar voto a voto até o final da campanha. A mesma pesquisa do Ibope indica um empate técnico entre os dois. Bornhausen manteve os 25% que tinha, mas Dário subiu de 15 para 22%. Milton Mendes (PT) manteve-se com 7%. Pelo menos no Senado vamos ter emoção até cinco de outubro.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Voto Regional - 69 candidatos do Sul

Jaguaruna tem duas candidatas a deputada federal: Juliana Torralba (PSOL) e Suzane Lima (PT) o que aumenta e exige a atualização do levantamento feit por este blog. Confira a lista completa:

Governador
Amrec
 PCB - Marlene Soccas – Criciúma

Vice-Governador
Amrec
PSTU – Cíntia dos Santos – Criciúma
PMDB – Eduardo Moreira – Criciúma
PCB – Valdelir Luiz – Criciúma
Amurel
PMN – Beto Pereira – Tubarão
PP – Joares Ponticelli – Tubarão

Senado
Amrec
PT – Milton Mendes de Oliveira - Criciúma

Deputado Federal
Amesc
PDT – Beto Coan – Araranguá
PSD – Maria Regina Nunes Honório - Araranguá
Amurel
PMN – Diana Pereira - Tubarão
PMDB – Edinho Bez - Tubarão
PSOL – Cabo Damiani – Laguna
PSOL - Juliana Torralba - Jaguaruna
PT – Professor Paulão – Tubarão
PT - Suzane Lima - Jaguaruna
PT – Valberto Wiggers Michels – Braço do Norte
Amrec 
PSDB – Geovania de Sá - Criciúma
PP – Jorge Boeira - Criciúma
PT – José Paulo Serafim - Criciúma
PMDB – Ronaldo Benedet – Criciúma

Deputado Estadual 
Amurel 
PSOL – Cabo Adriana – Imaruí
PV- Amenar de Oliveira – Laguna
PV – Rodrigo Falchetti – Tubarão
PP – Deka May – Tubarão
PP – Kelber da Kek – Laguna
PP – Lais – Laguna
PP – Silvia Maria – Imbituba
PP – Vivian Tamai - Tubarão
PR – Silva Bombeiro - Laguna
PR – Prof. Maurício da Silva – Tubarão
PSDB – Ariane Domingues de Jesus - Laguna
PSDB – Keli Oliveira – Laguna
PDT – Dra. Carol Igreja – Imbituba
PSC – Denny Souza – Tubarão
PSC – Keila Faras – Laguna
PSC - Marlene Kjellin - Imbituba
PT – Eliane Cristina – Laguna
PT – Matusa – Tubarão
PT – Rosenvaldo Junior – Imbituba
PMDB – Evandro Almeida – Tubarão
PEN – Márcio Duarte – Imbituba
PSD – José Nei Ascari – Braço do Norte
PSD – Márcia Maurício Godoi – Tubarão
Amrec
PSDB – Dóia Guglielmi – Içara
PR – Dr. Silvestre - Criciúma
PPS – Celoni - Criciúma
PPS – Ricardo Guidi
PDT – Professor. Celso O. de Souza – Orleans
PDT – Pastor Jervis – Criciúma
PDT – Rodrigo Minotto – Criciúma
PSC – Frank – Criciúma/Içara
PP – Gelson Padilha – Orleans
PP – Valmir Comin - Siderópolis
PV – Gilberto Luiz – Morro da Fumaça
PTdoB – Joãozinho - Criciúma
SD – Jorge Godinho da Silva – Criciúma
PSL – José Eduardo - Criciúma
PT – Dr. Mello – Criciúma
PEN – Tevez Machado – Içara
PMDB – Luiz Fernando Vampiro – Criciúma
PCdoB – Oderi – Içara
Amesc
PV – Angelo Coral – Araranguá
PR – Eder Mattos – Araranguá
PP – Zé Milton – Sombrio
PSC – Sarah Maciel – Balneário Gaivota
PROS – Cabo Loro – Araranguá
PTB – Lucimar Nunes – Araranguá
PMDB – Manoel Mota – Araranguá
PTB – Paulo Boeira - Sombrio

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Candidatos a presidente em debate

A Unisul TV retransmite o debate entre os candidatos a presidente organizado pela TV Aparecida a partir das 21h30min. A mediação vai ser do jornalista Rodolpho Gamberini e os principais candidatos foram convidados. Aécio Neves (PSDB), Dilma (PT), Eduardo Jorge (PV), Pastor Everaldo (PSC), Levy Fidelix (PRTB), Eymael (PSDC), Luciana Genro (PSOL) e Marina Silva (PSB). É mais uma oportunidade de conferir o que eles propõem para o país.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O debate mais ‘pegado’

O debate entre os candidatos ao Senado foi a expressão do clima acirrada da eleição. Foi o programa mais tenso, mais ‘pegado’ dos três realizados pela Unisul TV. Paulo Bornhausen (PSB) e Dário (PMDB) foram os protagonistas dos maiores embates. E as farpas entre os dois só não foram maiores porque o peemedebista chegou atrasado, devido ao engarrafamento na BR-101, em Laguna.

Ao contrário da disputa ao governo, onde Raimundo Colombo (PSD) lidera as pesquisas com boa vantagem, Bornhausen lidera as intenções de voto ao Senado, mas é seguido de perto por Dário. Por isso os dois não pouparam críticas um ao outro.

O candidato do PMDB questionou as trocas de partido de Bornhausen fazendo uma relação histórica das posições familiares, ligadas à direita, e que hoje está num partido socialista. O pessebista questionou Dario sobre quem seria a candidata a presidente dele e porque ele não deixava isso claro aos eleitores.

Nos bastidores, surgiam pedidos de direito de resposta, e no final Dário ganhou 45 segundos para rebater as afirmações de Bornhausen sobre os processos que teve quando prefeito.

Correndo por fora deste embate, Milton Mendes (PT) enalteceu as obras do Governo Federal. Sargento Soares (PSOL) também se atrasou por causa da BR-101, o que poupou os adversários de perguntas apimentadas. Rosane de Souza (PSTU) manteve a postura crítica do partido quanto ao processo eleitoral. Alan Alves Moreira (PMN) e Professora Junara Ferraz (PRP) foram tomados pelo nervosismo e falta de experiência.

sábado, 13 de setembro de 2014

Candidatos a senador em debate na Unisul TV

Pela primeira vez a Unisul TV promove um debate entre os candidatos a senador de Santa Catarina. O programa A Hora do Voto – Debate será realizado ao vivo, no domingo, 14/9, a partir das 20h30 e poderá ser acompanhado em TV aberta, canal 4 em Tubarão, canal 26 em Laguna, e canal 4 TV Cabo Tubarão. Cinco emissoras de rádio (Bandeirantes AM 1090, Bandeirantes AM 1010, Antena 1 FM, Som Maior FM e Guarujá AM) vão retransmitir o áudio para as três microrregiões do Sul de Estado (Amurel, Amrec e Amesc). O site Contato também vai transmitir o programa na web.

Todos os sete candidatos foram convidados para participar do programa: Alan Alves Moreira (PMN), Sargento Soares (PSOL), Dário (PMDB), Professora Junara Ferraz (PRP), Milton Mendes (PT), Paulo Bornhausen (PSB) e Rosane de Souza (PSTU).

O programa foi formatado em cinco blocos. No primeiro os candidatos terão tempo para se apresentar. No segundo haverá perguntas entre eles, sendo que todos farão e responderão a uma pergunta. No terceiro bloco, serão feitas perguntas da produção do programa e dois candidatos serão sorteados ao vivo para responder ao mesmo questionamento. No quarto bloco os candidatos voltam a fazer perguntas entre eles. Cada um fará uma pergunta e será permitida a repetição na escolha de quem responde aos questionamentos. No quinto bloco os candidatos terão tempo para as considerações finais.

O programa com os candidatos a senador fecha a série de debates promovidos pela Unisul TV. Nos dois domingos anteriores participaram sete dos oito candidato a governador de Santa Catarina e cinco dos oito candidatos a vice-governador. A cobertura eleitoral da emissora também conta com entrevistas que estão sendo exibidas dentro do programa Café Com Notícias. Foram convidados para as entrevistas todos os candidato a governador, vice-governador e senador.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Financiamento por CPF

Muitos partidos e candidatos defendem nestas eleições a ampliação do financiamento público das campanhas eleitorais. Falam em acabar com as doações de empresas sob o argumento de que esse é um dos motivos da desigualdade entre partidos grandes e pequenos. Hoje já se gasta muito com as eleições e ao que parece querem ainda mais.

Você de casa concorda com isso? Acha que o seu dinheiro deve ir para um partido político mesmo que você não concorde com o que ele defende? Na comparação com os orçamentos da saúde, educação, segurança e desenvolvimento social, pode até ser irrisório, mas é dinheiro suficiente para construir alguns hospitais e pontes, por exemplo.

Ao defender o financiamento público propõe-se acabar com as doações de empresas, o que em parte está correto. Quem dá dinheiro a um candidato, provavelmente vai querer cobrar no futuro. Então pode-se perguntar: qual interesse tem uma empresa que doa milhões para uma campanha?

Entendo que nem dinheiro público e nem dinheiro de empresas deveria ser envolvido nas campanhas. Abaixo o CNPJ! As doações deveriam ser vindas apenas de pessoas físicas e mesmo assim com limites. Um ou dois salários mínimos no máximo por CPF.

Daí sim, caberia ao cidadão que tirou do próprio bolso, e por vontade própria, alguns reais para dar a um candidato, cobrar dele ações que sejam de interesse público e não só privado.

Como vai ficar mais difícil ainda convencer alguém a fazer doações de dois em dois anos, talvez seja possível também que seja votada uma reforma política que unifique as eleições, acabe com as coligações e reeleições entre outras reivindicações.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Governo no debate

A presença do vice-governador e candidato à reeleição, Eduardo Pinho Moreira (PMDB), no debate de ontem anulou uma das estratégias dos adversários, que era criticar o atual governo sem a possibilidade de resposta imediata. No primeiro debate, com a ausência de Raimundo Colombo (PSD) não houve o contra-ataque.

Por estar dentro do governo, Eduardo, rebateu as críticas e contestou os adversários. Foi assim principalmente contra o candidato a vice-governador do PT, Thiago Morastoni. O petista apresentou números sobre despesas das SDRs e saúde que foram desmentidos pelo vice-governador.

Na outra ponta, Cíntia dos Santos (PSTU), não poupou críticas ao deputado Joares Ponticelli (PP). O plano de carreira do magistério catarinense foi o principal assunto. Cíntia criticou Joares, que foi o relator do projeto na Assembleia, e as proposta apresentadas para recuperar o achatamento salarial. Joares rebateu dizendo que as propostas do PSTU eram fantasiosas e que a realidade exigia soluções mais viáveis e responsáveis.

O candidato do PRP, Nilton Silva, ficou de fora de disputas mais acirradas e defendeu as posições do partido, levantando temas como segurança, agricultura e independência do Tribunal de Contas do Estado.

Novamente, o programa foi uma oportunidade para os eleitores conhecerem as pessoas que compõem as chapas majoritárias e vão estar ao lado do futuro governador do estado. Domingo que vem tem mais, desta vez cm os candidatos a senador.

Cláudia Durans em SC

A candidata a vice-presidente pelo PSTU, Cláudia Durans, vem a Santa Catarina no fim de semana e vai passar pelo Sul do Estado. Os correligionários preparam intensa agenda que deve incluir compromissos em Florianópolis e Criciúma, cidade da candidata a vice-governador Cíntia dos Santos.

sábado, 6 de setembro de 2014

Candidatos a vice-governador em debate na Unisul TV

Pela primeira vez a Unisul TV promove um debate entre os candidatos a vice-governador de Santa Catarina. O programa A Hora do Voto – Debate será realizado ao vivo, no domingo, 7/9, a partir das 20h30min e poderá ser acompanhado em TV aberta, canal 4 em Tubarão, canal 26 em Laguna, e canal 4 TV Cabo Tubarão. Cinco emissoras de rádio (Bandeirantes AM 1090, Bandeirantes AM 1010, Antena 1 FM, Som Maior FM e Guarujá AM) vão retransmitir o áudio para as três microrregiões do Sul de Estado (Amurel, Amrec e Amesc).

Todos os oito candidatos foram convidados para participar do programa: Sargento Armindo (PSOL, Cintia dos Santos (PSTU), Eduardo Pinho Moreira (PMDB), Joares Ponticelli (PP), Nilton Silva (PRP), Beto Pereira (PMN), Thiago Morastoni (PT) e Valdeli (PCB).

O programa foi formatado em cinco blocos. No primeiro os candidatos terão tempo para se apresentar. No segundo haverá perguntas entre eles, sendo que todos farão e responderão a uma pergunta. No terceiro bloco, serão feitas perguntas da produção do programa e dois candidatos serão sorteados ao vivo para responder ao mesmo questionamento. No quarto bloco os candidatos voltam a fazer perguntas entre eles. Cada um fará uma pergunta e será permitida a repetição na escolha de quem responde aos questionamentos. No quinto bloco os candidatos terão tempo para as considerações finais.

No domingo passado a Unisul realizou o primeiro dos três debates previstos. Participaram sete dos oito candidato a governador de Santa Catarina. A cobertura eleitoral da emissora também conta com entrevistas que estão sendo exibidas dentro do programa Café Com Notícias. Foram convidados para as entrevistas todos os candidato a governador, vice-governador e senador.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Dilma cancela agenda em Laguna

A visita da presidenta da república Dilma Rousseff (PT) em Laguna marcada para esta sexta-feira foi cancelada. A informação é da Secretaria de Comunicação de Laguna e o motivo teria sido uma alteração na sua agenda da presidenta. Na programa divulgada anteriormente ela estaria vistoriando as obras da ponte Anita Garibaldi a partir das 14h30.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Pleitos regionais em pauta

As entidades empresariais de Tubarão têm organizado eventos de aproximação com os candidatos a deputado nestas eleições. A Acit recebe os postulantes durante as reuniões semanais. A CDL está promovendo almoços para ouvir o que eles têm a dizer. E a Ajet realizou um Café Político esta manhã com o mesmo objetivo.

Em todos os encontros se tem a confirmação de que a cidade precisa ter representantes identificados com as reinvindicações locais. Nos encontros é dado espaço para os políticos falarem sobre as propostas que defendem, mas eles também são questionados e apresentados a temas considerados prioritários.

Nos casos que citamos aqui, todos são referentes a entidades empresariais. Mas seria interessante que outros setores organizados da sociedade também buscassem esta aproximação com os candidatos. Outras reivindicações e prioridades poderiam ser apresentadas e também os políticos seriam avaliados. Eles precisam saber que serão cobrados no futuro caso sejam eleitos.

Sem dúvida, a questão fundamental neste momento é reforçar a importância da cidade ter representação tanto na Assembleia Legislativa como na Câmara Federal. Nesta época de eleições, Tubarão praticamente vira uma terra sem dono. Pelas ruas são vistas placas e mais placas de candidatos, que muita gente não conhece e nem sabe o que representa.

Como ainda não temos um modelo político que garanta pelo menos um representante para cada região do estado, a atenção precisa ser redobrada. Tubarão e região não podem correr o risco de ver a representação política diminuir. Pelo contrário, é preciso crescer ou pelo menos ter lideranças que consigam lutar pelos projetos daqui.

Dilma em Laguna

A presidenta Dilma Roussef (PT) vai estar novamente em Laguna nesta sexta-feira para vistoriar as obras da Ponte Anita Garibaldi. As primeiras informações dão conta de que ela pousará no Aeroporto Regional de Jaguaruna e de lá fará um sobrevoo de helicóptero nas obras e nem chegará a pousar em Laguna. A imprensa não deve ter acesso à presidenta.

Eduardo Jorge em Tubarão

Outro presidenciável que deve surgir por aqui é o médico Eduardo Jorge, do PV. Se nada mudar ele deverá ser o único candidato a presidente a visitar Tubarão nesta campanha. Os militantes querem aproveitar a visita para fazer uma agenda voltada ao meio ambiente, incluindo o Rio Tubarão.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Dívida no debate

A dívida pública do Estado de Santa Catarina e o pagamento dos juros foi um dos assuntos de maior destaque do debate entre os candidatos ao governo, realizado no domingo pela Unisul TV. O tema foi levantado pela candidata do PPL, Janaina Deitos, logo na primeira participação no programa e até superou a previsão sobre a polêmica em torno das Secretarias Regionais.

A candidata do Partido Pátria Livre, por sinal, foi uma das surpresas do debate. Articulada e bem informada ela levantou esta discussão que deixaria o governador Raimundo Colombo (PSD) e candidato a reeleição numa saia justa, caso tivesse comparecido ao programa. Disse que hoje o estado paga mais de R$ 1 bilhão por ano só de juros, que é o mesmo valor gasto na área da saúde.

A ausência de Colombo, que informou que só vai participar dos debates organizados pelas redes estaduais de televisão e Acaert, até foi pouco explorada pelos adversários. Provavelmente porque já estão habituados a falta do candidato nos demais encontros que estão tendo pelo estado.

Os demais candidatos presentes, Afrânio Boppré (PSOL), Cláudio Vignatti (PT), Elpídio Neves (PRP), Gilmar Salgado (PSTU), Marlene Soccas (PCB) e Paulo Bauer (PSDB) também falaram de educação, segurança, investimentos e realização de obras na região. Falaram em concluir o que está inacabado e atuar em cima das futuras necessidades.

Foi um bom programa. Uma pena a ausência de Colombo que deixou de se comunicar com o eleitor da nossa região. No próximo domingo tem mais, e desta vez com os candidatos a vice-governador.

Nem entre os seus

Se conquistar votos já anda difícil diante do desinteresse do eleitor pelas eleições, a vida dos candidatos também está complicada entre os simpatizantes. Há alguns dias, durante um comício, um candidato à majoritária teve de chamar a atenção da audiência por três vezes. Chegou a pedir para fechar o bar para tentar diminuir o barulho. Sem sucesso entregou o microfone para o vice dizendo mais ou menos assim “lá na minha região eu me entendo, aqui cuida você”.

Café Político da Ajet

A Associação de Jovens Empreendedores de Tubarão (Ajet) também vai promover um encontro com os candidatos a deputado estadual da cidade. Cada um dos convidados terá 10 minutos para falar, com foco em empreendedorismo, e depois poderá responder até duas perguntas do público. O evento será na sede da Acit, nesta quinta-feira, às 8h30min.

Cardápio dobrado

Na passagem que teve por Tubarão na semana passada o deputado federal Jorginho Mello (PR) deve ter almoçado duas vezes. No primeiro churrasco recebeu o apoio do vereador João Fernandes (PSDB), de algumas associações como a Aprocat, Assopec, Aprocril e Assocam, e de alguns outros empresários. Outros tucanos como Anselmo de Bona e Toni Bittencourt também passaram por lá. Só depois seguiu para a CDL para o encontro com os lojistas e com o candidato a deputado estadual do partido Maurício da Silva.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores