terça-feira, 27 de maio de 2014

Gasto insuficiente

Tubarão assistiu no fim de semana a morte de mais uma vítima inocente da violência. Dessa vez uma criança de quatro anos. De acordo com a polícia, o crime tem ligações com disputas de facções criminosas. Mas a morte de uma criança e outros crimes anunciados não podem ser banalizados.

A mesma população que foi às ruas em 2013 protestar contra os gastos da Copa do Mundo precisa se revoltar contra o crescimento da violência e suas causas.

Muito se falou que o governo teria deixado de gastar com saúde e educação para construir estádios, o que não é verdade. Mas a revolta de todos deveria ser que o que se gasta com saúde, educação e também a segurança não são suficientes para atender as necessidades crescentes da população.

A desigualdade social que não diminui na mesma proporção do crescimento econômico, a impunidade que só aumenta e a corrupção que insiste em corroer as estruturas públicas precisam de soluções imediatas. Há momentos em que parece que estamos à beira de um caos social sem volta.

A população que vai às urnas a cada dois anos e continua reelegendo os mesmos políticos de sempre não deve protestar só quando ocorre uma Copa do Mundo. Outra dessa, só daqui a 60 anos e olhe lá.

Continue lendo...

Fugindo do Fórum

O Fórum Parlamentar criado para discutir a conclusão da Oficina Henrique Lage da Ferrovia Tereza Cristina começou enfraquecido. Apenas dois deputados estiveram presentes e os demais enviaram representantes. As instituições que deram início a esta discussão vão ter que lutar muito para obter algum avanço. Estão falando de um assunto importante, que pode ajudar a desenvolver uma região da cidade, mas parece que ninguém quer ouvir.

Continue lendo...

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Difícil acomodação

Deputado federal Edinho Bez (PMDB) é polido em suas declarações, mas também vê seriam dificuldades para o governador Raimundo Colombo acomodar PMDB e PP na mesma chapa. O caso das eleições de Tubarão, onde a coligação PMDB e PP foi derrotada em 2012, é comentado como um exemplo das dificuldades que poderão ser enfrentar agora em 2014.

Continue lendo...

Espaço de vice

Prefeito em exercício de Pescaria Brava, Everardo Martins (PMDB), tinha a expectativa de ocupar o cargo até o final deste ano, quando também se encerra o mandato dele na presidência da Câmara de Vereadores. É que o município não tem vice-prefeito devido a renúncia de Enaldo de Souza (PSD). Com a viagem de Antonio Honorato à Europa seguida de férias, Everardo senta na cadeira de prefeito por 30 dias.

Continue lendo...

Pré-candidato de Laguna

Vereador de Laguna, Kléber da Rosa (PP), o Kek, está correndo a região dos lagos para angariar apoio à pré-candidatura a deputado estadual. Ele entende que com a desistência de Beto Martins (PP), de quem é primo, de disputar as eleições, a região precisa ter outro candidato para tentar conquistar o espaço.

Continue lendo...

Governador em exercício em TB

O tubaronense Nelson Schaefer Martins, atual presidente do Tribunal de Justiça de Santa, será um dos homenageados pela Câmara de Vereadores de Tubarão na Sessão Solene marcada para esta segunda-feira. Curiosamente no mesmo ato ele estará no exercício do cargo de governado do Estado, já que Raimundo Colombo (PSD), o vice Eduardo Moreira (PMDB), e o presidente da Assembleia Legislativa, Joares Ponticelli (PP) estarão em uma missão internacional.

Continue lendo...

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Carências para os eventos

A cidade de Tubarão é sem dúvida um polo regional. Na área da saúde, por exemplo, é centro de referência em diversas especialidades. Na área educacional, temos a Unisul com seus quase cinquenta anos de história e de participação no desenvolvimento regional. O comércio também é muito forte e atrai consumidores de toda a região.

Mas quando se fala em eventos, a cidade demonstra uma série de carências que precisam ser resolvidas. A lentidão para a conclusão da Arena Multiuso deixa Tubarão sem um local que possa abrigar eventos executivos, sociais, esportivos e culturais de grande porte.

Esta semana a cidade recebeu o Congresso Estadual das Apaes e os organizadores tiveram dificuldades para encontrar locais para todas as atividades. Desejavam ter mais do que os 1,4 mil participantes. Se chegassem aos sonhados dois mil, também não teriam onde acomodar todo mundo. A rede hoteleira local não suporta. Não tem capacidade.

Os visitantes acabaram hospedados também em cidades vizinhas. O que é muito bom, pois demonstra que a integração regional pode alavancar o turismo de eventos. Mas pra isso acontecer, Tubarão e arredores precisam se preparar.

Continue lendo...

terça-feira, 20 de maio de 2014

Ficou pra depois

“Tudo certo e nada resolvido”. Esta foi uma das frases ouvidas na reunião de ontem do governador Raimundo Colombo (PSD), pré-candidato à reeleição, com mais de 100 lideranças do PMDB. Na pauta principal a exposição dos planos de Colombo para um segundo mandato. Na pauta paralela, a participação do PP na aliança.

Para alguns ficou o entendimento de que houve certa abertura para a ampliação da coligação. Para outros se manteve o impasse que vai perseguir Colombo até o final do mês de junho, prazo final para as convenções partidárias. Como se disse na reunião e eu repito: “tudo certo e nada resolvido”.

No campo da confirmação da aliança, os peemedebistas querem o compromisso de Colombo para apoio nas eleições de 2016, renúncia em 2018 para dar lugar ao vice do PMDB, apoio ao candidato do partido em 2018 e espaços no governo conforme a geografia das urnas.

Nos planos apresentados pelo governador estão reformas em áreas como previdência e estrutura administrativa. O PMDB também quer a manutenção e fortalecimento das Secretarias Regionais. Consideram que elas foram enfraquecidas durante o mandato.

Após a reunião, o presidente do PMDB, vice-governador Eduardo Pinho Moreira, também anunciou a criação de uma comissão interna para discutir os encaminhamentos da sigla na construção de alianças.

Enquanto isso, nas próximas duas semanas Raimundo Colombo terá encontros semelhantes com lideranças do PSD, PSDB, PSB e PP. Corre contra o tempo para buscar decisões importantes e estratégicas para a campanha eleitoral.

Continue lendo...

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Marcha do passo lento

Todos os anos os gestores municipais se reúnem em Brasília na chamada Marcha dos Prefeitos e entre as principais discussões está a revisão do Pacto Federativo. Até agora eles não conseguiram exercer pressão suficiente para mudar a divisão dos recursos arrecadados por meio dos impostos e outros tributos.

Na programação de quarta-feira, os prefeitos ouviram quatro pré-candidatos a presidente. Dilma Roussef (PT) também foi convidada, mas não compareceu. De Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB), Pastor Everaldo (PSC) e Randolfe Rodrigues (PSOL), tiveram os compromissos de que haverá mais aproximação entre o governo federal e municípios e de que será feita a reforma tributária e revisto o pacto federativo.

Resta saber se estes compromissos serão mesmo mantidos depois das eleições, já que o discurso tem sido bem parecido nas últimas campanhas.

A situação atual é semelhante a um balão cheio de ar, prestes a estourar. O cidadão que mora nas cidades espera por diversas melhorias no serviço público. Os prefeitos agonizam para tentar cumprir as promessas que fizeram durante as campanhas.

As prefeituras dependem e muito de convênios federais e estaduais para realizar alguma obra. Dizem que tem dinheiro sobrando em Brasília, mas sem contrapartida municipal nada é aprovado. É nesse ponto que a situação precisa ser revisada. Algo precisa ser feito para tirar os municípios da paralisia que só atrasa o crescimento e as perspectivas de um futuro melhor.

Continue lendo...

terça-feira, 13 de maio de 2014

Colombo segue conversando

O clima pré-eleitoral vai esquentando com as discussões sobre coligações e candidaturas. As reuniões entre as lideranças partidárias ficam mais frequentes e a expectativa sobre definições só aumenta. Ontem o governador Raimundo Colombo (PSD) teve uma reunião fechada com o senador Luiz Henrique da Silva (PMDB), o ex-senador Jorge Bornhausen e o vice-governador Eduardo Moreira (PMDB).

Do encontro apenas Colombo se manifestou posteriormente dizendo que “não existe veto ao PP, mas dificuldades a serem superadas”. O governador também anunciou que a partir do dia 19 passará a ter encontros com diversos partidos para construir a coligação. O PMDB será o primeiro.

Para a região da Amurel toda esta discussão interessa, pois um nome da região, o deputado Joares Ponticelli (PP), é cotado para integrar a chapa majoritária. Para o governador, mais do que garantir o PP na aliança é evitar que alguém do casal Amin seja do candidato. Consultas internas indicam que este cenário daria possibilidades para um segundo turno.

Continue lendo...

Descaso na BR-101

O vereador Edson Firmino (PMDB) cobrou na Câmara de Vereadores ontem uma resposta do Dnit para as obras da BR-101 no trecho de Tubarão. Para ele há um descaso com a cidade pois não se tem informações sobre a construção das passarelas, que deveriam ser três, e sobre o edital da Ponte Cavalcanti que será o novo gargalo após a conclusão do túnel. Pode acrescentar na lista as questões de iluminação e dos acessos da cidade.

Continue lendo...

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Missão (quase secreta) internacional

De tempos em tempos comitivas formadas por autoridades públicas são formadas para realizar viagens internacionais. Entre 16 e 30 de maio mais uma delas vai acontecer e alguns prefeitos da Amurel estão inscritos para fazer parte da chamada Missão Oficial de Prefeitos à Europa.

Segundo informações dos organizadores, o objetivo é conhecer projetos voltados a sustentabilidade, energias renováveis, resíduos sólidos, associativismo de pequenas propriedades, modernidade urbana e projetos sociais em Portugal, Espanha, Itália e Alemanha. Do ponto de vista legal aparentemente não há nada de errado nestas viagens. Mas o efetivo resultado destas missões precisa ser questionado.

No início de 2012 um grupo de Tubarão esteve na Itália e China para conhecer e discutir a instalação de empresas por aqui. Até hoje não deu em nada e o condomínio industrial, importante para abrigar os investimentos, ainda não saiu do papel.

Do ponto de vista moral a situação precisa ser avaliada. Para esta viagem de 2014, alguns prefeitos estão pedindo nas Câmaras de Vereadores licenças do cargo e recursos que passam de R$ 40 mil para custear as despesas de duas semanas no exterior. Tem Câmara que aprovou, e outras discutindo. Mas tudo de forma muito discreta, sem chamar a atenção.

O roteiro inclui visitas técnicas a um parque fotovoltaico em Portugal, a uma empresa de coleta de lixo em Barcelona, visitas a cidades italianas e às mini-hidricas na Alemanha, mas também vários dias livres para turismo. O cidadão vai precisar saber o resultado de todos estes compromissos, pois a despesa está garantida. O pacote custa quase 7 mil dólares, por pessoa, algo em torno de R$ 15,6 mil reais. Fora a primeira dama que em alguns casos também vai fazer parte da viagem.

Continue lendo...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Mauricio da Silva é pré candidato a deputado estadual pelo PR

No programa Café com Notícias o entrevistado foi Mauricio da Silva, presidente do PR. Ele é pré candidato a deputado estadual

Continue lendo...

terça-feira, 6 de maio de 2014

Jaguaruna cobra por segurança

Os moradores de Jaguaruna vivem assustados nos últimos meses com o aumento da criminalidade. O furto de residências é uma das situações que mais incomoda.

Os registros até agora indicam que os criminosos têm acompanhado a rotina das famílias. Sabem tudo a respeito de horários de saída, de chegada, e quando não há ninguém em casa. Nesta hora, encostam um veículo grande e levam tudo que conseguem carregar. Teve morador que saiu de casa às 10 horas, voltou ao meio dia e encontrou a casa praticamente vazia.

Mas também foram registrados assassinatos e assaltos violentos com troca de tiros entre bandidos e polícia.

Ontem, uma comissão formada por vereadores e integrantes da CDL teve uma reunião com o delegado regional Ulisses Gabriel para cobrar resultados. Uma das principais reivindicações foi a manutenção de um delegado na cidade por um período mais longo. Nos últimos oito anos, estima-se que passaram pela cidade dez delegados.

Gabriel garantiu dar mais condições para a polícia local atuar e devolver um pouco da tranquilidade para os moradores. Jaguaruna é uma cidade pequena e pacata, mas que deve crescer nos próximos anos com o funcionamento do Aeroporto Regional. Mas não é por isso que deve se conformar com o crescimento da violência.

Continue lendo...

Xandão na Câmara

O PSDB de Tubarão começou ontem um rodízio entre vereadores e suplentes na Câmara. O primeiro a ceder a vaga foi João Fernandes que deu lugar a Xandão. O suplente obteve 750 votos em 2012, sendo o quinto mais votado do partido. Em ano eleitoral, o rodízio serve para deixar todos motivados a trabalhar na campanha.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores