quarta-feira, 26 de junho de 2013

Sem moral para as reformas

Entre os pactos nacionais propostos pela presidenta Dilma Roussef (PT) houve recuo na ideia de convocar uma Constituinte para fazer a Reforma Eleitoral. Houve reação em torno do assunto e se observamos mais a fundo, vamos perceber que não haveria necessidade de começar novas discussões se já temos no Congresso um projeto para a tal reforma. O que falta é botá-lo na pauta de votações.

O fato é que a ideia de propor uma constituinte para fazer esta reforma nasce da falta de credibilidade que o atual parlamento tem para votar este assunto. As propostas se arrastam em longas discussões, projetos e emendas que não garantem que teremos um sistema melhor. Será que os congressistas votarão algo que não lhe traga vantagens?

Os políticos em geral vivem com regalias de reis e rainhas e não parecem dispostos a cortar nenhum benefício. Será que eles topariam acabar com as reeleições sem limites para os cargos legislativos? Será que eles aceitariam cortar o número de assessores e despesas de gabinete? Será que eles vão tomar medidas para modificar a atuação dos partidos que hoje dominam o executivo e exigem nomeações de cargos e comando de ministérios e secretarias?

A pressão popular já obteve resultado na votação da PEC 37 que mesmo sem um esclarecimento mais claro acabou sendo derrotada. Então a mobilização deve continuar para que as reformas necessárias, e entre elas a política, tragam melhorias e não sejam apenas remendos para tapar um buraco qualquer.

Continue lendo...

Royalties vão demorar

O destino dos royalties do petróleo, outro assunto proposto pela presidenta Dilma Roussef (PT) e também reivindicado pela população, teve novas propostas. Ao invés de 100% para a educação, foi apresentada uma emenda dividindo os recursos em 75% para educação e 25% para a saúde, outra área prioritária. O que ninguém deve esquecer é que antes de usar estes recursos, é preciso extrair o petróleo, transformá-lo em dinheiro e depois fazer o investimento. Quanto tempo isso vai levar? Dá para esperar por esta solução?

Continue lendo...

PCdoB planeja 2014

O PCdoB de Santa Catarina reuniu em Florianópolis, dirigentes estaduais, lideranças regionais e vereadores eleitos do partido. Entre outros assuntos, a reunião discutiu o projeto político para 2014. A compreensão é de que uma chapa própria de deputados estaduais para o pleito do ano que vem é de fundamental para a sobrevivência partidária. A meta é manter a cadeira na Alesc e conquistar uma na Câmara Federal. Nos próximos meses, o PCdoB deverá concentrar esforços na organização e consolidação do partido nos maiores municípios, sem desconsiderar os municípios menores.

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Continue lendo...

Paço batizado

O novo Paço Municipal de Imbituba levará o nome do ex-prefeito Nelson Souza (1959-1964). O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade na última sessão da Câmara de Vereadores.

Continue lendo...

Frase do Dia

"A maioria das pessoas está ligada a um tempo anterior, mas você deve estar vivo em nosso próprio tempo."
Marshall McLuhan, acadêmico canadense

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors