sexta-feira, 12 de abril de 2013

Reforma arrastada

Os deputados federais ameaçaram esta semana votar um esboço da chamada Reforma Política. A proposta incluia alguns poucos pontos, mas na prática seria um começo, uma tentativa de aprovar um assunto que se arrasta há uma decada em Brasília. Mas mesmo assim não houve acordo e agora o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB/RN), espera voltar ao tema em 30 dias.

Entre as propostas que se pretendiam votar esta semana estavam o financiamento público de campanha, a proibição de coligações nas eleições proporcionais, ou seja, para deputados e vereadores, unificação das eleições a cada quatro anos, mudança nas datas de posses prefeitos, governadores e presidente e a implantação da lista flexível para as eleições proporcionais, que é um modelo intermediário entre o sistema atual e a lista fechada.

Mas acreditar que os deputados entrariam em acordo sobre este assunto seria demais não é mesmo? Infelizmente, a maioria dos parlamentares passa hoje em dia a imagem de que não votam e aprovam nada que não lhe traga benefícios.

Acabar com coligações ou eleições a cada dois anos, por exemplo, seria um grande favor para a sociedade. Mas qual é o interesse da classe política em mudar este sistema viciado que os beneficia tanto? Pulam de partido em partido e de eleição em eleição e ao que parece vão continuar saltitando por muito tempo.

Continue lendo...

Recursos do Fundasa

A presença do superintendente da Agência Reguladora das Águas de Tubarão, Afonso Furghesti, na Câmara de Vereadores expôs uma grande divergência entre o vereador Caio Tokarski e o ex-prefeito Pepê Collaço, ambos do PSD. Tokarski disse que a cidade havia sido vitima de um estelionato por conta de projeto de Lei aprovado em 2012 que previa a utilização de recursos da Fundo de Águas e Saneamento (Fundasa) para outros fins. Disse que na condição de líder do governo, na época, havia sido enganado sobre o projeto e pediu desculpas aos demais vereadores pelo pedido de aprovação. Tokarski saiu antes do final da sessão, mas agora fica o compromisso de apresentar mais detalhes sobre a situação. Ele ou mais alguém precisa explicar melhor o tal estelionato.

Continue lendo...

Venha ao Sul também

O ministro dos Transportes, César Borges (PR), aceitou convite do deputado federal Jorginho Mello (PR) e virá em breve a Santa Catarina para vistoriar obras e rodovias, como as duplicações das BRs 470 e 280, anéis viários de Florianópolis e Chapecó, e o viaduto na BR-282 em Xanxerê (obras que está paralisada). Bem que o ministro poderia vir também ao Sul do Estado, de carro, e conferir a 101. Se não vier, será uma viagem incompleta.

Continue lendo...

Pedidos de Jaguaruna entregues em Brasília

Comitiva de Jaguaruna gastou sapato pelos corredores de Brasília esta semana. Prefeito Luís Napoli (PP) e lideranças visitaram 13 deputados e três senadores com o objetivo de viabilizar recursos para o município. Eles também tiveram audiências com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvati (PT) e com o secretário nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos, Leodegar Tiscoski (PP).

Na lista dos pedidos levados a Brasília estão o projeto do acesso secundário à BR-101, aprovação do PAC2, contemplando a pavimentação de 18 ruas, pavimentação do acesso do centro da cidade ao Aeroporto Regional e liberação de recursos para o sistema de esgoto sanitário.

Continue lendo...

Cidadãos tubaronenses

A indicação até pode parecer uma homenagem, mas entre alguns dos escolhidos para receber o título de Cidadão Tubaronense pode ter um algo mais. A ex-candidata ao senado Beth Tiscoski (PP), por exemplo, deve ser candidata a deputada estadual em 2014 e trabalha para conquistar apoio em todo o Sul do Estado. É indiscutível o reconhecimento dado a ela, mas aparecer por aqui num evento oficial sempre a ajuda a clarear a memória do eleitor.

Confira a lista completa das indicações aprovadas na sessão de ontem:
Neno da Farmácia (PMDB): Luciano Menezes
Gelson Bento (PP): Maria Elizabeth Pelegrini Tiscoski
Júlio Kurisquinho (PP): Waldemar Colonetti
Eraldo Pereira (PPS): Roger Augusto Vieira e Silva
Caio Tokarski (PSD): Vicente Schlickmann Rottgers
Evandro Almeida (PMDB): João Batista Góes Ulysséa
Chumbinho (PSD): Jeferson Da Boit Cosa
Edson José Firmino (PMDB): Nilson Lopes

Continue lendo...

Santos assume Fundação de Saúde de Tubarão dia 17/4

O médico Marco Antônio dos Santos será o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão a partir do dia 17 de abril. Ele substituirá Gustavo Dassoler da Silva que pediu o desligamento do cargo ao prefeito Olávio Falchetti (PT). A mudança foi confirmada oficialmente por meio de comunicado emitido pela Assessoria de Imprensa. 

Santos atualmente é coordenador da equipe médica da fundação. Ele é formado em medicina pela UFSC desde 2006. Atuou como médico do ESF em Presidente Getúlio e há três anos retornou a Tubarão, sua cidade natal. Ele já trabalhou no ESF São Martinho 2, Bom Pastor e Vila Esperança. Ele disse que pretende dar continuidade ao trabalho iniciado por Dassoler. Quer trabalhar em parceria com outras secretarias porque considera que saúde não é apenas medicamento, e envolve outras áreas.

Leia mais...
Comunicado oficial sobre a saída do diretor-presidente da Fundação de Saúde
Dassoler deixará Fundação de Saúde de Tubarão

Continue lendo...

Frase do Dia

"Ou nós encontramos um caminho, ou abrimos um."
Aníbal, general e estadista cartaginês

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors