quinta-feira, 11 de abril de 2013

Um anúncio desconfiado

Uma das tantas obras que demora para ser concluida em nossa região ganhou uma nova informação ontem que pode render frutos. O governador Raimundo Colombo (PSD) disse vai terminar a Arena Multiuso com recursos do governo do Estado. A declaração dele dispensa a prefeitura de Tubarão de complementar a contrapartida financeira de mais de R$ 5 milhões e que estaria atrasando ainda mais a construção. Se confirmada a decisão será um alívio para o prefeito Olavio Falchetti (PT) e mais uma esperança para a cidade.

A construção de uma Arena Multiuso é discutida e aguardada em Tubarão desde o primeiro mandato do ex-governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB). Uma das marcas daquele governo foi a construção de Arenas em diversas cidades e regiões do Estado. Tubarão e a Amurel não foram contempladas. Em 2006, Eduardo Moreira (PMDB), que terminou o mandato como governador, garantiu em Tubarão que a obra iniciaria no ano seguinte, já com Luiz Henrique reempossado no cargo. Mas o início das obras só veio em 2010, com Leonel Pavan (PSDB) na condição de governador.

Ou seja, a Arena é uma espera de sete anos. Muita gente é a favor da obra a outros foram contra o projeto pela dificuldade de manutenção e utilização que ela terá depois de pronta. O fato é que a cidade é carente de espaços para eventos e não tem uma sala de teatro adequada para receber atrações do tipo.

O alerta na declaração do governador é ligado a uma outra informação vinda ontem de Florianópolis. As despesas com pessoal do Executivo Estadual ultrapassaram o limite de 46,55% da receita. Isso significa dificuldade em dar aumentos aos servidores e mais aperto ainda na gestão.

Continue lendo...

Dassoler deixará Fundação de Saúde de Tubarão

Prefeito de Tubarão, Olavio Falchetti (PT), anunciou esta manhã em entrevista à Rádio Santa Catarina AM, que o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gustavo Dassoler, está deixando o cargo. A troca é motivada por motivos particulares do secretário que vai deixar a cidade para se mudar para o litoral norte de Santa Catarina. Falchetti disse que já tem um novo nome para a função, mas o anúncio oficial somente será feito nos próximos dias.

O prefeito já se manifestou anteriormente que é contra o acúmulo de cargos, mas por uma questão de economia seria interessante ver o vice-prefeito Akilson Machado na direção da saúde. É profissional da área, aposentou-se na prefeitura de Tubarão, e ainda haveria a economia de um salário de primeiro escalão.

Continue lendo...

Frase do dia

"Uma boa obra de ficção deve permitir ao leitor filosofar e refletir sobre o mundo a partir de situações concretas."
Antonio Carlos Vilela, escritor

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors