quarta-feira, 13 de março de 2013

Emergência para agir na segurança

O decreto de situação de emergência na área de segurança anunciado pelo Governo do Estado é semelhante às declarações feitas em situações de enchentes e calamidades. A partir dela é possível contratar obras e serviços em seis meses, prazos bem menores do que as burocráticas licitações.

O objetivo do governo é aplicar R$ 15 milhões em obras de reforma e ampliação de três presídios. Um deles na região Sul, mais precisamente em Criciúma. A Secretaria de Justiça e Cidadania projeta ampliar o sistema prisional em 520 vagas.

Diante do caos na segurança, mais um vez evidenciado pelos ataques dos últimos meses, as autoridades procuram alternativas para amenizar a situação. As vagas que serão criadas não cobrem nem o número de novos detentos registrados em janeiro e fevereiro que foram mais de 600. Mas algo precisa ser feito. Hoje o Estado tem mais de 17,3 mil presos e o déficit é de 6,5 mil vagas.

O governador Raimundo Colombo (PSD) discute ainda com prefeitos e deputados do Vale do Itajaí a construção de um novo presídio para a região de Blumenau. O curioso é que por lá a proposta é bem mais discutida. O contrário do que foi feito em Imaruí.

Aliás, o governo ainda quer a construção do presídio na cidade. A situação de emergência pode até abranger esta obra que é discutida na justiça. Gestores do município devem continuar atentos a qualquer movimentação.

Continue lendo...

Distrito de Ribeirão Pequeno

Com a emancipação de Pescaria Brava o município de Laguna tem agora somente um distrito, que é a comunidade de Ribeirão Pequeno. Por este motivo, o vereador Thiago Duarte (PMDB) pediu que a primeira sessão itinerante da Câmara de Laguna nesta legislatura seja realizada na localidade. O vereador que valorizar a importância econômica, cultural e social daquela região da cidade.

Continue lendo...

Capivari: Câmara aprova contas de 2011

As contas do exercício de 2011 da Prefeitura de Capivari de Baixo foram aprovadas por unânimidade pela Câmara de Vereadores. A discussão e aprovação tomou todo o tempo da sessão desta terça-feira. Por causa disso, nenhum requerimento foi apresentado pelos vereadores.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores