terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Marina Silva tenta explicar a Rede Sustentabilidade

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, foi a convidada do programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (18/2). Depois da candidatura bem sucedida à presidência da república pelo Partido Verde (PV), em 2010 - com a qual conseguiu quase 20 milhões de votos -, Marina deixou a sigla e trabalha na montagem de um novo partido: a Rede Sustentabilidade, lançado no último sábado (16/2), em Brasília.

Ela defendeu que a Rede se opõe à forma com que os partidos têm feito política e propõe avançar.

- As siglas que governam o país estão estagnadas - argumentou.

O novo partido, segundo Marina, quer abrigar parte da sociedade que está disposta a agir, num “movimento autoral”, em detrimento às “práticas verticalizadas”.

Questionada sobre a posição da nova sigla, a ex-senadora preferiu dizer que ela não está “nem à direita, nem à esquerda, mas à frente”. Mesmo assim, está claro que a principal bandeira do novo partido é a sustentabilidade, palavra que traz no próprio nome.

O estatuto do novo partido, ainda provisório, prevê teto para doações e visibilidade online durante as campanhas eleitorais. Destaca também que não pretende aceitar financiamento das indústrias ligadas à produção de armas, agrotóxicos, bebidas e cigarros. A Rede pretende, ainda, disponibilizar 30% de seu quadro a candidaturas independentes.

Os jornalistas convidados para entrevistar Marina Silva pareciam não entender muito bem os meios que o partido pretende usar para pôr em prática as ideias que defende. Ela justificou que o estranhamento é natural diante do novo.

- Foi assim quando participei da fundação do Partido dos Trabalhadores - disse, e completou afirmando que este é um movimento que está acontecendo no mundo todo.

Para conseguir o registro, a Rede Sustentabilidade tem que recolher 560 mil assinaturas, em nove estados da federação. Se quiser participar das eleições de 2014, precisa fazer isso até outubro deste ano.

(*) Colaboração de Guilherme Fernandes

Continue lendo...

Que tal uma pesquisa sobre o Dia D?

A decisão da CDL de não realizar as atividades culturais e sociais do Dia D por causa da negativa da prefeitura em liberar o fechamento da Avenida Marcolino Martins Cabral tem dado muito pano para a manga. O presidente da CDL, Felipe Nascimento, disse hoje de manhã que já esclareceu a decisão da entidade, que não vai mais falar sobre o assunto e considera a questão encerrada.

O fato é que os dois lados apresentaram os seus motivos para justificar as decisões mas o episódio deixa a impressão de falta de disposição de negociar o assunto. Nada pode ser para sempre e quem garante que mudar não pode melhorar? Melhor ainda seria fazer uma pesquisa popular sobre o assunto. Quem já deixou de ir para o centro da cidade no Dia D por causa da confusão no trânsito? Quem só vai ao Dia D por causa das atividades na rua? O que o público gostaria de mudar no Dia D? O fechamento da avenida incomoda a maioria? E ainda, se o comércio fatura mais quando tem o Dia D, o município vai arrecadar menos impostos sem o evento?

São pontos que podem ser melhor discutidos e quem sabem podem também contribuir para se encontrar uma solução. O que não pode é as instituições levarem para a mesa de negociação diferenças históricas e pessoais sob pena de prejudicar ou beneficiar quem não tem nada a ver com o assunto.

Continue lendo...

Acordo confirmado na Câmara de Tubarão

ESTÁ NO DIÁRIO DO SUL

Com 17 votos favoráveis, o vereador Jairo Cascaes (PSD) foi eleito, em sessão realizada ontem à noite, presidente da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Tubarão para o biênio 2015-2016. Edson Firmino e Nilton de Campos (PSDB) serão o primeiro e o segundo vice-presidente, Julio Kurisquinho (PP) fica como primeiro secretário e Joel da Farmácia (PMDB), como segundo.

O resultado não foi uma surpresa, já que a decisão sobre o comando da Mesa Diretora foi feita em comum acordo entre os vereadores, e a eleição de Jairo Cascaes e Edson Firmino já era prevista. Conforme Jairo, a eleição para o biênio 2015-2016 foi realizada com antecedência para que se pudesse dar continuidade a projetos de longo prazo.

Leia mais...
Jairo Cascaes eleito para Mesa Diretora

ASSISTA REPORTAGEM DA UNISUL TV

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Continue lendo...

Frase do Dia

“Manter o desejo de ser criativo conserva a criança dentro de si, não importando o quanto se envelhece.”
John Cassavetes, ator, diretor e roteirista americano

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores