quarta-feira, 29 de maio de 2013

R$ 24 milhões que poderiam ser mais

Tem um assunto que não cansamos de falar que é a importância da região ter representantes eleitos na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa. A Amurel hoje tem um deputado federal e três estaduais, sendo que um deles exerce cargo de secretário estadual e está fora do legislativo.

Os parlamentares são importantes para lutar pelas reivindicações regionais e para trazer recursos para a região, de acordo com o modelo político atual. Cada deputado federal pode destinar até 25 emendas num valor total de R$ 15 milhões. Agora o governador Raimundo Colombo (PSD) determinou que cada deputado estadual, incluindo os licenciados, terá R$ 3 milhões do Fundo de Apoio aos Municípios. Por estas contas, a Amurel tem um potencial de R$ 24 milhões para receber. Já pensou se tivéssemos mais representantes eleitos?

A cada eleição se realizam campanhas de voto regional para sensibilizar o eleitor da necessidade de votar em candidatos locais. É um esboço do que seria um sistema distrital. Não vem dando muito certo. Em 2010 a lista do Sul do Estado, incluindo Amesc, Amrec e Amurel chegou a ter 62 nomes entre candidatos a deputado estadual, federal, senado e governo. O saldo final de eleitos ficou com três federais, oito estaduais e um vice-governador.

E para 2014? Como os partidos estão se organizando? Cairão de novo na mesma armadilha de lançar uma avalanche de candidatos sem expressão e sem chances de se eleger? As entidades de classe vão deixar para fazer campanha só meses antes do pleito? Deixar este assunto para depois, pode ser tarde demais, outra vez.

Presidenciáveis: a lista

A lista dos pré-candidatos a presidente da república deve crescer muito em 2013 e só encolher em 2014, após as desistências em nome das alianças. Por isso vamos publicar a partir de agora uma lista com os nomes que vão sendo indicados pelos partidos para depois ver o que sobra. Por enquanto só tenho seis nomes, já que a Marina Silva ainda não tem nem partido. Aceito contribuições.

PT – Dilma Roussef
PSC – Everaldo Vieira
PSDC – José Eymael
PRTB – Levy Fidelix
PSB – Eduardo Campos
PSDB – Aécio Neves

Perguntas sobre a Reforma

Ainda sobre a Reforma Política, o PMDB realiza uma enquete para saber quais pontos a população gostaria que fossem discutidos. Até agora o Fim das Coligações Partidárias nas Eleições Proporcionais lidera com 47% dos votos. Fidelidade Partidária (46%), Financiamento Público de Campanha (39%), Voto Facultativo (38%) e Suplência de Senador (22%) completam a lista. Os interessados podem votar no site.

Campanha pela Reforma Política

O PT realiza uma campanha nacional para coletar assinaturas para um projeto de lei de iniciativa popular para realizar a Reforma Política. Entre os pontos defendidos pelos petistas estão: - instituir o financiamento público das campanhas; - voto em lista para os parlamentos; - aumento compulsório da participação feminina nas eleições; - convocação de Assembleia Constituinte exclusiva para a Reforma Política.

Uma pequena grande diferença

Dois Projetos de Lei ao mesmo tempo semelhantes e distantes tramitam na Câmara dos Deputados. Eles tratam da criação de pisos salariais para médicos e guardas municipais. O PL 2750/11 estipula R$ 9 mil para os médicos e o PL 5616/13 R$ 1,2 mil para os GMs.

Frase do Dia

"De cada um, de acordo com suas habilidades, a cada um, de acordo com suas necessidades."
Karl Marx, intelectual e revolucionário alemão

terça-feira, 28 de maio de 2013

Segurança: impunidade de 90%

O tema segurança sempre está entre as preocupações dos brasileiros. A violência ultrapassou os limites dos grandes centros e cada vez mais se registram crimes em pequenas cidades. Por ano são contabilizados no Brasil mais de 50 mil homicídios. São números de guerra e que impactam em diversos setores da nossa sociedade.

O que pode ser feito? Como barrar esta onda crescente de violência? Como garantir um futuro mais tranquilo para as nossas famílias? Qual a origem de tanta insegurança? São perguntas que preocupam os brasileiros e com certeza farão parte da campanha eleitoral de 2014.

Os candidatos e seus partidos políticos precisam apresentar propostas concretas para avançar na solução do problema. Não podem simplesmente apresentar números, dizer que estão preocupados e que o tema é prioridade. Devem dizer como e quando vão fazer.

O clima de impunidade, por exemplo, precisa acabar. Do total de homicídios, nem 10% são resolvidos. Diminuir a aproximação dos jovens com as drogas, unificar as políticas de segurança pública e revisar a legislação são alguns pontos de muitos outros que precisam não apenas serem discutidos, mas colocados em prática.

Rumos e números do professor Maurício

O ex-vereador Maurício da Silva deve deixar o PMDB nos próximos meses, mas o destino ainda está indefinido. Silva teria recebido convite de mais de uma sigla, mas confirma apenas o interesse do PR. Em contato feito pelo deputado federal Jorginho Mello foi convidado para comandar o partido na cidade e também a concorrer ao cargo de deputado estadual. Maurício da Silva considera que a falta de espaço dentro do PMDB e os rumos que a sigla tomou em Tubarão o autorizam a avaliar os convites. “Estou patinando, quando posso caminhar para frente e prestar melhores serviços para a sociedade”, justifica.

Como professor de matemática que é, Silva ainda contesta os números da convenção municipal realizada no domingo, considerada a maior da história. “Se divulgou a presença de 600 filiados, ou seja, apenas cerca de 15% dos 4 mil filiados e bem menos que os 800 que, segundo eles, filiaram apenas para este pleito. A tradição do PMDB é a da participação, do voto, do debate e, estes cerca de 15% demonstram, no mínimo, desencanto e desânimo”, encerra.

Em busca de filiados

Diretório Nacional do PPL estabeleceu novos critérios para validar e registrar as Comissões Provisórias do partido. O objetivo é aumentar o número de filiados. Na Amurel, o partido tem registro somente em Imbituba, cujo número de filiados ainda não consta no sistema do TSE. A Comissão Provisória tem três nomes, mas pelos novos critérios deverá ter sete integrantes e no mínimo 70 filiados.

Frase do Dia

“É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhum, do que ter uma oportunidade e não estar preparado.”
Whitney Young Jr., defensor dos direitos humanos americano

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Imbituba: TRE desaprova contas de campanha do PSD

A Justiça Eleitoral desaprovou as contas do Comitê de Campanha e do diretório do PSD de Imbituba que teve como candidato a prefeito em 2012, o ex-vereador Christiano Oliveira. Partido ficará sem o repasse do Fundo Partidário por onze meses. O examinador do processo opinou pela desaprovação das contas “devido a existência de irregularidades graves que comprometem seriamente a integridade e confiabilidade das contas prestadas”.

Na sentença da juíza da 73ª Zona Eleitoral, Naiara Brancher, são detalhadas algumas das irregularidades. “Com relação ao Comitê Financeiro, destaca-se a ausência de extratos bancários definitivos de todo o período da campanha eleitoral; ausência de assinatura do Presidente do Partido às fls. 70; realização de gastos com pessoa jurídica sem a comprovação por meio de nota fiscal; existência de despesas com combustível sem o correspondente registro de locação, cessão de veículo, publicidade com carro de som, despesa com transporte ou deslocamento, ou locação/cessão de bens móveis; divergências graves entre as informações e valores relativos às despesas, constante na prestação de contas do comitê, e aquelas constantes na base de dados da Justiça Eleitoral; inconsistências no confronto entres as doações declaradas pelo prestador e pelo doador; ausência de comprovação da transferência dos valores referentes à sobra de campanha, tudo isso em desconformidade com a legislação em vigor.
No tocante às contas do Diretório Municipal, não houve comprovação através dos extratos bancários da ausência de movimentação de valores durante todo o período de campanha, situação que não foi esclarecida, impedindo a atestação de fidedignidade das informações”.

MP exige demissão de ACTs e novo concurso em Capivari de Baixo

A prefeitura de Capivari de Baixo terá de realizar novo concurso público para preencher vagas que vinham sendo ocupadas por ACTs. A exigência partiu do Ministério Público diante dos problemas ocorridos no concurso iniciado em 2012, mas não encerrado. Conforme nota assinada pelo Departamento Jurídico da Prefeitura, as demissões deverão ocorrer nos próximos dias e os valores pagos pelos inscritos no concurso de 2012 serão devolvidos ou compensados na inscrição do novo concurso.

Leia mais...
Capivari de Baixo fará novo concurso público. Demissões são necessárias ao cumprimento da lei

Um porto de oportunidades

A tão falada Medida Provisória dos Portos interessa diretamente aos catarinenses e mais ainda ao município de Imbituba que é sede de um importante porto. A tal MP que levou os parlamentares a trabalharem em longas sessões ditará o rumo que o setor vai tomar e o futuro de uma região.

Esta história dos portos é sem dúvida uma das mais longas novelas que parecem não ter fim. No Porto de Imbituba, por exemplo, era sabido há um século que a concessão encerraria em dezembro de 2012, mas ficou tudo para ser resolvido em cima da hora. O governo estadual é o responsável agora pela gestão, mas com a MP do Portos, Imbituba terá um novo processo de licitação com as novas regras estabelecidas.

Com a duplicação da BR-101, com a pavimentação da BR-285 e a possibilidade da Ferrovia Litorânea os atrativos para escoar a produção por Imbituba são cada vez mais ampliados. É o maior potencial de crescimento entre os portos da região Sul.

Junto ao desenvolvimento do porto, os gestores públicos não podem se esquecer da duplicação do acesso à cidade, por exemplo, e de outras obras necessárias para receber este impacto. As mudanças no Porto de Imbituba terão reflexo em toda a região Sul e poderão concretizar um crescimento integrado jamais visto na história, desde é claro que não leve mais um século para se tornar realidade.

PMDB de Tubarão volta a ter diretório

Convenção do PMDB de Tubarão elegeu no domingo o novo diretório do partido que atuava desde o final de 2012 sob uma Comissão Provisória. Mario Cesar de Carvalho, o Mário do Sine, que presidia a comissão, acabou sendo eleito para presidir o diretório. Pode-se dizer que o processo foi uma vitória do deputado federal Edinho Bez que trabalhou pela reformulação. A dissolução do diretório não foi bem digerida por alguns setores e agora fica a expectativa do efeito que as mudanças terão no desempenho do partido nas eleições de 2014. Ainda vai demorar para dizer se foi uma vitória completa.

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Frase do Dia

"É preciso viver, não apenas existir."
Plutarco, filósofo grego

sábado, 25 de maio de 2013

Turismo: copo vazio ou cheio

Próximo fim de semana será de feriadão prolongado. O próximo só em 15 de novembro. Ruim para o turismo que depende destas datas para lotar. Mas é nesta época que dá para ter uma ideia de como nossa região tem potencial para ser explorado. Por aqui ainda dá tempo de fazer reservas em pousadas e hotéis. Já nos destinos mais famosos e procurados restam apenas as opções mais salgadas. O que mostra que o setor precisa unir forças para atrair o público que acaba sobrando em outros destinos.

Transporte público

Pipocam na Câmara de Tubarão requerimentos pedindo melhorias no transporte público. São revisões de horários, itinerários e instalação de abrigo de ônibus. Será que se esqueceram da discussão sobre uma nova licitação sobre a concessão dos transportes públicos da cidade? Uma nova concessionária, sob um novo contrato, teria que trabalhar e atender a todas as demandas.

Públicas e privadas

- O município caçula da Amurel, Pescaria Brava, ainda não tem os símbolos municipais como Hino, Brasão e Bandeira. Vereadores pediram para o executivo encaminhar o assunto.
- Posto de Saúde do bairro Recife, em Tubarão, estaria há trinta dias sem limpeza por causa das férias da auxiliar de serviços gerais.
- Limpeza da areia acumulada no meio da Avenida Pe. Geraldo Spetmann foi assunto na Câmara de Vereadores. Argumentam que o local será a nova porta de entrada da cidade, mas é curioso é como ninguém fala da prostituição que corre solta no local há alguns anos.
- Atenção aos trabalhos urbanos! Tem rua sendo aberta para fazer reparos necessários, mas que depois não recolocam o pavimento como deveriam.

Frase do Dia

“Engraçado, costumam dizer que tenho sorte. Só eu sei que quanto mais eu me preparo mais sorte eu tenho.”
Anthony Robbins, autor de livros de auto-ajuda americano

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Justiça mantém multa a vereadora de Imbituba

A Justiça Eleitoral manteve a multa de R$ 5 mil à vereadora de Imbituba, Léa Lopes (PSD), por propaganda eleitoral antecipada. Ainda como vice-prefeita de Imbituba ele concedeu uma entrevista à Rádio Bandeirantes 1010 AM no dia 18/5/12 e ela já indicava a pré-candidatura a vereadora. Léa tentava um recurso na Justiça, que foi negado nesta quinta-feira, 23/5. Ela foi eleita em outubro de 2012 com 962 votos, sendo a quarta mais votada no município.

Leia mais...
Corte mantém multa de R$ 5 mil sobre vereadora de Imbituba

BR-101: união derruba pedágio

Vinte e dois prefeitos da região de Florianópolis deram um grande exemplo para o estado e mais especificamente para a região sul de que a pressão coletiva pode dar resultados. Eles uniram forças para cobrar do Ministério dos Transportes uma atitude sobre a empresa concessionária que atua na BR-101 e que vem descumprindo alguns termos do contrato. O primeiro resultado foi a determinação do fim da cobrança do pedágio em Palhoça a partir de 22 de junho.

A pressão dos prefeitos ocorre principalmente por causa da não realização das obras do contorno viário da Grande Florianópolis que devem ser realizadas pela concessionária. A suspensão do pedágio é um indicativo de que o contrato poderá ser rompido no caso da obra não sair. Ainda não foi o que os prefeitos queriam, mas foi uma conquista.

A união dos prefeitos, além de exemplo, também serve de alerta para a situação futura que a região sul terá com a duplicação da BR-101. Também por aqui a rodovia será repassada para uma empresa concessionária, que ao mesmo tempo em que poderá cobrar pedágios, também terá obrigações previstas em contrato.

Então, os prefeitos daqui já devem ficar unidos e atentos durante o processo de escolha de quem vai efetuar o serviço. Esta ação poderá evitar futuras dores de cabeça e transtornos para o cidadão.

PMDB terá convenção no domingo, 26/5

PMDB de Tubarão realiza convenção no domingo, 26/5, para escolher os novos integrantes do diretório e depois eleger a executiva. O partido tem uma comissão provisória desde o final de 2012 após uma contestada coleta de assinaturas pedindo a dissolução que foi depois confirmada no início de 2013. Até o momento não há perspectivas de disputa de mais uma chapa, pois os integrantes do Movimento de Resgate da Identidade do PMDB (Mori) anunciaram que ficarão somente com os representantes históricos que têm vaga garantida no diretório.

Frase do Dia

"Espera do teu filho o mesmo que fizeste a teu pai."
Tales de Mileto, filósofo grego

terça-feira, 21 de maio de 2013

Coragem para perder uma eleição

Você conhece algum político que tenha coragem de perder a próxima eleição? Difícil não é? Mas se esta figura existe, ela é a pessoa mais capacitada para exercer os cargos públicos com eficiência e respeito aos impostos pagos pelo cidadão.

Mas se estou dizendo que este político tem o que é preciso para fazer o melhor, por que ele não deve ter medo de perder as eleições? É porque ele provavelmente vai perder. A reeleição para quem procurar fazer somente o que é certo, que busca em investir em situações que beneficiem a maioria, que fecha as portas para a corrupção e bota para correr os que tentam obter algum benefício particular é sempre mais difícil. Este sujeito não promove uma caça às bruxas, mas cobra eficiência na execução dos serviços prestados ao cidadão, doa a quem doer.

Este tipo de trabalho, que pode ser considerado de moralização, nem sempre é visível ao cidadão. Não é uma grande obra que pode ser vista por todos. Só grandiosas estruturas físicas, às vezes sem utilidade posterior, ou que deixam grandes contas a serem pagas por décadas, é que parecem ser revertidas em votos.

O político despreocupado com as urnas e compromissado com o que é de interesse público só terá o reconhecimento devido quando o eleitor, o cidadão, prestar mais atenção no que acontece ao seu redor e aprender a ter o mesmo sentimento de que o coletivo precisa ser melhorado para que cada um também participe individualmente destas conquistas.

Enquanto isso não acontece, vamos continuar com políticos que dançam conforme a música e que só pensam na próxima eleição. Dessa forma, o futuro é sempre breve e passageiro e em longo prazo, sempre nebuloso. Então, coragem pra mudar!

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Frase do Dia

“Faça o que puder, com o que tiver, onde estiver.”
Theodore Roosevelt, político americano

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Los médicos cubanos

A possibilidade de contratação de médicos cubanos para suprir a carência de profissionais no Brasil tem gerado muita polêmica. As opiniões são diversas e por isso compartilho aqui um artigo do professor e jornalista Laudelino José Sardá sobre o tema. Também polêmico, o texto nos força a uma reflexão.

A PREPOTÊNCIA MÉDICA
(*) L.J. Sardá, jornalista e professor

Foi só o governo determinar a contratação de 3,5 médicos cubanos para o corporativismo médico brasileiro se exaltar, protestar ingressar na justiça com um mandado de segurança para proibir a importação. Na Inglaterra, por exemplo, 40% dos médicos são de outras nacionalidades, porque o Reino Unido não forma profissionais suficientes para atender à demanda de pacientes. Assim ocorre também nos Estados Unidos, França e até no Canadá e Alemanha. Mas aqui no Brasil, o corporativismo médico pouco se importa se o paciente está na fila, principalmente através de planos privados de saúde, há 20, 30 ou 60 dias. Até porque - podem pensar alguns médicos - se a gente fica na fila mais de um mês à espera do carro novo, por que o cidadão não pode esperar o médico? Não é mesmo? Aqui vale até essa comparação!

Formar-se médico no Brasil é privilégio de uma casta social de alto poder aquisitivo. Para ser aprovado no vestibular em universidades públicas, o candidato precisa ter se formado em escolas particulares de I e II graus e ainda frequentado intensivamente o terceirão. O acesso a faculdades particulares de medicina só a famílias de alto poder aquisitivo, em condições de desembolsar por mês em torno de R$ 6 mil (todas as despesas).

Para se ter uma ideia da carência de profissionais médicos só em Santa Catarina, muitos jovens que estão se formando nem pensam agora fazer a residência. Com o canudo nas mãos, eles estão fazendo plantões hospitalares faturando, já de início, em torno de R$ 18 mil.

Está errado? Não! Esses profissionais precisam ser bem pagos, pois cuidam de vidas humanas. Contudo, não se admite o sofrimento do povo. Está mais do que comprovado que médicos não cumprem totalmente seus expedientes em hospitais e postos de saúde mantidos com dinheiro público. Isto porque a maioria das gestões de instituições de saúde está nas mãos de médicos e aí predomina o corporativismo. Lembro-me que o governador Konder Reis, diante desse descalabro, entregou mais de 10 hospitais públicos para as freiras administrarem. E deu no que deu. As irmãzinhas impuseram o controle de ponto e avaliação permanente dos médicos. No governo seguinte, derrubaram as irmãzinhas com um trator eleitoreiro.

Como já foi dito em outras oportunidades, o jornal O Globo destacou recentemente que 60% dos segurados de planos privados de saúde estão recorrendo ao SUS para ser atendidos. Olha só a dimensão da balbúrdia nacional. Além disso, há médicos exigindo complementação a planos de saúde para atender mais rápido.

Só faltava agora a nossa justiça dar liminar à Associação Nacional de Medicina e proibir a contratação de médicos cubanos. O Governo brasileiro deveria fazer como na maioria dos países europeus, Canadá, Cuba, Japão e China: custear a formação de médicos, com bolsas integrais a estudantes carentes e intensificar, com qualidade, a construção de faculdades de medicina em todo o Brasil. Deixe as associações médicas espernearem.

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Frase do Dia

"Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons, mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis."
Bertold Brecht, dramaturgo e poeta alemão

terça-feira, 14 de maio de 2013

Sem fundo partidário

O diretório estadual do PRTB não apresentou as contas anuais, referentes às eleições de 2012, e por isso terá o repasse do Fundo Partidário suspenso por um ano. Já o diretório do PSD de Sangão teve a prestação de contas desaprovada e ficará sem as cotas do FP por seis meses.

Imbituba: suplente tem contas desaprovadas

Justiça Eleitoral concluiu a apreciação das contas dos candidatos de Imbituba nas eleições 2012. O segundo suplente de vereador do PMDB, Mario Cesar de Souza, teve as contas desaprovadas “devido à existência de impropriedades de natureza formal, que comprometeram a integridade e confiabilidade das contas prestadas” conforme despacho da juíza Naiara Brancher. Mário Cesar obteve 642 votos em outubro, mas já foi vereador, secretário da fazenda, e da saúde de Imbituba e foi o mais votado nas eleições de 2000, com 952 votos.

Uma pobreza de ideias

No último mês três grandes siglas em Santa Catarina tiveram problemas com a realização de suas convenções partidárias. PMDB, PSDB e agora PP prorrogaram mandatos, sofreram intervenções do diretório nacional e adiaram as convenções sem previsão concreta de quando vão ocorrer.

As situações evidenciam que os partidos estão divididos quanto aos rumos que desejam tomar nas eleições de 2014. E pior ainda, por mais que sonhem em conquistar o governo estadual não têm um projeto alternativo ou um nome que se apresente com possibilidade de vitória. Se tivessem esta figura salvadora tudo já estaria resolvido. Projeto neste caso é assunto secundário.

O irônico disso tudo é que PMDB, PSDB e PP fazem parte ou apoiam o governo estadual atual que desejam suceder. Então qual será o argumento que vão utilizar numa campanha eleitoral? O que vão apresentar como alternativa?

Os catarinenses sofrem com o atendimento na saúde. Os pequenos hospitais espalhados pelo estado fazem malabarismos para manter as portas abertas. Os deputados não se cansam de falar no assunto nas sessões da Assembleia Legislativa. Na educação os problemas abrangem a falta de estrutura de algumas escolas, greves de professores e agora mais recentemente o episódio da reenturmação. Só aí seriam dois pratos bem cheios para uma forte oposição.

O governador Raimundo Colombo (PSD), que pode ter todas as boas intenções do mundo, sofre também com a falta de recursos e com a queda na arrecadação. A receita precisa crescer em mais de R$ 260 milhões e os gastos precisam cair em mais de R$ 120 milhões. A folha de pagamento já passou do limite legal e quase nada sobra para investimentos.

O Pacto por Santa Catarina é a grande cartada para sair do marasmo e convencer os partidos aliados a continuarem juntos. É a grande aposta de um governo que não tem ousadia para cortar o que é desnecessário, e de uma oposição pobre de ideias para propor soluções.

Pouca oferta, poucos lucros

A estrutura hoteleira na maioria das cidades brasileiras está longe da ideal. É só programar algum evento de maior porte que os preços disparam. É a tal da lei da oferta e da procura. Mas se tivéssemos mais leitos, também não receberíamos mais hóspedes? Os preços nas alturas podem gerar maiores lucros, mas tarifas adequadas também poderiam ampliar os ganhos em escala.

Batizados

Está na Comissão de Viação e Transportes os Projetos de Lei que denominam o viaduto dos bairros São João e Morrotes e também do túnel do Morro do Formigão na BR-101, em Tubarão, de Prefeito Dilney Chaves Cabral e Willy Alfredo Zumblick, respectivamente. O autor dos PLs é o deputado federal Edinho Bez (PMDB), e o relator da comissão, deputado federal Mauro Mariani (PMDB) já emitiu parecer pela aprovação.

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Projetos aprovados

Os vereadores realizaram nesta segunda-feira mais uma sessão da câmara de Tubarão. Nesta noite foram aprovados três projetos de lei na ordem do dia

Frase do Dia

"A felicidade existe... Não fora de nós, onde em geral a procuramos; mas, dentro de nós, onde raras vezes a encontramos."
Humberto Rohden, filósofo, educador e teólogo catarinense

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Penitenciária: procura-se interessados

Os moradores de Imaruí devem ter começado a semana mais aliviados e esperançosos. Os motivos são as notícias que chegam de Florianópolis sobre a possibilidade do Governo Estadual desistir da construção do Complexo Penitenciário. Diante do impasse e das disputas judiciais que se desenrolam existe a possibilidade de se buscar outro local para fazer a obra prevista para abrigar mais de 1,3 mil detentos.

O assunto divide a pequena Imaruí há um bom tempo e até ajudou a decidir as eleições do ano passado. Foi praticamente um plebiscito sobre o tema e o ex-prefeito Amarildo Souza (PSD) que defendia o projeto foi derrotado por Manoel Viana (PT) que era contra. Tanto que um dos primeiros atos dele como prefeito empossado foi cancelar o alvará de construção.

A preocupação do governo estadual neste momento é evitar que os recursos judiciais se arrastem por anos e atrasem a concretização do projeto. Outros exemplos no Estado chegaram a consumir 10 anos de espera. E a sociedade catarinense não pode esperar. Seja em Imaruí ou em outra cidade a construção da penitenciária é necessária.

O que fica evidente é que o governo deveria ter se preocupado antes com a discussão sobre o projeto. Não houve o cuidado necessário para negociar com a população sobre os prós e contras. O que Imaruí poderia ganhar para compensar a construção da Penitenciária? Esta conversa devia ter sido ampla, com a participação de muita gente e não resolvida em gabinetes como foi.

Frase do Dia

“A felicidade é qualquer coisa que depende mais de nós mesmos do que das contingências e das eventualidades da vida.”
Júlio Dantas, médico, poeta, jornalista, político, diplomata e dramaturgo português

sábado, 11 de maio de 2013

Um presente de grego?

Com ou sem portaria assinada, o fato é que o secretário de desenvolvimento regional, Haroldo Silva, o Dura, despediu-se da SDR de Tubarão. Foram quase seis meses de especulações em torno da troca pelo também tucano Estener Soratto Júnior. Deu uma canseira em quem trabalhou pela substituição.

Ao deixar o cargo após três anos e um mês Dura entregou um relatório sobre obras e convênios realizados que totalizam R$ 110 milhões. Considera a pavimentação de algumas estradas como obras importantes, mas a mais significativa na opinião dele foi o credenciamento do Hospital Nossa Senhora da Conceição para a realização de cirurgias cardíacas.

Dura chegou à SDR em 2010 após ter sido líder de governo de Manoel Bertoncini na Câmara de Vereadores. Conseguiu a façanha de ‘cair para cima’ após uma pressão para que deixasse a câmara pois era suplente. Foi então indicado por Bertoncini para a SDR. Agora, ao novamente ser preterido por seguimentos do PSDB pode repetir a situação de deixar um cargo e ser indicado para outro maior. Tem convites para a secretária estadual de Saúde e de Turismo onde tem fortes ligações com o secretário Beto Martins (PSDB).

Estener Soratto, indicado para assumir a SDR, terá pela frente o desafio de fazer andar uma estrutura que cada vez mais é criticada. Desde que assumiu o Governo Estadual, Raimundo Colombo (PSD), vem modificando a atuação das regionais. As atribuições foram sendo reduzidas e nem orçamento para executar elas tem mais. Tudo tem que ser conquistado nos gabinetes de Florianópolis. Portanto Soratto vai ter bastante trabalho para que a indicação não se torne um presente de grego.

Fidelidade só no futebol

As pessoas tratam o futebol com mais seriedade que a política. Duvida? Já viu alguém trocar de time só porque tem mais chances de ganhar o campeonato? Crianças até podem fazer isso, mas um adulto barbado é raridade? Já na política...

O preço da reenturmação

Será que o eleitor catarinense, formado por pais e estudantes, lembrará de cobrar a conta nas eleições de 2014 pelos desencontros na gestão de educação no Estado? De que adiantará sair às ruas para protestar, pedir apoio aos vereadores e da opinião pública para depois votar nos mesmos candidatos de sempre? O barulho feito em torno da reenturmação, por exemplo, precisa ter efeito prático.

Públicas e privadas

- O vereador Márcio da Casan (PSDB) foi indicado pelo prefeito de Pescaria Brava, Antonio Honorato (PSDB), como o líder do governo na Câmara de Vereadores.
- A obra de saneamento em Laguna continua gerando reclamações contra a empresa Confer. O asfaltamento da Av. João Pinho, no Mar Grosso, é um dos alvos.
- Clima de insegurança aumentou em Capivari de Baixo. Vereador Fernando da Casan (PMDB) pede que a PM aumente as rondas pelos bairros.
- População reclama de falta de vagas em creches de Tubarão. Vereador Eraldo (PPS) sugere ampliação ou convênios com creches particulares para resolver o problema.

Frase do Dia

"Nunca diga às pessoas como fazer as coisas. Diga-lhes o que deve ser feito e elas surpreenderão você com sua engenhosidade."
George Patton, general americano

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Celesc no vermelho

Conforme balanço contábil referente ao ano de 2012 divulgado no dia 28 de março, a Celesc teve um prejuízo de R$ 258 milhões. A perda milionária é atribuída, principalmente, à implementação do Programa de Demissão Voluntária (PDV). Também se deve à compra de energia térmica e a investimentos exigidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Atualmente, a empresa conta com 3.200 servidores efetivos. De acordo com o presidente da Celesc, até o mês de julho haverá o desligamento de outros 755 funcionários. Esta foi uma das informações divulgadas na Audiência Pública realizada na Assembleia Legislativa.

Jaguarunense de nascimento

Uma cena que há muito tempo não acontecia no município de Jaguaruna ocorreu esta semana. Numa situação de emergência, foi possível realizar um parto e uma criança nasceu no Hospital de Caridade de Jaguaruna (HCJ). Essa vai poder dizer que é jaguarunense de nascimento e não só de registro.

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Frase do Dia

“Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo.”
Mahatma Gandhi, líder e pacifista indiano

Imbituba lança Festa Nacional do Camarão

Com a proposta de atrair o turismo fora de época, Imbituba aposta na realização do Festival Nacional do Camarão junto com o aniversário do município em junho. Outro diferencial é que os shows terão entrada gratuita

Fundador da Rádio Garibaldi comemora 88 anos

Aos 88 anos, o diretor da Rádio Garibaldi em Laguna, uma das mais populares do sul do Estado, ainda está em atividade e participa do dia a dia da emissora

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Parlamentares secretários

O eleitor precisa prestar atenção nos políticos que são eleitos para um cargo, mas ficam praticamente todo o mandato exercendo outras funções como posições de gestão em órgãos públicos. Se foram eleitos para uma função de representação porque aceitam os cargos que acabam usando para garantir apoio para outras eleições?

Prefeitos e vereadores também têm culpa nesta história, recebem estes secretários como se eles estivessem prestando favores. Em troca de convênios, carros, tratores, um caminhão de areia, acabam trabalhando e pedindo votos para que eles sejam os tais representantes na capital. Só que depois de eleitos, disputam indicações para outros cargos e quem ocupa as vagas eletivas são os suplentes, que nem sempre tem os mesmos compromissos com a região.

Esta situação ocorre em todos os cargos legislativos. Vereadores ocupam secretarias municipais, deputados estaduais e federais buscam secretarias estaduais e senadores são indicados para os ministérios. Se querem tanto fugir da atuação legislativa, porque se candidatam?

É claro que os interesses são diversos e nem sempre transparentes. Sem moral para cumprir com aquilo que se candidataram e sem uma lei que proíba esta prática cabe ao eleitor deletar esta turma.

Planejando o Carnaval 2014

Secretaria de Turismo de Laguna vem trabalhando no planejamento do Carnaval 2014, num exemplo para quem pretende fazer algum evento do tipo. Já reuniu os representantes das escolas, cobrou a definição dos enredos para poder elaborar um book comercial que será usado na captação dos recursos. Ao planejar se reduz a possibilidade de erro e de correria às vésperas da festa, como tradicionalmente se vê por aí.

Laguna: vereadores ignoram recomendação do MP

Na sessão da Câmara de Laguna dois projetos de lei que tratam dos limites de andares dos prédios causaram opiniões diversas entre os vereados e a população. Apesar da recomendação contrária do Ministério Público, os projetos foram aprovados

Vereador pede solução para o transporte público de Imbituba

Este ano encerra o contrato da empresa que presta o serviço de transporte público em Imbituba. Um estudo feito por um vereador da cidade aponta várias irregularidades no sistema, que precisa ser reformulado

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Frase do Dia

"O homem é o que ele acredita."
Anton Tchékhov, médico, dramaturgo e escritor russo

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Sucessão definida na SDR de Tubarão

O diretor geral da SDR Pedro de Souza assumiu interinamente o cargo de secretário regional a partir desta segunda-feira. O titular da pasta, Haroldo Silva (PSDB), o Dura, entrou em período de férias e não deve voltar ao cargo. Depois de longa discussão sobre a substituição, o futuro secretário Estener Soratto Júnior (PSDB) deve ter a nomeação publicada até quarta-feira conforme ficou definido hoje em reunião com o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, em Florianópolis.

Onde estão os empregos e salários sonhados?

A todo o momento ouvimos e lemos que temos empregos sobrando no Brasil e, ao mesmo tempo, que temos brasileiros que não encontram os empregos desejados. Então logo concluímos que tem alguma coisa errada aí. Que vagas são estas? Que profissionais são estes?

As vagas em sua maioria são para prestadores de serviços, em geral com os salários mais baixos. Os profissionais, cada vez mais graduados, com curso superior, especializações, mestrados, doutorados são, obviamente, qualificados demais para estas vagas e não encontram trabalho para as áreas que se prepararam.

Mas também temos lugares onde profissões que exigem qualificação têm dificuldade para preencher as vagas. Professores, médicos, engenheiros e até técnicos qualificados são alguns exemplos e aí o motivo é o salário que não atende as expectativas.

A situação não é um problema fácil de resolver, mas existem caminhos a serem percorridos. Será que estamos formando os profissionais necessários? Será que a nossa economia cresce em áreas que possam permitir o pagamento de melhores salários? Será que apenas o emprego público é capaz de oferecer uma renda de quatro ou cinco dígitos por mês? Para que o país confirme a condição de nação emergente precisa de respostas e soluções para estas perguntas.

Alguns estrangeiros já estão sendo acolhidos para ocupar as vagas que não nos interessam e também aquelas que não nos preparamos. Eles não podem sofrer discriminação por causa disso, afinal de contas, um dia foram os brasileiros que ocuparam estas mesmas vagas no exterior. Quem já viveu esta experiência de discriminação pode dizer como isso é ruim.

Leia mais...
Sobram empregos, de baixos salários

Frase do Dia

"O sentido da vida consiste em que não tem nenhum sentido dizer que a vida não tem sentido."
Niels Bohr, físico dinamarquês

sábado, 4 de maio de 2013

Mobilização por outros pontos também

A ampliação do número de alunos em sala de aula na rede estadual de ensino, a chamada reenturmação, pode estar servindo para despertar o sentimento de mobilização entre pais e alunos. Insatisfeitos com a medida eles participam de manifestações organizadas pelos professores e engrossam o coro dos descontentes.

Se vão conseguir que o governo estadual volte atrás na decisão isso não se sabe, mas é importante que não desistam e passem a exigir outras melhorias. E que inclusive, todos reflitam no papel que tem na formação educacional, que é não exclusiva dos professores e já começa dentro das famílias.

Todos precisam participar de discussões que promovam melhorias no sistema educacional. O número de alunos em sala de aula é apenas um deles. Mais respeito aos profissionais da área, manutenção e ampliação das unidades escolares, modernização de laboratórios e bibliotecas e até uma revisão do modelo pedagógico. São elementos que podem contribuir para a retenção e interesse dos estudantes nas escolas, acompanhar o desenvolvimento social e formar os cidadãos do futuro.

E para que isso aconteça, está mais do que provado que não dá para esperar pelos outros, tem que arregaçar as mangas e participar.

Campanha mais abrangente

Vereador de Tubarão, Matusa (PT), que é pré-candidato a deputado estadual, já trabalha na organização da campanha de 2014. O petista disputou o mesmo cargo em 1994 (3.635 votos sendo 1.195 em Tubarão) e em 2002 (12.561 votos, sendo 9.487 em Tubarão). Diante dos números, um dos primeiros objetivos será ampliar a votação em outros municípios, incluindo até cidades de fora da Amurel. Ainda para lembrar, em 2010 o candidato petista foi Olavio Falchetti. Ele também não realizou campanha fora da cidade e obteve um total de 14.850 votos sendo o mais votado em Tubarão com 12.433 votos.

Câmara de Jaguaruna

Página da Câmara de Vereadores de Jaguaruna parece uma extensão da página da Prefeitura Municipal. Antes que alguém reclame de tanta visibilidade para um só, seria importante a publicação também do resumo das sessões informações de todos os vereadores e também de transparência como os gastos com manutenção e folha de pagamento dos legisladores, servidores e comissionados.

Fôlego

O consórcio responsável pelo estacionamento rotativo de Tubarão deve ter um caixa muito forte para aguentar tanto prejuízo. Diante de todos os problemas apresentados até hoje a empresa certamente trabalha no vermelho. Já contratou equipes, treinou, descontratou, contratou de novo, equipou, reaparelhou e nunca conseguiu funcionar efetivamente. Agora pediu um novo prazo para implantar uma nova tecnologia.

Frase do Dia

“O único homem que nunca comete erros é aquele que nunca faz coisa alguma. Não tenha medo de errar, pois você aprenderá a não cometer duas vezes o mesmo erro.”
Franklin D. Roosevelt, ex-presidente dos Estados Unidos

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Café com lideranças petistas

A bancada do PT de Tubarão organizou o primeiro Café com Lideranças da Amurel, na tarde desta sexta-feira (3/5). O evento reuniu líderes do partido em toda a região com o objetivo de fortalecer o PT, discutir estratégias políticas nas administrações e trocar experiências com ex e atuais gestores do partido. O vereador Matusa, líder do governo, observou que este encontro será o primeiro de muitos outros.

Com informações da AI/PT

Só a mente pode libertar o jornalista da sua própria escravidão

Por L.J. Sardá
Jornalista e professor

Quero falar de outra liberdade.

A opressão que sofrem jornalistas em países de convulsões políticas permanentes é histórica, impetuosa e condenável. Mas o que deveriam preocupar também neste terceiro milênio, a era da revolução tecnológica, é a autocensura de jornalistas e a censura escamoteada que se exaure na própria enxurrada da informação diária.

Eu comparo, às vezes, o jovem jornalista com o jovem que acaba de receber o diploma de médico. O jornalista jovem, ainda desprovido de uma ideologia ou, pelo menos, de visão e sentimento social, alimenta-se de um olhar passivo da sociedade e enxerga o fato sob a ótica do espetáculo midiático, o que compõe o teatro da emoção em detrimento da razão. O jovem médico brasileiro, em sua grande maioria, é fruto de uma casta social elevada e dificulta a relação humana entre a saúde e a sociedade. O médico no Brasil ainda vive em pedestal, com algumas exceções. Há poucos dias, um jovem recém-formado em medicina, justificou-se por que ainda não ingressara em uma residência para alcançar uma especialização: “por enquanto estou dando plantão e ganhando R$ 17 mil por mês”.

A censura escamoteada é ignorar fatos que acabam passando despercebidos porque não alcançaram ainda a notabilidade e o delírio midiático. Por exemplo: um evento de tênis reuniu craques do exterior em um hotel de luxo na Ilha. Ótimos e merecidos destaques na mídia. O espetáculo, entretanto, consumiu cerca de R$ 600 mil dos cofres da Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes. Por que o dinheiro público tem que ter endereço particular? Agora, se houvesse uma denúncia pública, aí a mídia se sentiria obrigada a correr atrás.

A maior censura que infecciona os meios de comunicação de massa está no olho social do jornalista, tanto de editores quanto de repórteres, setoristas e colunistas.

Por que o Dia das Mães tem sido pautas sucessivas para apenas mensurar os negócios do comércio? Será que mãe é consumo?

Por que jornalistas vêem as concentrações de pobreza sob o olhar a violência? E por que quando sobem o morro estabelecem o divisor nietzschiano entre o bem e o mal? Como observa Nietsche, no que é mal se sente a periculosidade, a força do terrível, enquanto o bom desperta a vivacidade, o prazer. Aliás, jornalista quando sobe o morro é prenúncio de notícias sobre violência humana.

Goethe dizia que digno de liberdade é quem sabe conquistá-la. Sentir liberdade é o mesmo do que viver a liberdade? Ainda hoje se cultua Tim Lopes como referência de coragem contra opressão. Por que não temos a coragem de abrir as cortinas do teatro social brasileiro e acabar com o foco entre o bem e o mal? Por que a nossa liberdade jornalística está escondida atrás dos panos de uma dramaturgia cega, como se tivéssemos medo ou desdouro de mergulhar firme nos equívocos de uma nação enraizada na miséria social?

Por que a mídia se limita a denunciar atos de corrupção e não questiona a ausência de tecnologia moderna no controle de licitações e liberações de recursos? Por que o asfalto de rodovias públicas dura menos de um ano, enquanto nas estradas lotadas de pedágios o novo pavimento é mais resistente?

Por que a greve de professores nos impõe a pauta focada apenas no sacrifício de milhares de alunos sem aula? Por que não se descreve a vida de um professor que leciona em dois períodos com salário de R$ 1.200,00?

Por que a greve na saúde é focada na dor dos doentes? Afinal, a causa dos sérios problemas da saúde está nos doentes ou na decadência de postos, centros e hospitais e de estruturas de pessoais defasadas?

Bem, no dia da liberdade de imprensa é necessário que reflitamos sobre a censura que nós jornalistas impomos em nosso próprio exercício.

Como questiona A. Graf, se não tens liberdade interior, que outra liberdade esperas alcançar?

Frase do Dia

"Os pequenos atos que se executam são melhores que todos aqueles grandes que se planejam." 
George C. Marshall, secretário de Estado dos Estados Unidos

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Dançando conforme a música

Os políticos em geral trabalham com as cartas que tem para se manter no poder. Apostam na falta de memória do eleitor e planejam suas ações para serem lembrados somente na hora certa.

Quem já não ouviu a expressão de que 'obra debaixo da terra não rende voto?‘ É um das justificativas para explicar a falta de obras de saneamento e realização de obras faraônicas que todos possam ver. Então, também não dá para dizer que a culpa pelo que julgamos estar errado seja somente deles.

Um exemplo desta situação é o que está para acontecer em Santa Catarina. Escuto algumas avaliações de que o atual governo de Raimundo Colombo é muito ruim. Que até hoje não disse a que veio, que não resolve a situação das Secretarias de Desenvolvimento Regional, que demora a tomar decisões e etc.

Mas será que daqui a um ano, estas opiniões serão as mesmas? É este mesmo governo que trabalha para colocar em prática o Pacto por Santa Catarina e realizar investimentos de R$ 9 bilhões. Projetos importantes e que se forem realizados conforme o previsto podem mesmo mudar a imagem que se tem da atual administração e apagar da memória a impressão de agora.

Mas além de avaliar o desempenho do governo, a sociedade também precisa se questionar porque estas ações demoram a sair do papel e quando saem, estão bem próximas de novas eleições. Os políticos vêm atuando conforme as regras do jogo o que significa então que estas regras precisam mudar. Mas se for esperar pela vontade deles é melhor esperar sentado.

Nomeação de Soratto esperada para hoje

A tão aguardada indicação de Estener Soratto Júnior (PSDB) para a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Tubarão é esperada para hoje. A sinalização vem da Secretaria Estadual da Casa Civil. Se realmente sair, a publicação no Diário Oficial deve ser na segunda-feira, mas o trabalho já poderá começar. O que se espera mesmo é que o assunto se resolva logo, pois nem o atual secretário Dura (PSDB) e nem o futuro Soratto aguentam mais falar no assunto.

Frase do Dia

"Não existe verdadeira inteligência sem bondade."
Ludwig Van Beethoven, compositor alemão

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores