quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Dificuldades para compor o secretariado

O prefeito eleito de Tubarão Olavio Falchetti (PT) voltou a programar a divulgação do secretariado municipal para até o final desta semana. Ela deverá ser feita por meio de um comunicado, sem marcação de uma entrevista coletiva. A primeira previsão era de que a lista com entre 10 e 12 secretários seria divulgada na última sexta-feira. Apesar da nova previsão, a definição pode ser adiada novamente.

Fechar a lista com os nomes que vão compor o primeiro escalão do governo municipal tem sido mais difícil do que se imaginava. A vontade e compromisso de campanha de Falchetti de ter um secretariado técnico e que valorizasse os servidores de carreira tem esbarrado nos valores dos salários pagos pela prefeitura.

Não se fala abertamente em casos específicos, mas hoje há servidores na prefeitura que conquistaram ao longo dos anos salários superiores a um salário de secretário municipal que é de R$ 6,8 mil. Quem ganha mais do que isso pode não ter interesse em assumir um cargo cheio de responsabilidades.

Para quem está fora da prefeitura o problema é semelhante. Existe dificuldade em atrair profissionais bem sucedidos na iniciativa privada, com rendimentos financeiros satisfatórios, para encarar as dificuldades do serviço público.

Sem gratificações, hora-extras e outros recursos para engordar os salários está complicado formar a sonhada equipe de trabalho.

Confirmados até agora estão a secretária de Desenvolvimento Social, que será a primeira dama Jane Falchetti, e o presidente da Fundação de Esportes, que será o professor José Acco Júnior. Sobre este último, Olavio não quis confirmar antes da hora, mas o silêncio dele disse tudo.

Continue lendo...

PMDB-PT apresentam denúncia contra eleitos de Treze de Maio

Uma denúncia baseada em documentos, fotos e vídeos foi apresentada ontem contra o prefeito eleito de Treze de Maio Clésio de Biasi (PP), o Keké, e o vereador reeleito Neco (PSDB). Os representantes da coligação PMDB-PT, do candidato derrotado Itamar Boneli (PMDB) pedem a cassação do registro da candidatura do eleito por compra de votos e abuso do poder econômico. Tudo deverá ser avaliado pelo Ministério Público Eleitoral e ainda é muito cedo para dizer no que vai dar. Keké diz estar tranquilo quanto às denúncias e vai esperar receber a notificação da justiça para se defender. Mas se existe a denúncia ela deve ser apurada da melhor forma possível. Esclarecer é o melhor caminho. Da mesma forma que a investigação sobre o fechamento de um posto de gasolina na véspera da eleição em Tubarão também precisa de um desfecho.

ASSISTA REPORTAGEM DA UNISUL TV

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

Blog do Guedes - twitter.com/jbfguedes

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors