quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Espaços para 2014

Depois de uma eleição, vem logo outra daqui dois anos e por isso não há tempo a perder para especulações e possibilidades. Mas em meio aos possíveis candidatos que possamos ter em 2014 valem algumas considerações.

O prefeito de Tubarão Pepê Collaço (PSD) é citado como possível candidato a deputado estadual, mas é preciso lembrar que o partido já tem um deputado na região e que deve disputar a reeleição. José Nei Ascari foi sexto mais votado em 2010 superando os 55 mil votos. Diante da improvável divisão de espaço sobraria para Pepê uma candidatura a deputado federal e neste caso, torcendo para a vitória de Jorge Boeira em uma nova eleição em Criciúma. Aí sim, poderia ser o nome do partido em todo o sul do Estado.

A mesma possibilidade é cogitada para o vereador Deka May (PP). O deputado estadual Joares Ponticelli (PP) disputa uma indicação na chapa majoritária (vice de Raimundo Colombo ou Senado) ou será candidato a deputado federal. Mas é preciso lembrar também que um projeto iniciado em 2010 pode atrapalhar os planos de Deka. Beth Tiscoski foi candidata ao senado com o claro objetivo de estadualizar o nome e ser uma das fortes candidatas à Assembleia Legislativa em 2014 com o apoio dos pepistas do Sul, incluindo Tubarão.

O quadro mais preciso até agora é do prefeito de Imbituba Beto Martins (PSDB). Tem o apoio do Diretório Estadual para tentar ser o único nome dos tucanos na Amurel como foi Carlos Stüpp em 2010. Mesmo assim devem surgir outros pretendentes. O vereador João Fernandes já se colocou à disposição.

Já PT e PMDB estão com os espaços livres. Com Olávio Falchetti na cadeira de prefeito, os petistas precisam buscar um novo nome. O vereador eleito Matusalém dos Santos, o Matusa, já foi candidato em outras oportunidades. O PMDB também pode olhar para a câmara de vereadores, mas novamente parece que terá dificuldades para voltar a ocupar uma vaga na Alesc.

Mas o fato é que, quem deseja alguma coisa tem que começar a trabalhar logo.

Continue lendo...

Estreia do PSD

Considerando o cenário nacional o PSD foi o partido que elegeu o maior percentual de seus candidatos (45,3%) e totalizou 493 prefeitos eleitos no primeiro turno. Os números o colocam como quarto partido com mais prefeituras no Brasil. A sigla ainda disputa o segundo turno em cidades como Florianópolis, Blumenau, Joinville e Londrina. Além disso, o PSD elegeu mais de 4.600 vereadores. Em Santa Catarina, o partido teve um de seus melhores desempenhos, elegendo 52 prefeitos, 61 vices e 488 vereadores. Os números deixam a sigla em segundo lugar no estado.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores