terça-feira, 16 de outubro de 2012

E se fosse diferente...

As eleições de 2012 consolidam momentos históricos na política tubaronense. Elas marcam a primeira vitória do PT na cidade após 30 anos de tentativas. História esta que começou em 1982 com Heliete Santos e 91 votos, e se repetiu por outras seis vezes até chegar a vitória de Olavio Falchetti com 26.921 votos. Além do prefeito, os petistas também voltam a ter representação na Câmara de Vereadores após 16 anos quando se encerrou o mandato de Matusalém dos Santos.

Mas as datas e estatísticas também servem de reflexão para outras siglas. O PP, por exemplo, não lança um candidato a prefeito há 20 anos. A última candidatura foi em 1992 quando o ainda PDS elegeu Irmoto Feuerschuette. Depois como PPB e PP vieram somente candidaturas a vice-prefeito, três delas vitoriosas em parceria com o PSDB.

Ainda no dia das eleições, o presidente estadual do partido, deputado Joares Ponticelli voltou a defender um posicionamento da sigla para as próximas eleições. O PP vence em prefeituras menores na região da Amurel, mas precisa buscar uma cidade maior como Tubarão para consolidar a condição de força regional.

A aliança com o PMDB em 2012 mostrou novamente que a estratégia de ser vice colocou o partido numa condição de figurante. Durante toda a campanha houveram rumores de atritos e insatisfações entre simpatizantes e partidários. E ficou, sem dúvida, o sentimento de que se Deka May fosse o cabeça de chapa, o resultado poderia ser diferente. A dúvida é claro, é se o PMDB aceitaria indicar o vice.

E ainda no campo das possibilidades. Já imaginou também se Pepê Collaço tivesse acompanhado o rompimento do partido na atual gestão? Collaço saiu da sigla para ficar o lado de Manoel Bertoncini. Acabou sendo candidato sem o apoio do PSDB e foi candidato de oposição aos governos tucanos, em especial a Carlos Stupp. Se tivesse ficado no Partido Progressista poderia Pepê Collaço ter liderado uma candidatura com aliados mais fortes?

Como a eleição já passou, ficamos apenas pensando em como poderia ser, mas não foi.

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores