quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PCB lembra morte de Amadeu da Luz

O site nacional do PCB publica nesta quarta-feira (26/9) matéria sobre o falecimento de Amadeu Hercílio da Luz, ocorrido na terça-feira (25/9), em Criciúma. O texto lembra a trajetória do comunista, passagens pelo Rio de Janeiro e prisões durante o período da ditadura militar.

Leia mais...
Morre Amadeu da Luz, aos 79 anos

Continue lendo...

Mantendo as diferenças

A falta de verticalização na política atual leva a situações inusitadas nestas eleições de 2012. PSDB e PT, que hoje são os principais adversários em nível nacional aparecem coligados em alguns municípios da região como Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Sangão e Rio Fortuna, por exemplo. Não é o caso de Tubarão onde esta rivalidade se mantém e este ano ficou ainda mais acirrada.

E a tentativa de trazer para cá as diferenças nacionais foi o que se destacou no debate realizado esta manhã pela Rádio Bandeirantes AM. Carlos Stüpp (PSDB) e Olavio Falchetti (PT) tiveram a chance de fazer perguntas um ao outro e nas duas vezes a discussão local ganhou contornos nacionais.

Stüpp trouxe ao programa o julgamento do Mensalão que está sendo realizado pelo STF, em Brasília. Bateu no Partido dos Trabalhadores e defendeu as ações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Olavio rebateu comentando as ações do governo Lula e disse que se houver culpados com o Mensalão, que eles deveriam ser punidos. Mas também disse que não tinha nenhuma relação com os reús do processo.

Olavio procurou falar sobre o orçamento participativo como uma característica das administrações petistas. Stupp respondeu dizendo que quando prefeito também promoveu a participação popular, mas não nos mesmos moldes do PT.

Muita gente pode entender embates deste tipo como simples troca de acusações e pura retórica política. Mas manter e marcar as posições ideologicas ajudam a reforçar o processo democrático. Quem faz parte de um partido político não pode simplesmente remar de acordo com a maré. Quando existem, deve-se respeitar os ideiais das siglas.

O detalhe é que o eleitor em geral não demonstra este tipo de preocupação e quer mais é saber de resolver os problemas que estão ao seu redor. Quer soluções locais e individualizadas sem se preocupar com as cores políticas.

De qualquer forma, o debate da Bandeirantes também teve um questionamento de Edinho Bez sobre a coligação branca entre o PT e PV e que gerou um direito de resposta de Olávio. E logo no começo, Pepê Collaço ficou muito irritado com uma pergunta sobre uma hipotética desistência da candidatura.

Domingo, vamos ter o último debate da campanha na Unisul TV. A uma semana da eleição será a última oportunidade de discussão frente a frente entre os candidatos, o que gera uma grande expectativa.

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors