terça-feira, 18 de setembro de 2012

Internet x campanhas: longe do ideal

Desde 2008 quando Barack Obama obteve sucesso nas redes sociais nas eleições para presidente do Estados Unidos que a repetição do fenômeno é esperada por aqui. Foi assim em 2010 e havia esta expectativa para 2012. Mas até agora nem perto se chegou do que ocorreu por lá.

Como não há propaganda gratuita na campanha americana, Obama utilizou a internet para primeiro arrecadar milhões de dólares em doações e segundo para conquistar cabos eleitorais voluntários. O sucesso de arrecadação foi tremendo e o resultado das urnas também foi satisfatório.

Por aqui, a internet e as chamadas redes sociais ainda não tiveram o sucesso esperado nos quesitos doações e conquista de eleitores. A internet tem sim ajudado muitos candidatos a divulgarem ideias e quando querem a se aproximar do eleitor. Mas em geral, o maior impacto da internet até o momento é na divulgação de informações com fontes anônimas. Em alguns casos com acusações gravíssimas que apenas trocaram o meio. Saiu de cena a distribuição de panfletos na madrugada e entrou o disparo de e-mails ou mensagens em redes sociais. Tem sido assim desde 2010 em diversos pontos do pais.

É muito difícil apontar qual seria a forma de se evitar tudo isso. Uns vão dizer que deveríamos ter o financiamento público de campanha, outros que a internet precisa ser controlada, e mais um outro tanto de sugestões.

Escândalos, denúncias e tentativas de desmoralizar o adversário sempre vão existir. Até nos Estados Unidos. O que eleitor deve fazer mesmo é tiras as dúvidas por conta própria e não se deixar levar pelas ondas.

Continue lendo...

PT também no alvo dos vices

No debate dos candidatos a vice-prefeito de Tubarão realizado ontem pela Unisul TV, mas uma vez o alvo foi a candidatura do PT. Edson Fogaça (PPS) não teve o mesmo comportamento ousado de Pepê Collaço (PSD) nos debates de prefeitos, mas Deka May (PP) voltou a questionar sobre o jeito petista de governar e Soratto (PSDB) perguntou sobre a Pedreira de Falchetti. A diferença desta vez é que o candidato a vice petista Akilson também trouxe algumas perguntas mais picantes para os adversários, o que deu um certo tempero ao programa.

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores