quinta-feira, 19 de abril de 2012

Greve dos professores x Resolução 72

Uma nova greve dos professores está anunciada para a próxima segunda-feira. Quem está errado nesta história? Por que governo e professores não chegam a um acordo? De certo mesmo só o tratamento dado à educação, que vai de mal a pior.

Na opinião das ruas vem a sugestão de cortes nos salários dos políticos para garantir os recursos necessários aos professores. Afinal de contas, se todos são servidores públicos, não deveriam ter o mesmo tratamento?

A desculpa, muitas vezes, é de que é preciso pagar bons salários para os cargos comissionados para competir com o mercado e atrair bons profissionais. Mas não deveria ser a mesma coisa com a educação?

A profissão de professor tem que ser uma das mais concorridas e valorizadas do mercado. Nenhum lugar do mundo conseguiu se desenvolver sem um sistema educacional forte e eficiente. E infelizmente não é o que vemos em Santa Catarina e no Brasil.

O mundo inteiro olha para cá atualmente, focado nos resultados da economia. Mas o que está sendo feito para aproveitar este momento e investir no futuro? Porque investir em educação é investir numa população mais preparada para enfrentar os desafios, para ser vanguarda e produzir conhecimento. Mas com desvalorização das pessoas e greves, continuamos não aprendendo nada.

E por sinal, a revisão de custos é também assunto que deve estar na mesa dos gestores dos portos de Santa Catarina. A Resolução 72 iguala a alíquota de ICMS sobre as importações em 4% e acaba com a guerra fiscal entre os Estados. Com a aprovação dela será necessário um choque de gestão para rever os custos e manter a competitividade dos portos. E o que se precisa para fazer isso? De profissionais preparados, valorizados e competentes, geralmente forjados nas melhores escolas e universidades e educados pelos melhores professores.

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors