quinta-feira, 22 de março de 2012

Lembrar o que não pode ser esquecido

Será realizado amanhã (23/3) em Tubarão mais uma edição do Seminário sobre enchentes e desastres naturais. O evento sempre coincide com o aniversário da enchente de 1974, que será lembrado no sábado, dia 24/3.

Muitos devem se perguntar o motivo de ficar lembrando a passagem de uma tragédia como a vivida há 38 anos. Mas não esquecer é parte importante de um processo para evitar que ela se repita nas mesmas proporções.

Se não há como evitar que ocorra a combinação de eventos naturais que causaram a tragédia, precisamos trabalhar em ações que diminuam os seus efeitos.

A redragagem do Rio Tubarão, por exemplo, não ocorre há 29 anos, cinco meses e três dias. São quase três décadas de espera e de contar com a sorte para que nada de ruim nos aconteça.

Mais triste ainda é saber que em 1978, ou seja, há 34 anos, já haviam também outros projetos para ações integradas e que ajudariam na prevenção de novas cheias. Um deles é a construção de duas barragens: uma em Pedras Grandes e outra em Braço do Norte.

Os documentos relativos a estes projetos estão encaixotados e empoeirados no Departamento Nacional de Obras de Saneamento, o DNOS, em Brasília. E basta um pedido para que eles sejam repassados para a prefeitura de Tubarão que poderá revê-los e até reaproveitá-los com os devidos ajustes.

O Seminário de amanhã é anual e ajuda a relembrar da situação, mas é necessária uma mobilização coletiva e permanente para que este descaso acabe.

Cerca de R$ 90 milhões já foram previstos no Orçamento da União para as obras de redragagem, mas os cortes já chegam a R$ 60 milhões. Sem projetos e sem pressão, os R$ 30 milhões que sobraram não significam nada. Aliás, significam sim. Representam mais uma vez um atestado de incompetência dos gestores públicos que não conseguem atuar e resolver problemas que se arrastam por décadas. Contam com a sorte e ajuda dos santos para que nada de ruim volte a acontecer.

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores