sexta-feira, 11 de novembro de 2011

BR-101: devagar, quase parando

Se alguém ainda tem dúvidas sobre o quanto ainda vão demorar as obras do túnel do Morro do Formigão, em Tubarão, e da ponte de Cabeçudas em Laguna, preste atenção nas entrelinhas de algumas notícias da semana e também na movimentação de uma das empreiteiras.

Por conta das dificuldades na obtenção das licenças ambientais, que não tem prazo para sair e por isso qualquer um que prometa prazo corre risco de não ter como cumpri-lo, não se pode mais prever quando começam ou terminas as obras.

Em Laguna, há rumores de que a construtora, que já tem profissionais na região preparando canteiro de obras, conhecendo fornecedores e identificando necessidades, está revendo as estratégias. Há quem cogite o início das obras para daqui dois anos. Profissionais da empresas estariam até sendo remanejados para outras obras no Brasil e exterior por conta desta incerteza.

O Diário do Sul publica na edição desta sexta-feira, declaração do diretor do Dnit de Tubarão Avani Aguiar de Sá onde ele fala sobre a pressão que deve ser feita para a liberação das licenças. “É ali que está o problema. Eles é que precisam ter agilidade. E nós aqui em Tubarão somos apenas a ponta. Precisamos fazer com que o clamor chegue às altas instâncias. É preciso pressionar os políticos”.

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores