terça-feira, 4 de outubro de 2011

Serviço público: quem tem coragem para mudar?

A imagem do servidor público com frequência é associada com a pouca eficiência do setor na prestação de serviços e soluções para o cidadão. A impressão generalizada acaba prejudicando quem tem competência. É a velha história de que os bons pagam pelos maus.

Para tentar corrigir esta distorção é necessária uma ação forte e de coragem para fazer mais ajustes na legislação. E alguém conhece um político que tenha vontade de botar a mão neste vespeiro?

Para falar neste assunto é preciso relembrar um pouco. Antes de existir a estabilidade era muito comum a cada troca de prefeito, governador ou presidente o anúncio de demissão em massa com a posterior contratação daqueles que eram da turma dos eleitos. Era um ‘Deus nos acuda’ onde a cor partidária valia mais do que a competência ou relação de serviços prestados.

Só que com as mudanças na legislação vieram os concursos públicos, a estabilidade, os cargos comissionados e os contratos de terceirização. Infelizmente, nada disso ajudou a mudar a impressão que se tem do serviço público.

Hoje em dia, os que ganharam a estabilidade são acusados de desleixo, baixa produtividade e nenhuma preocupação com competência ou qualidade. Muitas vezes são aprovados nos concursos para vagas que nunca irão ocupar, pois logo são indicados para atuar em outras posições. Nasce aí o chamado desvio de função.

Já aqueles que são indicados para os cargos comissionados reclamam de certa discriminação. São chamados de pára-quedistas e de cabos eleitorais. Uns dizem que trabalham demais, sem a ajuda dos concursados, e outros são acusados de trabalhar pelo partido, sem pensar na função pública que ocupam.

Para tentar fugir dos concursos ou das nomeações alguns gestores se utilizam das empreiteiras. Afinal é mais fácil cobrar eficiência de quem não tem o trabalho assim tão garantido. Mas com este modelo, também vieram os contratos de licitações e valores duvidosos.

Perceba que o conflito de modelos e interesses é grande. Mas não dá para negar que é urgente uma revisão. E como eu disse lá no começo. Quem vai ter coragem de propor mudanças?

Continue lendo...

Comércio: definido horário para o Natal 2011

Depois de discussão em assembléia, os trabalhadores do comércio de Tubarão aceitaram a proposta oferecida pelo Sindilojas, mas com algumas alterações. O que ficou definido também é que o horário especial de fim de ano do comércio inicia no dia 8 de dezembro, pelo menos até novo parecer dos lojistas

Continue lendo...

Rhumor do JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

Continue lendo...

Agenda do Governador, 4/10

10:30 - Ato = Lançamento das Obras de Infraestrutura das Rodovias na Região do município de Vidal Ramos e assinatura de convênios para liberação de recursos para região da SDR de Ituporanga.
Local: Anfiteatro Tranquilo Dognini - Rua Gualberto Ribeiro, 53 - Centro - Vidal Ramos.

13:30 - Solenidade = Inauguração da Quadra Coberta da E.E.B. JOÃO ALBERTO SCHMIDT.
Local: Comunidade de Campestre - Vidal Ramos.

15:00 - Solenidade = Inauguração de Auditório da E.E.B. ALEIXO DELLAGIUSTINA.
Local: Rua 24 de Setembro, 388 - Bairro Santo Antônio - Ituporanga.

Continue lendo...

Pauta da Alesc, 4/10

1 – Reunião da Comissão de Justiça
Local: Sala das omissões
Horário: 9 horas

2- Reunião da Comissão de Trabalho e Serviço Público
Local: Sala das Comissões
Horário: 11 horas

3 – Sessão ordinária
Local: Plenário
Horário: 14 horas

4 – Reunião da Comissão de Transportes
Local: Sala das Comissões
Horário: 17 horas

*A pauta pode ser alterada no decorrer do dia.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors