terça-feira, 24 de maio de 2011

MP do piso do professores em discussão na Alesc

A entrada da Medida Provisória 188/2011, do governo do Estado, na Assembleia Legislativa, instituindo o piso nacional do magistério para os professores no valor de R$ 1.187 foi assunto da maior parte dos pronunciamentos na sessão ordinária da Alesc nesta terça-feira (24/5). A proposta, assinada ontem (23) pelo governador em exercício, Eduardo Moreira (PMDB), tinha o objetivo de acabar com a greve da categoria, mas foi recusada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte) por não acompanhar a progressão na carreira do ensino médio à pós-graduação. A MP deve ser analisada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas já recebeu severas críticas de vários deputados.

O deputado Joares Ponticelli (PP) pediu ao líder do governo em exercício, deputado Jean Kuhlmann (DEM), que abrisse o diálogo imediatamente. Kuhlmann afirmou que acredita na possibilidade de iniciar conversações com o governo sobre o tema.

Charge do João Manoel

Ferrovia Litorânea: o trem não pode atrasar

A região tem obras importantes em andamento como a duplicação da BR-101, aeroporto regional e ampliação do Porto de Imbituba. Mas tem uma outra que precisa de atenção: a ferrovia litorânea.

As obras citadas aqui são de extrema importância e disso não se tem dúvida. Mas de certa forma elas não serão 100% eficientes se não tivermos também uma estrutura de transporte ferroviário para completar o ciclo.

Imagine uma pessoa que busca nos classificados empregos, mas tem uma grande carência no currículo. Tem vários cursos, experiência, mas não sabe uma língua estrangeira, por exemplo. Falta alguma coisa para realmente se destacar entre os tantos candidatos.

Então pense num estado que busca se candidatar para sediar grandes empresas, atrair investimentos e proporcionar desenvolvimento. Este crescimento tão sonhado pelo Sul de Santa Catarina e por muitas outras regiões do Brasil e porque não dizer do mundo.

Quem procura um espaço para se instalar, para investir, para expandir um negócio quer a estrutura completa. Quer garantias de fornecimento de energia elétrica e opções de transporte, seja ele rodoviário, portuário ou aéreo.

É preciso completar o ciclo. Hoje o Sul do Estado está isolado. Construir a Ferrovia Litorânea é ligar todos os portos de Santa Catarina e toda a malha ferroviária do Sul com o restante do país. Estima-se que o setor possa triplicar a participação no transporte de cargas no estado. Estima-se também que a obra pode ser concluída em oito anos com um investimento de quase R$ 1 bilhão.

Mas isso é claro se os cronogramas forem cumpridos. É nesse ponto que a situação preocupa e merece atenção para que os erros de outras obras não sejam repetidos. As duas empresas que ganharam a licitação para apresentar o projeto da obra têm até o mês de julho para fazer isso e ao que tudo indica esse prazo não será cumprido, comprometendo todo o cronograma.

Se lembrarmos que a duplicação do trecho Sul da BR-101 já dura oito anos, com atraso de três, que o aeroporto também já caminha para quase uma década, é preocupante saber que uma obra que ainda nem saiu do papel já está ameaçada de atrasar. O trem do desenvolvimento não pode passar batido por nós.

Feincos 2011: estrutura está pronta

Agora falta menos de 48 horas para o início da Feira da Indústria, Comércio e Serviços - Feincos 2011, uma das oportunidades para gerar novos negócios a uma empresa. E em ritmo acelerado para a grande abertura, as empresas iniciam a montagem de seus stands para exporem suas marcas. De 25 a 29 de maio, empresas de todo o estado reúnem-se no Cecontu (Centro de Exposições e Convenções de Tubarão) para receber os cerca de 50 mil visitantes esperados pela organização durante os cinco dias do evento.

A oitava edição da feira conta em sua programação com o Seminário Nacional de Inovação 2011, promovido pela Unisul, além da 2ª Feijoada, que acontece no domingo (29/5), no Cecontu, também promovido pela universidade. Já no dia 27, a data é destaque pelo aniversário de 141 anos de Tubarão. A Feincos é realizada pelo Cecontu e Prefeitura de Tubarão, com o apoio das Prefeituras de Imbituba, Capivari de Baixo, Acit (Associação Empresarial de Tubarão), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Sindilojas, Governo do Estado de SC e Fiesc. A organização fica por conta da Joytown Entretenimento e Ceika.

Schimidt em 1986

Edição do último sábado do Jornal da Cidade destacou na sessão ‘Há 25 anos’ a indicação do professor Wilson Schimidt como candidato a deputado federal pelo PMDB para as eleições de 1986. A lembrança da notícia me fez buscar o desempenho nas eleições de 15 de novembro daquele ano. O representante tubaronense obteve 10.106 votos, número insuficiente para conseguir a eleição. Em Tubarão ele obteve 4.931 votos. Na época o maior concorrente foi Estener Soratto que conquistou 17.549 votos na cidade e 30.166 no total, mas também não conseguiu se eleger.

PHS sem Fundo Partidário por um ano

O PHS de Santa Catarina não apresentou a prestação de contas e por este motivo ficará sem o repasse do Fundo Partidário por um ano.

Rhumor - JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - guedesjb.blogspot.com

O pote do saber 1

Confira mais cartuns do Nunes na Revista Hei!

FGTS: atingidos por cheia tem prazo até quarta-feira

Encerra na próxima quarta-feira (25/5), o período para que os proprietários de residências atingidas pelas cheias de janeiro, em Tubarão, encaminhem a documentação necessária para retirada do FGTS. Quem perder o prazo ficará sem o benefício

Pauta da Assembleia Legislativa, 24/5

1 – Reunião da Comissão de Justiça
Local: Sala das Comissões
Horário: 9 horas

2 – Reunião da Comissão de Educação
Local: Sala de Imprensa
Horário: 11 horas

3 – Sessão ordinária
Local: Plenário
Horário: 14 horas

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores