sexta-feira, 11 de março de 2011

PMDB em três

Que o PMDB de Tubarão está dividido não é novidade para ninguém. O que surge agora é uma divisão em três alas, cada uma com uma preferência diferente para 2012. Uma ala defende uma coligação com o PSDB. Outr, ligada ao ex-deputado Genésio Goular prefere coligar com o PP, inclusive indicado o vice numa chapa com Joares Ponticelli. Uma terceira ala que defende uma coligação com o PT, já que os partidos estão coligados em nível federal. O PMDB daria o vice para Olávio Falchetti. De comum para todas é que o partido seria vice em todas as composições. Que fase hein!

Continue lendo...

Debandada no PP

A debandada no PP pode ser maior do que a esperada. Em Tubarão, o vice-prefeito Pepê Collaço e aliados devem anunciar nos próximos dias a ida para o PMDB. Em Capivari de Baixo também há rumores de que um grupo possa deixar o partido. Uma posição do deputado estadual Joares Ponticelli também é aguardada para breve.

Continue lendo...

Servidores de Jaguaruna querem negociação

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Jaguaruna (Sinserj) continua com dificuldades de negociação com o executivo municipal. Em ofício encaminhado à administração do município eles se queixam do silêncio e do tempo decorrido, pedem realinhamento salarial, gratificação por merecimento de 3%, uma posição sobre a revisão geral anual dos salários. Trabalhadores pediram apoio também aos vereadores para resolver a questão que vem se repetindo nos últimos anos.

Continue lendo...

28 anos, quatro meses e 23 dias de espera

O secretário nacional de Saneamento Ambiental Leodegar Tiscoski (PP) deverá ser convidado pela Câmara de Vereadores de Tubarão para apresentar os programas de apoio oferecidos pela pasta. O pedido foi feito pelo vereador Dionísio Bressan (PP) que quer esclarecer o que ele descreveu como ‘(des)informação’ sobre o apoio do Governo Federal ao município.

Na semana passada, durante a troca de farpas entre o vice-prefeito Pepê Collaço, presidente do partido em Tubarão, e o deputado estadual Joares Ponticelli, presidente do partido no Estado, insinuou-se que parte da novela do projeto da macrodrenagem foi causada por problemas no projeto, que teria sido mal elaborado.

Vale lembrar que no requerimento apresentado Bressan cita também a necessidade de redragagem do Rio Tubarão, obra realizada pela última vez há 28 anos, quatro meses e 23 dias!

Continue lendo...

Sistema Regin

Quer abrir uma empresa em Tubarão? Infelizmente não basta vontade e ideia para ser um empreendedor. Problemas com o Sistema Regin da Junta Comercial do Estado de Santa Catarina impedem a alteração de dados cadastrais de negócios já estabelecidos e também a abertura de novos.

Na sessão de ontem da Câmara de Tubarão, o vereador Deka May (PP) pediu informações sobre o problema que já dura um mês. Ele quer saber quais os motivos da não operação do Sistema Regin no município e quanto tempo vai demorar para aparecer a solução. Segundo reclamações que recebi de um leitor, tudo não passa de um computador com defeito. Será?

Continue lendo...

O que Tubarão precisa

O comentário foi anônimo, mas como não ofende ninguém passo adiante. Até mesmo porque opinião semelhante já foi manifestada neste blog.

“A cidade (Tubarão) não tem nenhum planejamento para gerar renda? Alguma zona industrial por exemplo. Ou vamos ficar nessa cirando do comércio? A renda já é baixa e ainda é sugada pelo comércio. A cidade precisa de grandes empresas, que permitirão arrecadar mais impostos. A cidade precisa de empresas que gerem empregos de qualidade e com bons salários, e não somente empregos no setor de serviços, que ajudam a gerar belos índices, mas com baixo poder aquisitivo. A cidade precisa pensar grande. Uma cidade só cresce com base tecnológica e indústrias. Com mais renda vai girar mais dinheiro na região e aí sim vamos ter um rumo melhor. Tapar buracos de ruas, asfaltar ruas, arrumar postos de saúde, fazer ginásios, etc são boas coisas a serem feitas, mas o povo tubaronense e como consequência a cidade só vai crescer quando tiver oportunidade de emprego (bom emprego) e não salários de R$ 600 ou R$ 700. Onde está o crescimento da cidade? Vai crescer só em obras, parques, loteamentos?”

Continue lendo...

Casan: 1 diretor x 100 funcionários

Situação do fatiamento de cargos na Casan, abordada ontem aqui no blog, também foi tema nas colunas de Moacir Pereira, no Diário Catarinense, e Cláudio Prisco, no A Notícia. Documentos entregues pelo Sindicato dos Trabalhadores em Água, Saneamento e Meio Ambiente (Sintaema) apontam para a grande carência de servidores na área operacional. A extinção de uma diretoria, por exemplo, permitiria a contratação de 100 funcionários!

Leia mais...
Fatiando o que dá para fatiar

Continue lendo...

Vice-prefeito de Tubarão fala de obras

O vice-prefeito de Tubarão, Pepê Collaço (PP) participou no programa a Cidade na TV, da Unisul TV. Na oportunidade ele ressaltou as obras que estão em andamento e o futuro da administração

Continue lendo...

Ponta de um iceberg

O protesto de moradores de Capivari de Baixo pela demissão do médico Vicente Correa do posto de saúde do bairro Camila é só a ponta de um grande atrito no município. O movimento, liderado pelo vereador Arlei da Silva (PPS), seria mais em apoio ao secretário municipal Aurimar da Silva, irmão de Arlei, do que ao próprio médico. O desejo é de mais autonomia para o secretário, o que significaria também mais trabalho aos interesses do vereador.

O rompimento entre os Silva e o prefeito Luiz Carlos Brunel Alves só não ocorre por causa da necessidade de se manter a maioria na Câmara de Vereadores. Daí sobrou para Correa que já vinha fazendo críticas na comunidade à administração municipal e avisando que pode ser candidato a prefeito em 2012.

Continue lendo...

Licitação das Obras na Ponte de Cabeçudas

Processo de Licitação das Obras na Ponte de Cabeçudas deve sofrer mais alguns dias de atraso

Continue lendo...

Trabalho para a Secretaria de Trânsito

Algumas situações do trânsito de Tubarão preocupam moradores. Sobre os pontos de ônibus existem reclamações a respeito da localização. Para alguns, estão em locais inadequados (esquinas e semáforos) que prejudicam a circulação de outros veículos, como na esquina das ruas Altamiro Guimarães com Princesa Isabel. Sobre as lombadas, existem pedidos de mais atenção em áreas próximas de escolas. Na Avenida Pedro Zapellini, endereço de várias escolas, a queixa é que só existe redutor de velocidade em frente ao estádio. Secretaria municipal de trânsito também poderia verificar a situação da rótula na rua Pe. Geraldo Spetmann com a Rua Antônio Hulse. O arranjo até melhorou a travessia, mas o tamanho da rótula ficou desproporcional ao tamanho da via. Com um novo ponto comercial e uma das esquinas, aliado a todo o movimento da área, ficou ainda mais complicado.

Continue lendo...

Edinho na Comissão de Minas e Energia

O deputado federal Edinho Bez (PMDB) foi escolhido novamente para integrar, como membro titular, a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. Uma das prioridades do grupo será a discussão de um novo marco regulatório para o setor de mineração. O deputado disse que as discussões sobre o pré-sal também terão destaque. Os reservatórios brasileiros nessa camada estão a aproximadamente 7 mil metros de profundidade, em uma faixa que se estende por cerca de 800 Km entre o Espírito Santo e Santa Catarina.

Continue lendo...

Lombada que incomoda

Moradora de Jaguaruna reclama de lombada que fica na Avenida Duque de Caxias, logo após a entrada para o Camacho. Para ela a tal lombada está fora das medidas do Contran. Por e-mail, disse que já reclamou na prefeitura, em jornal e no rádio e até agora nada. Disse também que não é contra a lombada, só queria que ficasse nas medidas certas para diminuir o prejuízo nos veículos. Segundo ela, os donos de oficina da região são os únicos que estão contentes.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors