terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Liberação de empréstimos está próxima

Cerca de R$ 20 milhões referente a dois empréstimos solicitados pela prefeitura de Tubarão já tiveram a sinalização positiva das instituições financeiras. Agora falta cumprir alguns trâmites burocráticos para que o dinheiro seja liberado à Tubarão. Os recursos serão destinados para obras importantes no município

Continue lendo...

Tempo demais para resolver

A tragédia das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro choca todo o país e reforça a solidariedade do povo brasileiro. Mas aqui em Tubarão, traz lembranças de quase 40 anos. Mas fatos como esse também reforçam a necessidade de obras por aqui e que são esperadas há quase 30 anos.

Tem sido assim nos últimos 29 anos, dois meses e 29 dias. Que é o tempo que toda a população da bacia do rio Tubarão espera por novas obras de redragagem e que são muito importantes como forma de prevenção de novas cheias.

É muito tempo que se espera e muita chance para um novo desastre. E que infelizmente, a cada nova enchente ou enxurrada que ocorre em nosso país nos cabe lembrar e tocar novamente no assunto.

No ano passado, tomamos um susto bem grande. Em 2009 assistimos pela televisão as perdas e tragédias no norte de Santa Catarina, e agora novamente o drama no Rio de Janeiro. O fato é que dificilmente passamos seis meses sem ver alguma região do Brasil sofrer com enchentes. Lembranças suficientes para prevenir o problema, mas lá se vão quase três décadas de espera.

Acompanhando as notícias da região Serrana do Rio, surgiram muitos números. Além das já identificadas 700 vítimas, sem contar ainda as desaparecidas, ouvi falar em valores que o Ministérios das Cidades tinha em 2010 para obras de prevenção de enchentes. Mais de R$ 420 milhões.

Só que o mesmo ministério repassou somente 43% desse valor, ou seja nem R$ 200 milhões. O motivo alegado foi falha na elaboração ou falta de projetos dos municípios para utilizar os recursos.

E todo mundo já sabe que o resultado da soma de burocracia com incompetência não deve dar boa coisa. E pior ainda, 29 anos, dois meses e 29 dias de espera é tempo demais para resolver esta conta.

Continue lendo...

Extinção de SDRs

EA definição sobre os novos secretários de desenvolvimento regional ainda nem acabou e já se fala na extinção de algumas SDRs. A intenção do governador Raimundo Colombo (DEM) de reduzir o número das secretarias setoriais e regionais, porém, ficaria para o meio do atual mandato. Até lá a bolsa de apostas será muito movimentada. Tem gente que coloca todas as fichas na extinção da SDR de Laguna.

Continue lendo...

Colombo garante continuidade de obras

O governador Raimundo Colombo disse em entrevista à Rádio Bandeirantes 1090 Tabajara AM que as obras que estão com contratos assinados continuam sendo executadas na região. Colombo informou também que virá a Tubarão no mês de março para discutir com a sociedade as prioridades regionais.

Continue lendo...

Contas do PT de Laguna são desaprovadas

O PT de Laguna teve as contas relativas à movimentação financeira do exercício de 2009 desaprovadas pelo juiz da 20a Zona Eleitoral, Renato Müller Bratti. O magistrado decidiu ainda determinar a suspensão do repasse das cotas ao órgão municipal pelo período de 12 meses, aplicando a sanção prevista no artigo 37, parágrafo 3o, da Lei nº 9.096/1995. Da decisão, cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina.

A rejeição das contas aconteceu em virtude de o partido ter infringido as normas legais ao receber quantias de pessoas que detêm a condição de autoridade, vinculadas ao Executivo municipal, no qual exercem os cargos de secretários, assessores, diretores e presidente de fundação. Essas contribuições são vedadas pelo artigo 31, II, da Lei nº 9.096/1995, que proíbe auxílio pecuniário ou estimável em dinheiro de autoridades públicas ou órgãos públicos.

Leia mais...
PT de Laguna tem contas do exercício financeiro de 2009 rejeitadas

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors