terça-feira, 25 de outubro de 2011

Um debate sobre a segurança

Este 25 de outubro é o Dia da Democracia. E diante da queda dos regimes ditatoriais pelo mundo afora é sempre bom lembrar e celebrar que vivemos um regime democrático.

Mas o que é democracia senão o direito de todos os cidadãos de debater, participar e de decidir em processos políticos. A democracia não se limita à igualdade jurídica, mas à liberdade de expressão e à dignidade social. Lembro isso, porque hoje vou falar de um assunto que com certeza vai deixar algumas pessoas contrariadas com a minha opinião.

A Guarda Municipal de Tubarão trabalha armada desde o último sábado. Infelizmente é uma situação que eu lamento. Não sou contra o trabalho da Guarda, mas sou contra colocar mais armas nas ruas.

O prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) atendeu aos apelos dos Guardas e cerca de R$ 300 mil foram investidos este ano em equipamentos de segurança para o setor. A morte do guarda Marcelo Silva foi o grande argumento para que os equipamentos e principalmente as armas fossem adquiridas. Sou a favor de que os GMs tenham material de segurança como um colete a prova de bolas, mas sou contra colocar mais armas nas ruas.

Não entendo, por exemplo, que seja necessário estar armado para orientar o trânsito, uma das funções da Guarda Municipal. Não entendo também a ausência da Guarda quando ela é necessária. Ontem a Águas de Tubarão realizava um trabalho na Rua Expedicionário José Pedro Coelho, um dos principais acessos à Unisul. Já era final de tarde, a rua estava interrompida, o movimento só iria aumentar com a proximidade do início das aulas e não havia nenhum Guarda Municipal por perto para orientar o trânsito que estava sendo desviado.

É óbvio que não sei o que pensa a maioria da população, mas uma leitora do Jornal Notisul que manifestou críticas ao trabalho da Guarda, recebeu no mesmo espaço do jornal uma resposta feroz de um GM, recheada de ataques à profissão da leitora. Não é este tipo de equilíbrio que se espera de um profissional que desde o último sábado trabalha armado.

Mas os GMs de Tubarão formam um grupo articulado, instruído, que luta por seus direitos e com certeza sabem da grande responsabilidade que assumiram. Como agora já está tudo feito, comprado, liberado e sendo usado nas ruas, nos resta torcer para que o seu uso dessas armas nunca seja necessário.

18 comentários:

  1. Se nem Cristo agradou a todos não vai ser a Guarda Municipal que agradará...
    eu aprovo e já deveriam estar armados desde sua criação, pois a criminalidade aumenta muito e o estado não dá conta e nisto o municipio pode e deve colaborar ao meu ver,com aum Guarda bem treinada e equipada, pois experiencia de rua eles já tem.

    ResponderExcluir
  2. Pergunta para o teu cinegrafista quem ele acha mais perigoso. Um técnico de enfermagem ou um Guarda Municipal?

    ResponderExcluir
  3. http://macielbrognoli.wordpress.com/26 de outubro de 2011 11:18

    Rafael Matos, proponho a seus leitores (através de comentário) uma conclusão a respeito do que você julgou ser: “resposta feroz e recheada de ataques a profissão da leitora”.

    Leiam o que foi relatado pela Senhora Cíntia, e a minha resposta clara, objetiva e sem “panos quentes”. Isso é oportunizar o leitor a informação na íntegra, sem deixar margem para o subtendido com um texto de opinião a respeito do que realmente ocorreu.



    A responsabilidade é grande

    Tomara que tenham consciência da responsabilidade que estão colocando nas mãos dos guardas municipais. Lamentar depois dos fatos ocorridos não resolverá problema algum... Por que não investiram este dinheiro em educação? Saúde? Enfim, que Deus ilumine a cabeça destes profissionais para que não queiram virar super heróis, pois os demais personagens desta história toda são seres humanos e não têm vida de reserva. Cinthia Goulart - técnica de enfermagem - Tubarão.


    A responsabilidade é grande - resposta

    Nós, guardas municipais, temos plena consciência da responsabilidade em portar e eventualmente usar as armas de fogo. Para esclarecimento da senhora Cinthia Goulart, técnica de enfermagem (aqui, ontem), existem recursos destinados para investir em saúde, educação e segurança, separadamente. Estamos muito bem preparados no que se refere ao treinamento e não somos e nem pretendemos ser super heróis, como insinuou a senhora. Vivemos a realidade e não uma história em quadrinhos.

    Da mesma forma que desejou a nós, pedimos a Deus que ilumine a mente dos profissionais técnicos de enfermagem, visto que essa valorosa classe possui em mãos armas muito mais letais que as pistolas (.380) que os GMs irão portar. Para que não ocorra nenhuma tragédia, é preciso: atendimento humanizado nos postos de saúde e hospitais públicos, e a responsabilidade na aplicação dos medicamentos.

    Como bem disse a senhora Cinthia, lamentar depois dos fatos ocorridos não resolverá problema algum... Assim como foi o caso de mistanásia sofrida pela menina Stephania dos Santos Teixeira, 12 anos, na cidade de São Paulo, tendo vaselina líquida aplicada na veia no lugar de soro (caso semelhante com o menino Pedro Henrique Ayala em Tubarão, porém, ainda não resolvido na justiça), resultando em sua morte prematura. Esses personagens da vida real, dona Cinthia, eram seres humanos e não tinham vida reserva.
    Maciel Brognoli - guarda municipal - Tubarão.

    Atenciosamente
    Maciel Brognoli

    ResponderExcluir
  4. Não concordo com sua opinião referente a resposta do GM Maciel, não achei feroz, muito pelo contrário, achei que foi feita uma comparação entre as profissões! E, tenho a certeza de que a Guarda está sim preparada para usar armas, ou, será que vamos entrar na discussão de que essa ou aquela instituição tem bem mais preparo que a Guarda? Erros todos cometem, até instituições com anos de experiência. Concordo quando diz que tomara que realmente nenhum tiro tenha que ser disparado pelas armas da Guarda!

    Atenciosamente, Silva Souza Braum, auxiliar administrativa - Tubarão/SC

    ResponderExcluir
  5. Prezado Maciel,

    Obrigado pela resposta assinada. Mas confesso que não entendo qual é a relação de uma crítica vinda de uma técnica de enfermagem com uma resposta desequilibrada com acusações a esta profissão. Será que a família das vítimas têm o direito então de sair por aí com uma agulha? Será que a família de Evandro Benedet, que morreu nas mesmas circustâncias do GM Marcelo Silva, tem o direito de andar armada porque foi vítima de um críme bárbaro e cruel?

    Mas conforme eu sugeri no título desta postagem, o assunto precisa de debate. Volto a repetir, não sou contra a Guarda Municipal e muito menos contra os Guardas Municipais, que estudaram, foram aprovados em concurso e se prepararam para suas funções, mas sou contra colocar mais armas nas ruas. Sejam elas agulhas, brancas ou de fogo.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, fico intrigada do porque de tanta discussao referente ao porte de armas da Guarda Municipal, pois se hoje em dia os marginais estão a solta e armados até os dentes e ninguem questiona sobre o porte deles.
    Acho que a Guarda municipal armada é só mais um reforço para a nossa segurança.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, fico intrigada do porque de tanta discussao referente ao porte de armas da Guarda Municipal, pois se hoje em dia os marginais estão a solta e armados até os dentes e ninguem questiona sobre o porte deles.
    Acho que a Guarda municipal armada é só mais um reforço para a nossa segurança.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  8. OLA RAFAEL, VAMOS PENSAR UM POUCO. HOJE A NOSSA GUARDA MUNICIPAL DE NOSSA BELA CIDADE DE TUBARÃO ESTA ARMADA E SE CASO HOJE FOSSE A POLICIA MILITAR QUE DESSE INICIO A UM PROCESSO PARA TRABALHAR ARMADO. QUAL SERIA A SUA OPINIÃO OU A SUA CRITICA, POIS NO MEU PONTO DE VISTA VOCÊ NÃO GOSTA DE NENHUM DOS DOIS LADOS.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Rafael, venho aqui para expor minha opinião, achei muito inteligente a resposta do Maciel para a Sra Cintia, se nem ela se sentiu ofendida com a resposta, porque voce se sentiu! Ela também usou de bom senso quando fez sua réplica ao jornal Notisul. A questão do armamento da GM sou a favor, quando o senhor fala em para que usar arma se vai somente cuidar do transito, respondo, e voce como jornalista deveria saber, que aquele guarda que foi assassinado estava SÓ fazendo rondas pela cidade, quando 4 bandidos sentiram-se ameaçados em ver um guarda uniformizado na frente do veículo que eles estavam! Ana Maria Silva - Tubarão/SC

    ResponderExcluir
  10. Obrigado mais uma vez a todos que assinam os seus comentários. Estou em desvantagem no debate, mas pelo menos o assunto está sendo discutido.

    Sílvia, se os GMs ganharam o porte de armas é porque estão preparados. Na teoria, soldados, PMs e outros que tem o porte estão preparados. E realmente a questão não é essa, se este ou aquele está mais preparado. A questão é a necessidade de colocar mais armas nas ruas.

    Fernanda, é claro que os criminosos estão armados até os dentes, mas será que a nossa sociedade também terá de se armar até os dentes? Sou a favor do desarmamento, mas também sou a favor de uma sociedade melhor e com menos crimes.

    Ana Maria, o que aconteceu com o GM Marcelo Silva foi uma fatalidade. Igual a que aconteceu com o Evandro Benedet e que pode acontecer com qualquer um que anda pela rua, ou até mesmo dentro de casa (vide casos de balas perdidas).

    ResponderExcluir
  11. Prezado Rafael!

    você entendeu errado. Geralmente, quando fazemos uma leitura de um texto ou qualquer outra forma escrita, mentalmente concluímos como estava o espírito de quem escreveu. Diferente da conversa pessoal, onde podemos observar a entonação de voz e a forma como as palavras são colocadas.

    No primeiro parágrafo do debate, apenas respondi as indagações da Técnica de Enfermagem, sendo ela a protagonista do sarcasmo, fazendo um pré-julgamento, inclusive insinuando que a qualquer momento iremos tirar onda de super-heróis.

    No segundo parágrafo, mostrei a ela que erros acontecem em todas as profissões, é preciso ter sabedoria para entender isso sem generalizar, razão pela qual, estávamos sendo julgados por um POSSÍVEL erro. Porém, fui mais enfático com escrito para deixar bem claro a ela que aquele velho ditado popular serve como luva nesta situação: QUEM TEM TELHADO DE VIDRO, NÃO ATIRA PEDRA NA CASA DO VIZINHO.

    Rafael, quanto ao seu comentário em relação a família do Evandro Benedet, é preciso observar friamente cada caso. No caso do Evandro, ele foi alvejado por uma bala perdida (embora não exista bala perdida), os meliantes empreenderam fuga e desesperados atiraram a esmo, atingindo o referido cidadão.

    No caso do GM Marcelo Goulart, os bandidos miraram e dispararam três tiros contra o corpo do GM. Você sabe por que isso aconteceu, Rafael? Pelo simples fato de ele estar fardado transitando pelas ruas. Aos olhos dos bandidos, um cidadão de bermuda e camiseta é inofensivo, mas um Guarda Municipal fardado é visto como obstáculo precisando ser eliminado. O bandido não olha a cor da farda, ou faz distinção entre as instituições de segurança, analisando qual lhe representa maior perigo.

    Rafael, em nenhum momento fui desequilibrado em minhas respostas, apenas verdadeiro. Infelizmente, as pessoas não estão acostumadas a ouvir a verdade, apenas frases feitas que amenizam, porém, não trazem solução alguma.

    Atenciosamente
    Maciel Brognoli

    ResponderExcluir
  12. Maciel,

    O bom disso tudo é que existe a discordância e cada pode expressar a sua opinião.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Rafael Matos!
    Em resposta ao seu debate aqui posto, cada caso é um caso. Em relação a família de Evandro Benedet ou famílias de outras pessoas mortas por disparo de armas de fogo, não têm o porque em andar armadas, pois a maioria foi atingida por "bala perdida" um caso trágico; já o caso acontecido com o Guarda Municipal morto covardemente com três tiros a queima roupa, sendo que esses tiros, foram diretamente direcionado a ele, pois se trata de um agente pertecente a segurança pública, que em umas de suas atribuições é zelar pelas vidas das pessoas em sua região. Então porque eles não deveriam andar armados? Se é para sua própria segurança e segurança da população, porque quando um marginal ver o agente presente vai pensar duas vezes antes de praticar algum delito e certamente vai desistir de praticá-lo.

    ResponderExcluir
  14. Rafael, certamente esse é um assunto que traz e trará ainda muitos comentários a favor ou não do armamento da Guarda Municipal. É um assunto delicado. Claro, que o melhor seria que não houvesse a necessidade de portar uma arma, pois realmente, como você disse são mais armas na rua, mas colocamo-nos no lugar destes profissionais, o medo assola a todos, a nós que estamos sempre circulando a paisana (como se diz) e eles que estão fardados, e que levam muito mais "medo" aos marginais, e são alvo "fácil". Vejo que há uma preparação, para o uso de armas, e que apesar de terem uma postura mais séria e enérgica, os guardas não vão querer virar super heróis e nem resolver problemas que não os compete! Segurança pública é com a Polícia Militar e para mim isso não tem discussão. A Guarda Municipal é essencial para fiscalização do transito, já que no Art. 144 da CF, diz que ela deve atuar na proteção de bens e serviços do municipio e transito é serviço do municipio, e como diz o CTB, o municipio nomeia agentes de transito para atuar, e os agentes são os Guardas.
    E aproveitando o gancho, se cada motorista conseguisse respeitar as leis de transito e a sinalização, não estaria esse caos. Era isso, minha singela colaboração! Joana Krigger - Micro empresária de Tubarão.

    ResponderExcluir
  15. Não consigo entender a implicancia com relação a Guarda Municipal. Os mesmos são criticados por tudo que fazem, se não estão onipresentes em todos os pontos da cidade de tubarão são omissos, se não aplicam multas para os outros que cometem infração são criticados.Sim para os outros porque aí da guarda municpal, se aplicar uma multa para mim, ou para um parente ou amigo meu.Ai vem, mais foi só um minutinho, eu só ia entregar um papelzinho, fui rapidinho no hospital, foi só desta vez, eu nunca fiz isso antes, eu tenho a carteira a tempo e nunca levei multa na minha vida.
    A verdadeira pergunta que se deve fazer é se a população de Tubarão quer ser ficalizada?pois seria simples se as pessoas não cometecem infração de transito, agindo sempre como pessoas civilizadas, pensando na coletividade e não só no seu nariz e interesses particulares, não precizariamos da criação da guarda Municipal. Se as pessoas não comprassem e consumissem drogras, nãom teríamos traficantes, não teriamos assaltos para alimentar estes vistos e assim por diante. etc..
    Mas é mais fácil criticar a guarda quando eles aplicam uma multa. Que tal mudarmos o discurso e cada vez que o guarda aplicasse um multa, nós agradececemos os mesmos por nos fazer lembrar que vivemos em uma sociedade com direitos e deveres, que eu não preciso que alguém me reprienda por fazer alguma coisa errada, pois sou uma pessoa ética e não paro o meu veiculo em local proibido, em fila dupla ou em cima da faixa de pedestre para deixar o "meu filho" na porta do colégio.

    Luciano. Academico de Direito

    ResponderExcluir
  16. boa tarde sr.Rafael Matos,eu fico preocupado com qualquer individuo que tenha uma arma,é claro,ainda mais quando vi um policial militar fazendo streap-tease e querendo entregar sua arma nas mãos de adolescentes em Joinvile...me preocupo..mas não generalizo as pessoas...afinal nem todos profissionais são iguais, a lei permite que esse profissionais andem armados,prefiro infinitamente que esteja nas mãos deles que na de bandidos.Enquanto não ver nenhum deles fazendo streap-tease fardados vou confiar...J.Ferreira.

    ResponderExcluir
  17. boa tarde sr.Rafael Matos,eu fico preocupado com qualquer individuo que tenha uma arma,é claro,ainda mais quando vi um policial militar fazendo streap-tease e querendo entregar sua arma nas mãos de adolescentes em Joinvile...me preocupo..mas não generalizo as pessoas...afinal nem todos profissionais são iguais, a lei permite que esse profissionais andem armados,prefiro infinitamente que esteja nas mãos deles que na de bandidos.Enquanto não ver nenhum deles fazendo streap-tease fardados vou confiar...J.Ferreira.

    ResponderExcluir
  18. Como mencionou um anonimo, se a criação da guarda municipal era somente para cuidar do patrimonio publico e do transito. Porque armar?
    E tambem sera que eles terão acompanhamento psicologoco, para isso?

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos e importantes para que se preserve uma das características essenciais da ferramenta blog: seu caráter colaborativo. No entanto, é fundamental garantir que esse ambiente mantenha seu propósito e conserve os objetivos de acordo com os quais foi idealizado.
Pensando nisso, adotamos a seguinte política de moderação:

• o envio de comentários não implica automaticamente na sua publicação;
• os comentários devem estar sempre relacionados aos temas tratados nos posts e podem, ou não, ser publicados no blog;
• ao enviar qualquer comentário, o usuário se declara autor legítimo do material, responsabilizando-se e isentando o autor do blog de qualquer reclamação ou demanda e autoriza sua reprodução gratuita e definitiva;
• os comentários não poderão conter manifestação de qualquer forma de preconceito; linguagem grosseira e obscena; agressão, injúria, difamação ou calúnia a pessoas e instituições; propaganda político-partidária ou que faça menção a empresas e marcas.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores