quinta-feira, 29 de julho de 2010

Bancada alinhada

O enfrentamento entre o prefeito de Tubarão Manoel Bertoncini (PSDB) serviu para reagrupar os vereadores do PMDB. Caio Tokarski, que quando assumiu a vaga na câmara disse que teria uma atuação independente, agora agiu alinhado com os outros três peemedebistas Evandro Almeida, Ivo Stapazzol e Jarrão.

- Nos aproximamos porque houve mudança na atuação - fala Tokarski.

Será que a bancada pode desalinhar mais a frente? A eleição na mesa diretora da câmara é um exemplo de onde podem surgir divergências.

Continue lendo...

Ausência de peemedebistas foi forma de protesto

Entrevista coletiva dos vereadores do PMDB esta tarde confirmou o que já se esperava. Ficaram ausentes da sessão extraordinária para protestar contra o chá de cadeira que levaram na terça-feira. Também havia a intenção de não dar quórum na sessão, mas aí não contavam que o vereador João Fernandes (PSDB) que disse que ia viajar, deixasse a viagem para depois. Os vereadores peemedebistas também negaram qualquer contato com Fernandes para pedir que ele também boicotasse a sessão.

Continue lendo...

Professora de Imbituba assume vaga no Senado

Professora Selma Westphal (PMDB), de Imbituba, assumirá uma cadeira no Senado no próximo dia 5 de agosto. Ela assume na vaga de Neuto de Conto (PMDB) que se licenciará. Anúncio da mudança foi feito pelo governador Leonel Pavan (PSDB), pelo Twitter.

Selma foi a segunda suplente na chapa que elegeu Pavan senador em 2002. Já foi secretária-adjunta da Secretaria Estadual de Infra-estrutara e atuava na Fundação Nova Vida.

Continue lendo...

Câmara aprova projetos que autorizam financiamentos

Depois das dúvidas que impediram a votação de projetos para captação de recursos pela prefeitura de Tubarão, na sessão extraordinária da Câmara de Vereadores na semana passada, o assunto voltou à pauta. Agora o governo municipal já pode buscar recursos para construção do novo centro administrativo e outros investimentos, mas o assunto dividiu o legislativo tubaronense

Continue lendo...

Explicar nunca é demais

Todo professor incentiva os alunos a sempre perguntar quando se tem uma dúvida. Pois o que ocorreu na Câmara de Tubarão nos últimos dias foi o oposto ao que se ensina nas escolas. Os vereadores tinham muitas dúvidas sobre os projetos colocados em votação, mas não houve paciência, ou vontade, para se explicar todas elas.

A destinação dos recursos que serão obtidos por meio de empréstimos não estava sendo totalmente questionada. Afinal de contas estão previstas obras de construção de ponte, passarela, reconstrução de ginásio, centro administrativo e modernização da estrutura pública. Mas qual é o problema de explicar bem isso?

Os projetos foram aprovados, é verdade, mas as dúvidas continuaram. O vereador Deka May (PP) apresentou uma lista com vinte questionamentos, dele e dos vereadores Edson Firmino (PDT) e Dionísio Bressan (PP), e mesmo assim todos cederam e votaram a favor.

Os quatro vereadores do PMDB preferiam ficar ausentes da sessão. Se estivessem na sessão, poderiam também ter pontuado todas as questões.

Se tem dúvidas sobre um possível impacto que poderá ter o IPTU, por causa de um novo cadastro georeferenciado, por exemplo, poderiam ter dito isso na tribuna da Câmara.

A ausência foi uma tentativa de impedir quorum para a sessão e também uma resposta ao chá de cadeira que tomaram na terça-feira, quando esperaram em vão por explicações dos secretários. Mas os peemedebistas poderiam ter feito diferente, comparecido e registrado o voto contrario, se esse fosse o entendimento.

A falta de diálogo e de transparência só prejudica o cidadão. Projetos importantes são pouco discutidos ou então acrescidos de diversas emendas que muitas vezes acabam emperrando ainda mais a execução. Quando é que vamos superar isso?

Continue lendo...

Bancada do PMDB convoca coletiva

A bancada do PMDB na Câmara de Vereadores de Tubarão convocou uma entrevista coletiva para às 16 horas. Na pauta a ausência da sessão extraordinária nesta manhã e que terminou com a aprovação dos dois projetos em pauta.

Continue lendo...

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 29/6

Conforme o inciso II do parágrafo único do Art. 22 da Lei Orgânica Municipal, combinado com § 1° do art. 185 do Regimento Interno e atendendo ao requerido na sessão extraordinária do dia 21 de julho de 2010, os Vereadores da Câmara Municipal de Tubarão irão realizar sessão extraordinária no dia 29 de julho de 2010, às 9 horas, cujas matérias em pauta constituirão das proposições a seguir:

1. PROJETO DE LEI Nº 085/2010 (043/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o Poder Executivo a contratar financiamento junto a União, por meio da Caixa Econômica Federal, na qualidade de Agente Financeiro, a oferecer garantias e dá outras providências correlatas. Em uma única votação.

2. PROJETO DE LEI Nº 110/2010 (071/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo Municipal, que Autoriza o Poder Executivo a contratar financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES, através do Banco do Brasil S.A., na qualidade de Mandatário, a oferecer garantias e dá outras providências correlatas. Em uma única votação.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores