quinta-feira, 17 de junho de 2010

PMDB nacional anuncia intervenção em SC

A direção nacional do PMDB emitiu nota esta tarde anunciando que está intervindo no PMDB catarinense. A decisão foi tomada após a desistência de Eduardo Moreira em disputar o governo do estado e apoiar o candidato dos Democratas, Raimundo Colombo. Segundo o texto, esta decisão interfere na aliança nacional do PMDB com o PT. Eduardo Moreira tem oito dias para deixar a presidência do partido.

Leia o texto completo:
"A Comissão Executiva Nacional do PMDB retoma o processo de intervenção no Diretório de Santa Catarina iniciado na última terça-feira, 15 de junho. A reunião foi suspensa a pedido de deputados federais daquele estado, que solicitaram prazo de dois dias para tentar alteração do posicionamento do PMDB catarinense nas eleições deste ano. Não houve, entretanto, qualquer evolução do quadro político local.

É necessário frisar que a situação de Santa Catarina é, por completo, diferente de outros diretórios, como Mato Grosso do Sul, Pernambuco e São Paulo.

Isto porque após várias articulações com a Direção Nacional do PMDB, o então pré-candidato ao governo Eduardo Pinho Moreira insistiu em se reunir com o presidente do PT, José Eduardo Dutra, e a candidata do PT, Dilma Roussef, com quem assumiu compromisso eleitoral de apoio em Santa Catarina. Logo após, o candidato fez declarações públicas do acordo firmado.

O compromisso assumido pela Direção Nacional e pelo presidente do Diretório Estadual de Santa Catarina gerou atitudes do PT, em Estados onde havia empecilhos à coligação. Atitudes essas que criaram as condições para que a aliança nacional com o PMDB fosse realizada.

Diante de fatos de tal envergadura e de tanto comprometimento, a Executiva Nacional se vê obrigada a assegurar que, no processo político, palavras e compromissos assumidos sejam cumpridos integralmente."

Continue lendo...

PSDB liberado, mas nem tanto

Presidente interino do PSDB catarinense, prefeito de Imbituba José Roberto Martins, o Beto, atravessou o país para ouvir a direção nacional da sigla. Assessoria informa que ele esteve em Brasília e no Rio de Janeiro para conversar com o presidente Sérgio Guerra. Na bagagem trouxe a liberação para decidir a posição que os tucanos devem tomar em Santa Catarina, mas com a recomendação de que o candidato a presidente José Serra, deseja um palanque único.

Mas como fica esta posição com a intervenção do PMDB nacional no PMDB de Santa Catarina?

Continue lendo...

Municípios perdem recursos para a construção de ponte

O dinheiro do governo estadual que já estava destinado à construção da nova ponte de Congonhas foi perdido. A atual administração de Jaguaruna alega que o problema ainda é reflexo da má condução do processo na gestão anterior, que licitou a obra junto com outra ponte, a do Torneiro. A prefeitura vai tentar reverter a situação, mas nem o prefeito Inimar Felisbino Duarte está otimista



Leia mais...
Os convênios das pontes

Continue lendo...

Prefeito e vice de Jaguaruna são absolvidos pelo TRE

Prefeito de Jaguaruna, Inimar Felisbino (PMDB), e o vice, Lorisvaldo Felisbino (PT), o Loro, foram absolvidos no processo em que eram acusados de compra de votos na campanha eleitoral das eleições de 2008, por meio de concessão de tickets de gasolina. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral foi por seis votos a zero. A ação na época foi movida pela coligação "Para Jaguaruna continuar crescendo". O prefeito Inimar falou sobre a vitória na justiça para a Unisul TV



Leia mais...
Inimar é absolvido no TRE. PP vai recorrer

Continue lendo...

Plebiscito para garantir reformas

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou ontem (16/6) a proposta de plebiscito para consultar a população sobre a votação de uma reforma política pelo Congresso na próxima legislatura (2011-2014).

Seria a oportunidade de fazer esta reforma que é tão esperada e necessária. Seria uma forma de garantir esta reforma, porque se for esperar pela vontade dos políticos vai ficar difícil.

Segundo o projeto do deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE), esse plebiscito seria organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral e realizado no mesmo dia do 1º turno das eleições deste ano, em 3 de outubro. Ou seja, além de escolher presidente, governadores, senadores, e deputados, os eleitores também poderão dizer se querem ou não a reforma.

Bom, mas para que serviria esta reforma?

São diversos pontos. Mas são temas que sempre se fala que são necessários, mas não saem do lugar. Financiamento de campanha, fidelidade partidária, verticalização, sistema e modelo eleitoral, voto distrital, lista de candidatos, registro de partidos políticos, enfim, realmente são muitos assuntos importantes para discutir, mas que por um motivo ou outro, por um interesse ou outro nunca são.

Hoje temos coligações com as mais diversas formatações. Partidos coligados em nível federal são adversários dentro dos estados. Outros fazem parte de coligações, mas não lançam candidatos e parecem existir apenas para somar tempo na propaganda eleitoral no rádio e na TV. Enfim, chegamos num ponto em que é preciso mudar. O sistema precisa de correções e aperfeiçoamento.

A proposta ainda precisa ser aprovada em votação dos deputados, e nem sei se vai dar tempo de ser votada e realizada nesta eleições. Mas, inclusive a ideia de se utilizar as eleições bienais para se consultar a população sobre outros temas é muito boa, já que se investe mais de 500 milhões de reais a cada dois anos para preparar as eleições. Amarrar as outras reformas como a fiscal, da previdência, da educação, por exemplo, com a vontade popular, que nem sempre é respeitada pelos políticos que deveriam representar este desejo, é um caminho.

Continue lendo...

Um ano de desprezo

Hoje completa um ano que os ministros do STF decidiram pela não obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo. Uma decisão que desprezou, não uma profissão, mas o valor da educação. Tramita na Câmara, uma PEC para tentar reverter esta situação. Os deputados têm realizado audiências públicas para discutir o assunto, só que aqueles que são contrários à exigência do diploma não participam da discussão. Por que será?

Leia mais...
Com diploma ou não, jornalismo é profissão

Retrocesso para a sociedade
Vamos mudar?

Continue lendo...

Inimar é absolvido no TRE. PP vai recorrer

Mas a quarta-feira (16/6) também foi de comemoração para o prefeito de Jaguaruna Inimar Felisbino (PMDB). O TRE negou a denúncia de abuso de poder econômico nas eleições de 2008. A coligação Por Uma Jaguaruna Melhor (PMDB/PT/PPS), que teve Inimar como candidato a prefeito e Lorisval Felisbino (PT), o Loro, como candidato a vice, respondia a investigação por distribuição ilícita de combustível.

O Partido Progressista (PP), integrante da coligação Para Jaguaruna Continuar Crescendo (PP/DEM/PSDB/PTB/PRB/PSC), que fez a denúncia vai recorrer da decisão.

Continue lendo...

Os convênios das pontes

Sessão da Câmara de Vereadores de Jaguaruna de ontem (16/6) foi marcada pelas críticas da oposição ao prefeito Inimar Felisbino (PMDB) pela perda do convênio para a realização das obras das pontes do Torneiro e Congonhas. O prefeito argumenta que a culpa foi da administração anterior, e os opositores dizem que faltou habilidade para resolver o problema.

O projeto das pontes foi realizado na administração do ex-prefeito Marcos Tibúrcio (PP). A empresa que fez as sondagens orçou a obra abaixo do necessário. Para que ela fosse concluída a empreiteira que fazia os trabalhos pediu uma suplementação ao município, o que não aconteceu. Com isso, o convênio entre o Governo do Estado, e prefeituras de Jaguaruna e Tubarão foi perdido e os recursos também. Na verdade perderam todos os moradores que precisavam da obra.

Continue lendo...

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 17/6

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta quinta-feira, 17 de junho de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão está previsto a deliberação das seguintes matérias:

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 59/2010, de autoria do Ver. Edson José Firmino, que autoriza a implantação de internet gratuita à população tubaronense. Este projeto em sua Redação Final

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 17/2010, de autoria do Ver. Geraldo Pereira, que autoriza o Poder Executivo Municipal instituir a identificação nos veículos oficiais e a Serviço da Administração Pública Municipal direta ou indireta. Este projeto em sua segunda votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 44/2010, de autoria do Ver. Evandro Souza de Almeida, que Cria o Diploma Aluno nota Dez e dá outras providencias. Este projeto em sua primeira votação.

Continue lendo...

Ultimato 12 - por Nunes

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors