terça-feira, 25 de maio de 2010

Apoio de Pedras Grandes

O tempo perdido pela coordenação da pré-candidatura de Alexandre Moraes (PMDB) para explicar o mal entendido causado por comunicados e desmentidos sobre o apoio do vereador Evandro Almeida acabou ofuscando uma das conquistas obtidas até agora: o apoio do diretório do PMDB de Pedras Grandes.

O presidente José Luciano confirma que o diretório havia sido procurado por outros pré-candidatos e até conversado com Evandro Almeida, antes das prévias do PMDB tubaronense.

– Mas avalizamos nosso apoio ao Alexandre Moraes por entender que ele é da região e a indicação dele merece o nosso apoio – diz Luciano.

Enquanto isso, o pré-candidato e a equipe de coordenação continuam visitando lideranças em busca de mais apoios e também trabalham para melhorar a comunicação, pois como já dizia o Velho Guerreiro Chacrinha, "quem não comunica, se trumbica“!

Leia mais...
Almeida na coordenação da pré-campanha de Moraes

Continue lendo...

PSDC forma comissão provisória em Tubarão

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC) formou a Comissão Provisória da sigla em Tubarão. O presidente é José Márcio Correa, que nos próximos dias pretende realizar um encontro ampliado para oficializar a reativação da sigla que estava dissolvida desde o final de 2008.

O PSDC tem um pré-candidato a presidente, José Maria Eymael, que segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada na semana passada, aparece em quarto lugar com 1,1% das intenções de votos. Ele já foi candidato a presidente em 1998 e 2006, com 171.831 (9º) e 63.294 (6º) votos respectivamente.

No mês passado o pré-candidato a deputado estadual pelo PSC, Douglas Antunes, havia anunciado o apoio do PSDC de Tubarão, mas a informação foi desautorizada pelo presidente estadual do PSDC Antônio Carlos Costa.

Leia mais...
Presidente do PSDC de SC desautoriza apoio ao PSC

Continue lendo...

Flávio Alves tira licença da presidência do PPS

O presidente do PPS de Tubarão Flávio Alves tirou licença de 60 dias do cargo para se dedicar a outras atividades do partido. Neste período assume o vice-presidente Lenoir Ferreira.

Alves, que é secretário de Governo da prefeitura de Tubarão, explica que nestes dois meses pretende intensificar a atuação regional do partido além de participar das reuniões da direção estadual.

Nesta segunda-feira (24/5), a comissão formada para tratar de coligações em SC teve encontros com o PP e com o PMDB. Flávio Alves confirma que qualquer tipo de coligação em Santa Catarina está condicionada ao apoio a pré-candidatura a presidente de José Serra.

Continue lendo...

Produsul muda programação

Os organizadores da Produsul 2010 divulgaram hoje mudanças na programação de shows do evento. Saem Fernando e Sorocaba e entram show de pagode e rap. A opção por shows somente no estilo Sertanejo Universiatário era uma das maiores críticas do público. Não sei se as mudanças satisfazem, mas confira como ficou:

No dia 16 de junho, João Bosco e Vinícius, dia 17, Grupo Revelação, dia 18, Marcelo D2, dia 19, Alexandre Pires e dia 20, Jorge e Mateus.

Continue lendo...

Uma espera de mais de 27 anos

As medidas para prevenir novas enchentes na região são esperadas há muito tempo pela população. Mas este assunto não pode ser lembrado apenas quando temos fortes chuvas ou risco de transbordamento. Este é um assunto para ser lembrando diariamente, até que se tenha uma solução.

Mesmo após a enchente de 1974 passaram-se quatro anos até que alguma obra fosse iniciada. Entre 1978 e 1982 foi realizado o Projeto de Controle de Cheias do Vale do Rio Tubarão que previa obras de dragagem, retificação do leito do rio, que tinha muitas curvas, canalização e endicamento. Somente a construção dos diques não foi realizada e depois o tempo comprovou que eles não seriam eficientes na contenção de cheias.

Existe um monumento, em frente ao antigo Besc, que além de registrar a altura que chegou o rio em 74, marca o final dos trabalhos feitos pelo Departamento Nacional de Obras e Saneamento, no governo do ex-presidente João Batista Figueiredo. O monumento é do dia 19 de outubro de 1982, o que significa que há 27 anos, sete meses e seis dias esperamos por novas obras de dragagem no rio Tubarão.

É muito mais que uma vida. E quanto tempo ainda vamos ter que esperar?

O assunto não pode só ser lembrado quando chove forte ou quando é realizado o Seminário anual, que também só foi instutuido por causa de uma lei proposta pelo ex-vereador Maurício da Silva. Se não fosse isso, talvez ficaria só na memória de quem sofreu nos anos 70.

A última batimetria no Rio Tubarão indica que ele está 42% assoreado. Em alguns pontos a profundidade é inferior a um metro.
O poder público precisa fazer a sua parte e garantir logo obras de prevenção.

Enquanto isso a população deve fazer a sua. Numa visita à orla de Laguna, após as chuvas, é possível ver muito lixo, brinquedos, pneus, peças de banheiros, plástico. Aí não é culpa do governo. É culpa de todos nós. Tudo foi carregado pela água da chuva. Foi despejado por 250 mil pessoas que vivem ao longo da Bacia do Rio Tubarão.

Então para que se evite uma nova tragédia é preciso compromisso de todos. Para cobrar pelas obras necessárias e contribuir com a preservação da natureza.

Continue lendo...

Quem entende?

Vai entender os gestores públicos. Enquanto uma comunidade espera com ansiedade a inauguração do novo presídio para desativar o velho que fica numa região com grande população se opta pela instalação de uma Casa de Semiliberdade no Centro de Tubarão.

Tudo bem que os adolescentes que serão abrigados lá não oferecem tanto perigo como um presídio e merecem um lugar para serem recuperados. Mas será que uma mansão, no meio da cidade, é o melhor lugar para isso? Não dá para entender.

Continue lendo...

Ultimato 5 - por Nunes

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors