terça-feira, 27 de abril de 2010

Pré-candidato do PV vem ao Sul do Estado

A agenda do pré-candidato do PV ao governo do Estado, vereador de Joaçaba Fabiano Piovesan, prevê passagem pela região nos próximos dias. Na quinta-feira passará por Garopaba, Tubarão e Araranguá. Na sexta-feira os compromissos serão em Criciúma e Içara e no sábado em Arroio do Silva.

Na agenda, não há nada programado para Capivari de Baixo, onde no domingo um evento marcará o reinício das atividades do partido na cidade. Encontro deverá ter a presença do presidente estadual Mauro Beal que oficializará a comissão provisória liderada por Arleis Ribeiro. Local e horários serão confirmados nos próximos dias.

Vereadores pedem informações sobre ex-chefe de gabinete

Os vereadores de oposição de Imaruí estão fazendo marcação cerrada na administração do prefeito Amarildo Souza (DEM). Na sessão de ontem (26/4) Elina Roussenq e Vanderlei Cunha, o Vando, voltaram a cobrar o afastamento do chefe de gabinete Walter Pacheco Filho (PP), que é aposentado por invalidez e não poderia prestar serviços públicos.

No requerimento apresentado eles cobram informações sobre a atuação de Pacheco, que teria sido visto no feriado de 21 de abril "abrindo as portas da prefeitura às 11 horas“.

Pacheco, que também é o presidente do Partido Progressista de Imaruí, disse que exercícia o cargo de Chefia de Gabinete de forma voluntária e que está afastado desde o dia 1º de abril, devido a cobrança do Ministério Público Estadual. Ele também falou que esteve no prédio da prefeitura no feriado, mas que não estava sozinho e que não tinha as chaves do prédio.

– Eu fui cobrado pela promotora e me afastei do cargo, pois não quero prejudicar a administração do prefeito. Eu estava lá de forma voluntária, pois sou presidente de um dos partidos que integra a coligação e por isso queria ajudar da forma que era possível. Eu não recebia salários para trabalhar porque já sou aposentado – explica.

Coligações discutem minutos e esquecem de projetos

O cenário que vem se desenhando para as eleições e as pesquisas divulgadas até agora mostram duas situações diferentes. Em nível nacional apesar de já termos dez pré-candidatos tudo indica que somente dois terão reais chances de vitória, provavelmente num segundo turno, mas é pouco provável que não sejam Dilma e Serra os escolhidos.

É o que está sendo chamado de eleição plesbicitária. Com um candidato do governo e outro de oposição. Nada diferente do que foi nos últimos quatro pleitos.

Já em Santa Catarina, onde já temos pelo menos sete pré-candidatos, cinco aparecem com chance de ir para o segundo turno. Uma disputa acirrada e que desperta no eleitor um olhar mais aberto para as opções que são propostas.

Mas será que este funil democrático onde dois, ou no máximo cinco têm chances de vitórias, representa o cenário político nacional. No Brasil temos 27 partidos políticos registrados e na minha lógica o correto seria termos sempre 27 candidatos.

Mas é claro que não é isso o que acontece e o que vemos é uma busca incessante por coligações, nem sempre por motivos ideológicos e quase sempre em busca de tempo no horário eleitoral. Já tem pré-candidato, por exemplo, que conseguiu dobrar o tempo que terá na televisão com os apoios obtidos até agora.

Com eleições a cada dois anos, pouco se discute de projetos políticos, de governo, de desenvolvimento. Se fala apenas de coligações.

Seja quem for o vencedor em outubro, é muito importante colocar na pauta a tão esperada reforma política. Chega de disputar minutos e segundos na televisão. É hora de colocar em prática propostas mais concretas de crescimento e desenvolvimento.

Qualificação profissional em discussão

Secretaria de Indústria e Comércio de Tubarão realiza hoje um workshop sobre qualificação da mão de obra profissional. Participam do trabalho as 20 maiores empresas da indústria da cidade. O evento motivado pelo secretario Estener Soratto Jr. (PDT) será às 14 horas, no auditório da Vipel.

Leia mais...
O que falta para qualificar?

Horário do comércio: quem tem razão?

Artigo enviado pelo empresário Luciano Hang, da Havan, questiona a falta de liberdade que existe para a definição dos horários do comércio. Ele usa o exemplo do feriado de 1º de maio, que cai no próximo sábado, para falar do problema e aponta que a legislação ultrapassada do setor impede uma evolução nesta área.

No caso do 1º de maio, num sábado, escreve Hang “dia em que a grande maioria dos consumidores desse país costuma se programar para fazer suas compras em família. Em quase todas as cidades catarinenses os consumidores encontrarão as portas fechadas. Supermercados, lojas, shoppings e o comércio em geral estão impedidos de abrir e atender ao consumidor, em cumprimento a uma legislação ultrapassada, que em pleno século 21 continua se valendo de princípios e valores que há décadas deixaram de ser relevantes para a sociedade.”

Em tempos que o assunto Dia D, horário de comércio, e direitos trabalhistas estão sendo discutidos, ler o artigo de Hang é conhecer mais um ponto de vista.

Particularmente, tenho algumas pergutnas. Será que não se está discutindo o ponto errado? Ao invés de se falar em horários, não se deveria falar em honorários? Se existe descumprimento dos direitos trabalhistas, por que a Justiça do Trabalho não faz nada? O problema está no horário ou nos salários?

Leia o artigo na íntegra:
A liberdade de conduzir nosso próprio negócio

Berlanda investe R$ 2 milhões em loja de Tubarão

A rede Berlanda abriu a 123ª loja esta manhã em Tubarão. Foram investidos R$ 2 milhões de reais no empreendimento que vai gerar 15 empregos diretos. Em todo o estado a rede emprega 1.600 pessoas e o faturamento previsto para 2010 é de R$ 300 milhões de reais.

Até o final do ano a rede deve abrir mais 20 lojas na região Sul. Já estão alugadas salas nas cidades de Orleans, Meleiro, Içara e Criciúma. A empresa vai completar 20 anos em 2011 e a meta é chegar em 2015 com estabelecimentos em todas as cidades catarinenses. Atualmente a Berlanda já é a rede catarinense com o maior número de lojas no Estado. No Rio grande do Sul tem 8 lojas. Em número total perde para a Salfer que também tem lojas no Paraná.

Segundo o presidente da empresa, Nilso Berlanda, a rede só não abriu antes em Tubarão por falta de um ponto adequado para receber o investimento.

– A concorrência no setor é forte em Tubarão, mas é uma das cidades pólo do Sul e queríamos nos estabelecer aqui há um bom tempo – diz Berlanda.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores