quinta-feira, 8 de abril de 2010

O preferido já tem compromisso

Circula nos bastidores uma pesquisa (não registrada) de que se os vereadores de Tubarão fossem candidatos, o mais votado seria Geraldo Pereira (PMDB), o Jarrão. Em tempos em que os peemedebistas procuram por um substituto do deputado estadual Genésio Goulart, a consulta poderia ser uma fonte de referência.

O detalhe é que Jarrão quer ficar longe desta disputa. Ele promete não atrapalhar a campanha daquele que for indicado pelo partido, mas para a assembleia legislativa já tem compromisso com a campanha de reeleição de Edison Andrino. Para federal, o apoio será para Edson Bez, o Edinho.

Dura promete valorizar quadro de funcionários da SDR

Com a indicação de Haroldo Silva (PSDB), o Dura, para a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Tubarão, surgem especulações de que haveria troca geral de cargos na SDR. O novo secretário já disse que pretende valorizar o quadro atual de funcionários e deverá, no máximo, fazer três indicações. Motorista e assessoria de imprensa estariam entre elas.

Milo de olho no apoio do PCdoB

A possibilidade de apoio do PCdoB catarinense a pré-candidatura de Ideli Salvati (PT) ao governo, seguindo o apoio nacional, interessa também ao pré-candidato a deputado federal Ademir Mota da Silva (PT), o Milo.

Existe a possibilidade do PCdoB não lançar candidatos para a Câmara Federal e com isso alguns setores já sinalizaram com apoio ao petista de Gravatal.

Oportunidade para Imbituba

A informações de que o Estaleiro OSX, do empresário Eike Batista, pode vir para Imbituba deixam a região motivada com o empreendimento. Inicialmente ele estaria previsto para o município de Biguaçu, mas a área escolhida é de preservação ambiental.

Em Imbituba, o projeto pode vingar pois seria instalado em área portuária o que seria mais recomendável. Além disso o Porto de Imbituba tem inovado com políticas de respeito à natureza. Por exemplo, com presença de baleias na área os navios aguardam em alto mar.

O ambientalista da Ong Montanha Viva, Jorge Albuquerque, informa que medidas legais para a instalação do estaleiro terão que ser cumpridas, mas que o local tem vocação para a atividade.

Agora, as lideranças locais buscam mobilização e articulação para atrair o investimento.

Leia mais...
Imbituba quer o projeto

PR de Imaruí discute divergências internas

O vice-prefeito de Imaruí e presidente do PR local, Edisson Rodrigues, convocou reunião da Comissão Provisória para discutir as divergências entre o partido e o vereador Gilson Rosa.

Rodrigues cobra da direção estadual do partido um posicionamento. Ele alega que o PR está fora da administração municipal e que perdeu a participação por conta de acordo feito entre o vereador e o prefeito Amarildo Souza (DEM). Atualmente o vice-prefeito não tem gabinete na prefeitura e nenhuma secretaria.

Somente após o posicionamento da direção estadual, os republicanos vão decidir pelo comportamento nas eleições de 2010. Se forem respaldados trabalharão pelos candidatos da sigla. Se a opção da direção estadual favorecer o vereador Gilson Rosa, ameaçam dissolver o partido na cidade.

É preciso falar mais da Fosfateira de Anitápolis

Estudantes dos cursos de História, Geografia e Ciências Biológicas organizaram ontem (7/4) na Unisul um painel sobre a instalação da Fosfateira de Anitápolis. O objetivo foi despertar a atenção para o assunto que será discutido numa audiência pública na próxima semana em Laguna.

O assunto ainda gera muitas dúvidas e pelo que se percebe o grande público ainda está desinformado.

Primeiro é uma pena que os responsáveis pelas empresas que projetam a instalação da fosfateira em Anitápolis não participam destas discussões com a população. Desta forma se acompanha a opinião apenas daqueles que são contrários ao projeto do jeito que ele foi apresentado até agora.

E ouvindo estas pessoas, de técnicos, engenheiros e ambientalistas tem-se a percepção de que é inaceitável permitir que projeto de tamanho impacto seja implantado.

É preciso saber que o projeto não está parado. As transnacionais Bunge e Yara venderam o projeto para a empresa Vale. A estratégia é não falar muito e fazer o projeto caminhar sem que ninguém perceba, sem muito barulho.

Mas os alertas estão sendo feitos.

São mais de 1700 hectares de área envolvida. Diversos municípios e ecossistemas podem ser atingidos. Diversas espécies animais ameaçadas de extinção foram ignoradas o Estudo de Impacto Ambiental.

Os estudos feitos por Ongs e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão indicam que foram utilizados dados climáticos que não condizem com a realidade da região. O verdadeiro impacto, pelo que parece, foi omitido.

Dizer que o projeto vai render investimentos e vagas de emprego é muito vago e fácil de justificar. Mas por que a nossa região não valoriza e investe em outras atividades que não sejam poluentes e que possam dar mais qualidade de vida para todos?

No passado, nossa região também se iludiu com promessas de crescimento econômico e geração de empregos vinda da exploração do carvão. O que sobrou em nossas cidades além de poluição, desemprego, problemas de saúde e crescimento desordenado?

É preciso falar mais deste projeto e conquistar mais forças para brigar por melhores condições de vida, destas e das gerações futuras. Para isso é preciso a mobilização de todos.

Com Dura garantido na SDR, Toni Bittencourt assume segurança e trânsito

Quer prova maior de que o prefeito de Tubarão Manoel Bertoncini (PSDB) tinha um lugar reservado na administração municipal para o suplente de vereador Haroldo Silva (PSDB), o Dura? Foi só ele ser confirmado como novo secretário de desenvolvimento regional de Tubarão que o prefeito já tratou de nomear o presidente do PSDB de Tubarão Antônio Bittencourt, o Toni, para a secretaria de Segurança e Trânsito.

O secretário-adjunto Adolfo Pinter exerceu o cargo interinamente após da saída de João Batista de Andrade, o Sargento Batista, que voltou à Câmara de Vereadores. A efetivação dele chegou a ser cogitada, mas não se confirmou.

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 8/4

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta quinta-feira, 8 de abril de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão serão deliberadas as seguintes matérias:

1. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N° 014/2010, de autoria da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, que dispõe sobre a deliberação do Veto Parcial aposto pelo Poder Executivo Municipal ao Autógrafo de Lei Ordinária nº 031/2009. Este Projeto em uma única votação

2. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N° 015/2010, de autoria da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, que dispõe sobre a deliberação do Veto Total aposto pelo Poder Executivo Municipal ao Autógrafo de Lei Ordinária nº 063/2009. Este Projeto em uma única votação

3. PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 213/2009, de autoria de Todos os Vereadores, que dispõe sobre a implementação de programa para coibir a prática de “bullying” na rede municipal de ensino. Este projeto em sua Redação Final.

4. PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 014/2010, de autoria do Ver. Jefferson Medeiros Brunato, que institui no âmbito do Município de Tubarão a política municipal de voluntariado e exercício de cidadania e dá outras providências. Este projeto em sua segunda votação.

5. PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 198/2009, de autoria do Ver. Dionísio Bressan Lemos, que disciplina a construção de pontes sobre o Rio Morto, determina a regularização das pontes existentes e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação.

6. PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 041/2010 (023/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, no valor de R$ 432.000,00 (quatrocentos e trinta e dois mil reais), através da Secretaria Municipal de Educação. Este projeto em sua primeira votação.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores