domingo, 28 de março de 2010

Tiscoski confirma que não será candidato

O secretário nacional de Saneamento Ambiental, Leodegar Tiscoski (PP), confirmou no fim de semana o que já se especulava desde o início de março: não será candidato a deputado federal nas eleições de 2010.

A decisão foi apresentada em Içara, em uma reunião com lideranças do Sul do Estado e com a presença dos pré-candidatos a deputado estadual do Partido Progressita pelo sul, Joares Ponticelli, Walmir Comin e José Milton Scheffer. Na ocasião, Tiscoski apresentou a carta enviada a ele pelo presidente nacional do PP, senador Franscisco Dorneles (RJ), pedindo que se mantivesse no cargo de secretário executivo no Ministério das Cidades.

Com a desistência de Tiscoski, dois grandes partidos, PP e PMDB, tem duas vagas para preencher na região. A vereador de Tubarão, André May, o Deka, pode ser a opção dos progressistas da Amurel.

Já o PMDB, a partir da definição do pré-candidato ao governo do Estado, agora vai buscar um nome que esteja afinado com a ala de Eduardo Moreira, o vencedor das prévias.

Tempo para fazer campanha não será problema. Vale lembrar que em 2000, Genésio Goulart fez uma campanha de 56 dias e elegeu-se deputado estadual. Agora ainda faltam seis meses para as eleições.

Leia mais...
Eduardo Moreira vence prévia do PMDB com 58% dos votos
Um nome novo, ou nem tanto

Candidatura de Tiscoski ainda é questionada

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors