terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Carnaval com enredo repetido

Mais um carnaval se aproxima e mais uma vez existem dificuldades para que a festa popular se realize em Tubarão.

Tem algum jeito para que este enredo não se repita.

Todo ano é a mesma coisa. A Liga das Escolas, a Liest, quer fazer o carnaval, falta dinheiro, o governo promete os recursos, atrasa o repasse, avisa que vai ter que cortar e é o enredo de sempre, um samba repetido.

Só que todo mundo tem a sua parcela nesta falta de criatividade para fazer o samba do carnaval de Tubarão.

Acompanhe a reportagem exibida na Unisul TV, logo depois do carnaval de 2009.



Prestaram atenção no que foi dito? O dinheiro chegou três dias antes da festa. E a mesma história se repetiu em 2008, ou seja, em 2010 é o terceiro ano seguido, pelo menos, que a Liest fica nesta angustia se vai ter ou não os recursos prometidos. Será que não aprenderam a encontrar uma alternativa?

A Casa do Samba seria uma delas, mas além desta reportagem exibida em fevereiro, alguém mais ouviu falar dela até o final do ano passado? Eu não acredito que pagaram aluguel do imóvel durante todo o ano e o deixaram fechado, sem uso, e sem render dividendos para a Liga.

Do jeito que segue, o enredo do carnaval de Tubarão está mais para filme dramático do que para a alegria do samba.

Continue lendo...

Pauta da Assembleia Legislativa, 2 de fevereiro

1 – Sessão especial de instalação do ano legislativo - Leitura da Mensagem Anual do Governador
Local: Plenário
Horário: 15 horas

2 – Comissão de Segurança Pública – Audiência pública "Propor soluções para a transferência do canil e cavalaria da PM e construção de um Presídio Regional em Potecas"
Local: Capela Senhor Bom Jesus - São José
Horário: 20 horas

Continue lendo...

PV sem comando em Tubarão

O presidente da comissão provisória do PV de Tubarão, Édson Alvim da Silva, decidiu deixar o partido. A posição foi comunicada no fim de semana ao coordenador regional do PV e presidente da Comissão Provisória de Criciúma, Seiji Fujita.

A decisão de Alvim vinha sendo amadurecida desde o ano passado devido ao descontentamento sobre o relacionamento com a direção estadual da sigla. Esta semana ele dever dar os encaminhamentos para oficializar a desfiliação.

Alvim disse que deverá se filiar a algum partido após as eleições de outubro. Quer ficar livre para apoiar os candidatos da região e aqueles que estão afinados com a administração municipal de Manoel Bertoncini (PSDB), em Tubarão.

A comissão provisória do PV de Tubarão está vencida desde 30 de novembro de 2009 e agora o coordenador Fujita tem a missão de encontrar quem queira comandar o partido na cidade.

Vale lembrar que o PV já tem a senadora Marina Silva (PV-AC) como pré-candidata a presidente, e no próximo sábado a pré-convenção do partido em Florianópolis deve indicar um nome para disputar o governo do Estado. Na próxima quinta-feira vai ao ar em rede nacional o programa da sigla.

Continue lendo...

Campanha para vítimas do Haiti

A Defesa Civil da Tubarão integra uma campanha internacional da Cruz Vermelha para arrecadar donativos para as vítimas do terremoto no Haiti. Durante todo o mês de fevereiro vão arrecadar água e produtos de limpeza para enviar para a América Central.

O coordenador local da Defesa Civil, José Luiz Tancredo, garante que a estrutura montada fará todos os donativos chegarem a seu destino.

No final de 2009, infelizmente, muito do que foi arrecadado para as vitimas das enchentes no norte de Santa Catarina não chegou até lá por falta de estrutura para envio e também para o recebimento.

Mais informações sobre os locais de doações e outras formas de ajudar podem ser encontradas no site da Prefeitura de Tubarão.

Continue lendo...

Santa Catarina questiona lei que anistia PMs e bombeiros

O governo de Santa Catarina ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4377) questionando a Lei Federal nº 12.191, de 13 de janeiro de 2010, que concede anistia a policiais militares e bombeiros militares de oito estados, entre eles Santa Catarina, além do Distrito Federal, que participaram de movimentos reivindicatórios por melhorias de vencimentos e de condições de trabalho ocorridos entre o primeiro semestre de 1997 e a publicação da lei.

Leia mais...

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors