quarta-feira, 30 de junho de 2010

Voto acima dos 70 anos

A Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) está lançando uma campanha que já nasce bem desafiadora. A campanha 'A Experiência Vale Ouro' quer estimular os eleitores com mais de 70 anos a votar, já que para eles a partir desta idade o voto passa a ser facultativo. Diante do cenário triste dos últimos dias, é de se imaginar como vai ser difícil convencer a velha guarda a sair de casa para votar nas mesmas figuras de sempre.

Troca de cargos é amanhã em Capivari de Baixo

O vereador Valmiro da Rosa (PMDB), o Bila, assume nessa quarta-feira (1º/7) a secretaria de Desenvolvimento Rural de Capivari de Baixo. A posse será realizada às 11 horas no gabinete do prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB). O secretário Edson Moraes (PSDB) assume a cadeira na Câmara de Vereadores no lugar do Bila. A oposição já prometeu ficar de olho nessa troca de cargos que está prevista para durar até 31 de dezembro.

Intervenção não chega aos nanicos

Clima de intervenções não chegou aos partidos nanicos. PSC e PTC vão integrar campanhas de Dilma Roussef (PT) para presidente e em Santa Catarina estarão juntos com Raimundo Colombo (DEM).

PDT fecha com PP e indica Manoel Dias para vice

Presidente estadual estadual do PP e deputado Joares Ponticelli confirma pelo Twitter que foi fechada a coligação com o PDT e Manoel Dias será o vice de Ângela Amin (PP). Resta saber agora como fica a coligação nas chapas proporcionais. Pelo visto o vereador de Tubarão André May (PP), o Deka, deve ser candidato a deputado federal.

Só pra lembrar, Manoel Dias fez pouco mais de 30 mil votos em 2006 para o governo do estado. Alguns pepistas já questionam: qual é o motivo da comeração?

Vai ver, 50 segundos valem mais do que 30 mil votos.

TRE multa prefeito de Imbituba

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina rejeitou pela terceira vez, por unanimidade, embargos de declaração do prefeito de Imbituba, José Roberto Martins (PSDB), o Beto, e decidiu, por maioria de votos, aplicar multa de R$ 1 mil a ele. O Pleno considerou que o político apresentou os embargos várias vezes com intenção de adiar a execução de outra multa, de R$ 21.282,00, imposta devido à veiculação de propaganda antecipada no pleito de 2008. Da decisão, publicada no Acórdão nº 24.590, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia mais...
Corte multa prefeito de Imbituba por tentar adiar execução de penalidade

Eleições 2010: PG (PDT)

Mais uma entrevista da série com pré-candidatos a deputado estadual da região. Agora com Araildo Machado (PDT), o PG

Super Quarta da política: ninguém do PMDB pode ser vice de Colombo

A decisão do PMDB em punir o presidente estadual Eduardo Moreira voltou a embolar o cenário eleitoral de 2010. A Super Quarta da política promete durar até segunda-feira com tantos desdobramentos possíveis. E dependendo dos desdobramentos jurídicos, pode ir mais longe ainda.

Pela decisão do partido, qualquer outro nome do PMDB que seja indicado para ser vice de Raimundo Colombo (DEM) poderá ter o mesmo tipo de punição. Então o que se entende é que o PMDB está fora da Tríplice Aliança.

Leia mais...
PMDB suspende filiação de Eduardo Pinho Moreira
PMDB suspende Eduardo Moreira por se aliar ao DEM

Números para quem quer entrar

Ao confirmar a coligação com DEM e PMDB para o governo do estado, os partidos também discutirão as coligações nas chapas proporcionais e dependendo dos acordos, candidaturas poderão ser revistas. A ideia é não sobrepor nomes sob a ótica geográfica das urnas.

O ex-prefeito de Tubarão, Carlos Stüpp, que é pré-candidato a deputado estadual pelo PSDB, já manifestou que a decisão não mudará seus planos. Coligado ou não sabe que precisa conquistar mais de 40 mil votos para ter chances de eleição. Abaixo disso corre o risco de ficar de fora.

PSDB vai coligar com DEM e PMDB, mas também vai dividido

Na véspera da convenção do PSDB, que deve atender a vontade nacional do partido e manter a coligação com DEM e PMDB, o deputado estadual Luiz Eduardo Cherem (PSDB), o Dado, manifestava pela Twitter a insatisfação com o sistema político atual e porque não dizer, com a composição que se aproximava. “A federalização da eleição está acabando com a democracia partidária interna: ou se acaba com a federalização ou com as coligações”, escreveu.

Cheguei a trocar mensagens com ele e lhe perguntei o que queria dizer. As respostas:

“Tem que acabar com as coligações. Estão fazendo coligações esdrúxulas em todo o país conforme os interesses regionais.”

“Da maneira como está a federalização nos obriga a fazer coligações que muitas vezes não têm sentido para a democracia partidária.”

“Dois sentimentos no PSDB hoje: candidatura própria e movimento forte dos prefeitos que querem coligar com o PP”.

Rhumor


twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

terça-feira, 29 de junho de 2010

Servidores de Jaguaruna querem mais do que 6% de aumento

Manifesto do Sindicato dos Servidores Públicos de Jaguaruna (Sinserj) circula pela cidade e chama a atenção para as reivindicações da categoria que teve aumento de 6% aprovado na Câmara de Vereadores na semana passada.

No texto eles pedem diálogo com a administração municipal, realinhamento salarial, pagamento do Piso Nacional dos Professores, progressão de 3%, pagamento de 1% pelos cursos de atualização e adequação dos cargos e salários dos profissionais da saúde.

O secretário de administração Reginaldo Cardoso e o prefeito Inimar Felisbino (PMDB) foram procurados para falar sobre o assunto mas não estavam na prefeitura.

Servidores dizem que o mesmo texto que sendo distribuído à população já foi encaminhado ao prefeito, secretários municipais e vereadores.

Últimos projetos antes do recesso

A sessão da Câmara de Vereadores de Tubarão de ontem (28/6) foi a última do primeiro semestre. Antes do recesso, os vereadores aprovaram três convênios que permitirão o repasse de mais de R$ 85 mil para o Instituto Dingo´s Point Ball.

De acordo com a líder do governo, vereadora Albertina Carvalho (PSDB), a Beth Xuxa, estes convênios tratam de recursos oriundos de empresas da cidade e que não poderiam ser repassados diretamente ao Instituto.

Na mesma sessão o executivo municipal foi autorizado a suplementar dotação ao orçamento no valor de R$ 4,9 milhões.

Eleições 2010: Milo (PT)

Dando sequência as entrevistas com os pré-candidatos a deputados federais da Amurel, é a vez de Ademir Mota da Silva, o Milo, do PT

Construção civil em alta

A construção civil continua em ritmo acelerado no país. Na região isso também é visível. Ao olhar pela janela de nossa redação na Unisul TV, dá para ver a quantidade de obras em andamento em Tubarão. Num giro pela região também se percebe boa movimentação como em Braço do Norte e Orleans, por exemplo.

Os índices de evolução do nível de atividade no setor subiram para 55,8 pontos em maio ante os 53,9 pontos de abril. Foi o quarto mês consecutivo de crescimento, de acordo com a Sondagem da Construção Civil, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada ontem (28/7). Já pensou se a distribuição de renda fosse melhor e também a questão tributária fosse mais equilibrada? Ia faltar cimento, porque mão de obra já falta.

Leia mais...
Atividade da construção civil cresce pelo quarto mês consecutivo

Segurança: precisamos de soluções

Reunião convocada pelos vereadores de Tubarão discute o assunto segurança pública hoje na Câmara. Lideranças ligadas à área foram convidadas com o objetivo de identificar, discutir e propor soluções.

Alguém já ouviu dos candidatos o que eles pretendem fazer para resolver o assunto em Tubarão e região? Com certeza vão prometer bastante.

Ultimato 15 - por Nunes

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Substituição Tributária

A secretaria estadual da Fazenda e Fecomércio encerram amanhã (29/6), em Tubarão, o ciclo de palestras sobre Substituição Tributária. O objetivo do encontro é informar sobre o sistema que antecipa o pagamento do ICMS que deveria ser recolhido em todas as etapas de circulação até o consumidor final. A sistematica diminui a evasão fiscal, além de facilitar a fiscalização, pois o esforço do fisco fica concentrado em um universo menor dos contribuintes que são responsáveis pelo recolhimento antecipado. O evento está marcado para às nove da manhã de terça-feira na Unisul e o ingresso é 1kg de alimento não perecível.

Eleições 2010: Carlos Stüpp (PSDB)

A série de entrevistas com pré-candidatos a deputado estadual da região continua com a participação de Carlos Stüpp (PSDB)

Convenções homologam nomes da região

As convenções partidárias do fim de semana homologaram alguns dos nomes dos candidatos que vão representar a região nas disputas por cargos na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. De última hora surgiram algumas surpresas. Foram aprovados:

Para deputado deferal: Edson Bez (PMDB), o Edinho, Edson Firmino (PDT), André May (PP), o Deka, e Gilsara Hansen (PTB).

Para deputado estadual: José Nei Ascari (DEM), Ada de Luca e Alexandre Moraes do PMDB, André Igreja, Araildo Machado, o PG, Júlio Willemann e Manoel de Moura, o Maneca, do PDT, Joares Ponticelli (PP) e Cleosmar Fernandes e Glauco Zanella do PR.

Alguns nomes ainda poderão desistir, ou mudar de posição, mas quem não teve o nome homologado não poderá ser candidato. O registro das candidaturas tem que ser feito até o dia 5 de julho.

Eleiçoes 2010: Deka May (PP)

Dando sequência às entrevistas com os pré-candidatos a deputado federal, é a vez do vereador de Tubarão, André May (PP), o Deka

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 28/6

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta segunda-feira, 28 de junho de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão está previsto a deliberação das seguintes matérias:

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO No. 022/2010, de autoria da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, que dispõe sobre a deliberação do Veto Total aposto pelo Poder Executivo Municipal ao Autógrafo de Lei Ordinária n° 075/2009. Este Projeto em uma única votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 83/2010, de autoria do Ver. Edson José Firmino, que altera o artigo 82 do Código de Posturas do Município de Tubarão. Este projeto em sua segunda votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 57/2010, de autoria do Ver. Dionísio Bressan Lemos, que cria o programa endereço legal e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 91/2010, de autoria do Ver. Edson José Firmino, que denomina de Rua das Bromélias, a via pública localizada no Bairro São Martinho, neste Município. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 92/2010, de autoria do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre o Programa de combate a evasão escolar e incentivo a permanência na escola e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 93/2010, de autoria do Poder Executivo Municipal, que revoga o § 2° do art. 4° da Lei n° 3.396/2009, que cria o sistema funerário municipal, destinado ao atendimento de pessoas falecidas no âmbito do Município de Tubarão. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA No. 95/2010, de autoria do Poder Executivo Municipal, que altera a Lei n° 3.460/2010, que institui no âmbito do Município de Tubarão a política municipal de voluntariado e exercício de cidadania e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação.

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Imaruí, 28/6

MATÉRIA DO PODER EXECUTIVO PARA LEITURA EM PLENÁRIO
– Projeto de Lei nº. 038/2010, de 22 de junho de 2010, “Altera a Lei n° 1.415/2010, a qual autoriza repasse de recursos financeiros ao Hospital de Caridade e Maternidade São João Batista, e dá outras providências. (em Regime de Urgência)
– Projeto de Lei nº. 039/2010, de 22 de junho de 2010, “Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com o Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Laguna, abre Crédito Suplementar e dá outras providências.” (em Regime de Urgência)

MATÉRIA DO PODER EXECUTIVO PARA DISCUSSÃO E DELIBERAÇÃO
– Projeto de Lei nº. 034/2010, de 09 de junho de 2010, “Dispõe sobre a concessão de auxílio à Associação de Moradores de Aratingaúba e dá outras providências”. (Acompanhado de Parecer)
– Projeto de Lei nº. 036/2010, de 18 de junho de 2010, “Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio de Cooperação Técnica com o Instituto de Políticas Públicas e Sociais – IPPS, e dá outras providências. (Acompanhado de Parecer)
– Projeto de Lei Emenda à Lei Orgânica n° 002/2010, de 10 de junho de 2010, “Altera a redação do Inciso II do artigo 87 da Lei Orgânica. (Acompanhado de Parecer)

MATÉRIA DO PODER LEGISLATIVO PARA LEITURA EM PLENÁRIO
– Projeto de Lei n° 08/2010, “Institui normas para a denominação de edificações e logradouros públicos, e dá outras providências.”
- Projeto de Lei n° 09/2010, “Denomina Logradouro Público desta cidade e dá outras providências.”

MOÇÃO
– Moção n° 02/2010, de Repúdio ao Senhor Amarildo Matos de Sousa, Prefeito Municipal, e a Senhora Rosane Cardoso Gonçalves, Secretária Municipal de Educação, pelo descaso com que está sendo tratado o Projeto de Nucleação das escolas.

MATÉRIA DO PODER LEGISLATIVO PARA DISCUSSÃO E DELIBERAÇÃO
– Projeto de Lei n° 05/2010, “Dispõe sobre o Programa de apoio às famílias de baixa renda atingidas por situações de emergência no município de Imaruí e dá outras providências.”

Rhumor - JBGuedes


twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

sábado, 26 de junho de 2010

Por e-mail: Deputado estadual Ronaldo Benedet (PMDB)

Foto de Eduardo Oliveira
Nesta troca de mensagens o deputado fala da experiência acumulada como secretário estadual e diz que a fórmula para conter a segurança é investir em educação e saúde

BLOG DO RAFAEL MATOS - O senhor foi secretário estadual de Segurança Pública e Defesa do Cidadão durante boa parte do mandato? Como avalia esta experiência?
RONALDO BENEDET - Foi uma grande experiência, e pude exercer o meu mandato para a sociedade representando, buscando reivindicações. Eu estava presente em SC e na região, valeu estar como secretário e exercer também o poder reivindicatório do deputado para a região. Mas a experiência como secretário de segurança pode trazer vantagens para a Segurança Pública na região e pude me dar um grande valor agregado de conhecimento e experiência. Com certeza, hoje, sou um dos políticos que mais tem experiência nessa área, dito pelas autoridades na área da Segurança Pública. Aprendi muito com a fórmula de resolver os problemas de Segurança Pública do nosso País, que não podemos ficar só no caminho entre polícia e cadeia como, de um modo geral, se pensa ou se pensava que seriam resolvidos os problemas de segurança no Brasil. Saio com essa conclusão da Secretaria de Segurança: de que precisamos investir fortemente em capital humano, em crianças, adolescentes, jovens e, principalmente, nas famílias de risco social, para construir uma sociedade com a cultura de paz. Quanto mais cadeia, mais vamos aumentar nossos problemas. Se nós tivermos policiais bem preparados, bem pagos, polícia bem estruturada, com uma sociedade bem estruturada, daí vamos evitar os problemas de segurança que estamos vivendo hoje. A experiência como secretário de segurança foi fundamental como político e serviu para que eu contribuísse ainda mais com a sociedade brasileira e catarinense em relação a esta questão de Políticas Públicas para a área de Segurança. 

BRM - Por que a decisão de disputar um cargo na Câmara Federal e não tentar a reeleição para à Alesc?
RB - Os meus colegas e o meu partido me disseram que tava na hora de ir para um caminho mais adiante. Hoje, sou o deputado estadual mais bem votado do Estado com mandato. E o PMDB me convidou para enfrentar esta missão, pois já está na hora de um desafio diferente e maior, para podermos levar ao Congresso Nacional nossa experiência de Governo do Estado, principalmente, na área de Segurança Pública, que por quase seis anos adquiri. 

BRM - O trabalho como secretário ajuda ou prejudica na hora de uma nova campanha eleitoral?
RB - Tudo na vida tem um lado bom e um lado ruim. Primeiro, você se torna mais conhecido, as pessoas conhecem suas idéias e atuações, não pode ter medo de perder voto. O político que quer agradar a todos não tem sucesso, você precisa é ter coragem de tomar atitudes, eu tive coragem e assumi. Mas também têm as vantagens de você se tornar conhecido, estadualizar seu nome e poder exercer uma atividade muito difícil com coragem, competência e conhecimento. 

BRM - Os problemas com segurança não são exclusivos de SC. Qual ação nacional o senhor considera necessária para combater e prevenir a criminalidade?
RB - Essa pergunta é muito inteligente, e dá a oportunidade de nós fazermos o debate nacional que precisamos. O Código Penal e o Código do Processo Penal são de 1940 e 1941, ou seja, estão querendo resolver o problema da segurança com instrumentos legais de décadas atrás. O Brasil de hoje não tem mais nada a ver com o Brasil de 1940 e 1941. Mesmo com mudanças, as essências e princípios são os mesmos e nós estamos querendo resolver os novos problemas com fórmulas antigas. Ou nós vamos resolver o problema do Brasil de uma forma: atacando a essência dos problemas, que é a origem da criminalidade, ou nós não vamos resolvê-lo nunca. Estamos vivendo como neuróticos no Brasil, fazendo a mesma coisa e querendo os resultados diferentes. Esta é a convicção que saio da Secretaria de Segurança, ou seja, só com polícia e cadeia não dá certo. Se quisermos resolver os problemas da Segurança Pública, precisamos investir maciçamente em educação integral para as crianças em risco social, ou seja, mapeá-las, assim como fez a Saúde Pública na área do PSF. Precisamos dar uma atenção especial para essas famílias, colocando as crianças em escolas integrais, na parte da manhã no Ensino Regular, e à tarde ensinando-as cidadania, formação, princípios, formas de conviver em sociedade. Aí sim, vamos conseguir os resultados que queremos, vamos evitar que novas pessoas entrem para o mundo do crime. Depois de seis anos, posso falar que estamos enxugando gelo. Na minha convicção, a melhor fórmula é investir maciçamente em educação. O Brasil tem essa missão difícil e a minha frustração como secretário foi de não ter instrumentos necessários para o combate. Meus instrumentos eram polícia e cadeia, o máximo que eu tinha era o Proerd (Programa de Prevenção às Drogas da Polícia Militar) que deveria atingir os estudantes do Ensino Fundamental até a universidade, e os Consegs. Mas temos que usar todas as escolas, os meios de comunicação, os instrumentos de assistência social para fazermos um combate. Não um combate violento, igual os Estados Unidos fazem há 40 anos e não obtêm bons resultados. Sei que tem que existir estrutura para os policiais, mas se não investirmos em educação e saúde não vamos ter resultado, essa é a fórmula que dou para resolver as questões de segurança no nosso País. 

BRM - A participação das comunidades foi muito pequena nas audiências do Orçamento. O senhor acha que ações de segurança deveriam ser incluídas também como prioridade?
RB - Sim, na questão anterior eu destaquei minhas convicções sobre segurança. O Estado sabe onde tem que investir em segurança, mas para resolver nosso problema nesta área temos que mapear as famílias de risco social e investir nelas para evitar que novos criminosos entrem para o mundo do crime. 

BRM - Entramos no mês decisivo para a definição das candidaturas. Como pensa que deve ficar o PMDB?
RB - O PMDB ficará em coligação com o DEM, PSDB, PTB, PPS e mais outros partidos menores do Estado. Vamos estar juntos, reeditando a tríplice ou a polialiança e, com certeza, estaremos rumando à vitória e levando adiante o governo da descentralização que mudou Santa Catarina para melhor em todos os itens.

Charge - Nunes/Matos

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Mauro Mariani não sai para governador

O deputado federal Mauro Mariani, publicou em seu blog os motivos da decisão de não disputar o governo do estado e tentar a reeleição a Câmara Federal. Com isso aumentam as expectativas para a convenção do PMDB. Leia abaixo um trecho do que ele escreveu:

"Vou à reeleição para a Câmara Federal

Foram vários dias desgastantes em reuniões que vararam noites e dias inteiros para uma decisão difícil que nosso partido têm de tomar. Meu nome surgiu como alternativa para uma candidatura própria ao Governo do Estado, muitas lideranças apoiaram de todos os cantos e recantos de Santa Catarina, mas o tempo e as condições políticas existentes não permitiram que pudesse assumir, neste momento, esse encargo."

Leia mais...
Vou à reeleição para a Câmara Federal

Definidos integrantes das Comissões Permanentes

A nova composição das Comissões Permanentes da Câmara de Vereadores de Tubarão foram divulgadas ontem (24/6). pela assessoria de imprensa da casa. Os vereadores André May (PP), o Deka, e Dionísio Bressan Lemos (PP) que são contrários as tantas mudanças das comissões continuaram de fora.

Neste mês de junho, eles e o vereador Edson Firmino (PDT), votaram contra a mudança no Regimento Interno que reduziu o número de CPs. A última polêmica sobre o tema havia ocorrido na sessão de 19 de abril, na época da saída de Maurício da Silva (PMDB) e entrada de João Batista de Andrade (PSDB), o Sargento Batista, na presidência da Câmara e que teve nova interpretação do RI.

As comissões ficaram formadas assim:
COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO, JUSTIÇA E REDAÇÃO FINAL: Edson Firmino, Geraldo Pereira (PMDB), o Jarrão, e Albertina Carvalho (PSDB), a Beth Xuxa;
COMISSÃO DE FINANÇAS E ORÇAMENTO: Vereadores Ivo Stapazzol (PMDB), Edson Firmino e João Guerreiro Filho (PSDB);
COMISSÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS E MEIO AMBIENTE: Vereadores Edson Firmino, João Guerreiro e Caio Tokarski (PMDB);
COMISSÃO DOS DIREITOS SOCIAIS E DO BEM ESTAR SOCIAL: Vereadores Edson Firmino, Evandro Almeida (PMDB) e Beth Xuxa.

Repasses aprovados

Na sessão de quinta-feira (24/5) os vereadores de Tubarão também aprovaram dois Projetos de Lei que autorizam o poder executivo a repassar recursos para o Convention & Visitors Bureau Encantos do Sul e para a Federação Catarinense de Municípios (Fecam). As duas aprovações foram por unanimidade.

O CVB Encantos do Sul receberá R$ 24 mil reais que serão investidos na reativação da Central de Informações Turísticas, localizada no quilômetro 334 da BR-101, na saída Norte da cidade. Já, para a Fecam serão R$ 25 mil que correspondem a parcela do município de Tubarão que é filiado a entidade.

Eleiçoes 2010: Glauco Zanella (PR)

Glauco Zanella (PR) participa da série de entrevistas com pré-candidatos a deputado estadual da região

Encontro do PR oficializa filiações e nova executiva

O coordenador da Defesa Civil de Tubarão José Luiz Tancredo ingressa oficialmente hoje (25/6) no PR. Reunião com a presença do presidente estadual da sigla, deputado federal Nelson Goetten, abona a filiação e também reorganiza a executiva municipal que terá Tancredo como novo presidente. Glauco Zanella que presidia o PR de Tubarão vai se dedicar a pré-candidatura a deputado estadual, que espera ser homologada na convenção marcada para amanhã, em São José.

Vereadores de Jaguaruna em Brasília

Sessão da Câmara de Jaguaruna desta semana teve a ausência dos três vereadores do PP. Alício Bitencourt, o Alicinho, Éder Meurer e Geraldo Garcia estiveram em Brasília, a convite do deputado federal João Pizzolatti (PP), para reivindicar recursos para o município.

A bagagem de volta teve uma emenda aprovada de R$ 200 mil para revitalização de praça de esportes. Também discutiram e encaminharam outra emenda de R$ 100 mil para o Hospital de Caridade de Jaguaruna e recursos para construção de ginásios de esportes nos bairros Camacho e Olho D’Água. Para os ginásios ainda é necessário elaborar os projetos que devem ter a participação da prefeitura.

Eleições 2010: Edson Firmino (PDT)

A Unisul TV realiza também uma série de entrevistas com os pré-candidatos a deputados federais da região da Amurel. Uma oportunidade para que o eleitor possa conhecer um pouco mais daqueles que em outubro possivelmente estarão disputando o voto nas urnas. Nesta quinta-feira (24/6) o entrevistado foi o atual vereador de Tubarão, Edson Firmino (PDT)

Beto Martins assiste jogo com Leonel Pavan

O prefeito de Imbituba, José Roberto Martins (PSDB), o Beto, e presidente interino do PSDB catarinense, assiste ao jogo do Brasil logo mais na Casa D'Agronômica, ao lado do governador Leonel Pavan. Será uma pequena pausa na movimentada reta final de composições para o governo do Estado. Mas em meio aos comentários do jogo da Copa do Mundo, espera-se por uma decisão sobre qual deve ser o rumo dos tucanos nas eleições 2010.

Rhumor - JBGuedes


twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sós resta especular e palpitar

Nem sendo vidente pra saber como vão ficar as composições políticas em Santa Catarina, mas seguem algumas informações do momento.

Mauro Mariani é o nome mais forte para a chapa pura do PMDB. Se a proposta de ter candidato ganhar a convenção, sai vitorioso Luiz Henrique da Silveira, já que Mariani é apresentado como seu sucessor em Joinville.

Muitos nomes foram especulados para ser vice. Não acredito que o deputado federal Edson Bez, o Edinho, aceite disputar o cargo. Ele sonha com isso em 2014. Já a deputada estadual Ada de Luca, ganhou força durante a tarde. Quem mais pode gostar disso é o pré-candidato a deputado estadual Alexandre Moraes que disputa (e perde) espaço para ela na região.

Os problemas do PMDB afetam até os partidos pequenos. No PSC, que fez convenção no domingo, mas manteve a ata aberta, uma ala quer ficar ao lado de Raimundo Colombo (DEM) e outra quer ficar com o PMDB, leia-se Luiz Henrique da Silveira.

O PDT deve ficar mesmo com o PP. Dizem que no PT, nem se conta mais com os pedetistas e a possibilidade de ter eles, que apoiam Dilma Roussef (PT) para presidente, ao lado de Ângela Amin pode ser a garantia de aliança num eventual segundo turno.

Comunidade discute nucleação e rizicultura

Moradores da comunidade de Aratingaúba, em Imaruí, voltam a discutir a nucleação das escolas do município. A secretaria de educação do município já anunciou que a partir do mês de julho apenas cinco das 19 escolas do município continuarão funcionando.

O encontro será realizado nesta quinta-feira (24/6) às 19 horas e a comunidade, que alega não ter sido consultada sobre o tema, vai definir como vai agir daqui pra frente.

Além da nucleação também será discutido o Projeto de Lei nº 4/2010, que proíbe o lançamento de agrotóxicos e produtos congêneres por aeronaves, nas lavouras cultivadas em imóveis na área territorial do município.

Leia mais...
Nucleação de escolas em Imaruí está prevista para julho

Rizicultores e vereadores discutem projeto em Imaruí

Suplente assume na Câmara de Imaruí

Vereadora de Imaruí, Elina Roussenq (PMDB), está de licença para tratamento de saúde. Em seu lugar está o primeiro suplente Custódio Cardoso (PMDB), o Tótoi, que continua assinando os requerimentos juntamente com Vanderlei Cunha (PMDB), o Vando. Na segunda-feira, por exemplo, eles apresentaram três pedidos de informações à prefeitura sobre despesas relacionadas com a realização de cursos de capacitação.

Eleições 2010: Alexandre Moraes (PMDB)

A série de entrevistas com os pré-candidatos continua com o advogado Alexandre Moraes (PMDB) que fala sobre a pré-candidatura a deputado estadual

Caio Tokarski retorna à Câmara de Tubarão

O vereador Caio Tokarski (PMDB) retornará aos seus trabalhos no Câmara de Tubarão nesta quinta-feira (24), um dia antes do previsto. Ele participa da Sessão Ordinária de hoje. Tokarski foi submetido a uma cirurgia de retirada de uma hérnia de hiato no último dia 10, tendo alta no dia seguinte. A licença prescrevida pelo médico Ricardo Nascimento, responsável pelo procedimento cirúrgico, previa o afastamento de 15 dias do parlamentar.

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 24/6

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta quinta-feira, 24 de junho de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão está previsto a deliberação de 11 matérias, a saber:

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 44/2010, de autoria do Vereador Evandro Souza de Almeida, que cria o “Diploma Aluno nota Dez” e dá outras providencia. Este projeto em sua segunda votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 76/2010, (036/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que Altera a Lei n° 3.152/2008, que institui o “Adicional de Produtividade em Vigilância Sanitária”. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 85/2010, (043/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que Autoriza o Poder Executivo a contratar financiamento junto a União, por meio da Caixa Econômica Federal, na qualidade de Agente Financeiro, a oferecer garantias e dá outras providências correlatas. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 86/2010, (048/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Poder Executivo a abrir crédito especial no valor de R$ 113.000,00 (cento e treze mil reais). Este projeto em sua primeira votação.

05 - PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 087/2010, (049/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com o “Convention & Visitors Bureau Encantos do Sul”, no valor de R$ 24.000,00 (vinte e quatro mil reais). Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 088/2010, (050/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que autoriza concessão de auxilio financeiro à “Federação Catarinense de Municípios – FECAM” e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 089/2010, (051/2010 na origem), de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Poder Executivo a firmar Convênio com a Comissão Municipal do Bem Estar do Menor – COMBEMTU, no valor de R$ 2.250,00 (dois mil duzentos e cinqüenta reais). Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 73/2010, de autoria do Vereador Edson José Firmino, que denomina de “Rua Luiz Matheus” uma via pública localizada no bairro Km 60, neste município. Este projeto em uma única votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 83/2010,, de autoria do Vereador Edson José Firmino, que altera o Art.82 do Código de Postura do Município de Tubarão. Este projeto em sua primeira votação.

PROJETO DE DECRETO N° 21/2010, de autoria dos Vereadores Dionísio Bressan Lemos e André Fretta May, que concede o Título de Cidadão Tubaronense ao Deputado Federal Odacir Zonta. Este projeto em uma única votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 81/2010,, de autoria do Vereador João Batista de Andrade, que Declara de utilidade pública a “Associação Tubaronense de Natação – ATN”. Este projeto em sua primeira votação.

Ultimato 14 - por Nunes

quarta-feira, 23 de junho de 2010

As vontades do PMDB

Deputado federal Edson Bez (PMDB), o Edinho, participou das reuniões da bancada com a executiva nacional e avisa que a convenção estadual do partido vai escolher entre duas opções: candidatura própria (desejo de Michel Temer) e coligação com DEM (desejo de Luiz Henrique da Silveira). O resultado será apresentado à direção nacional.

Se optar por chapa própria, o ex-governador Paulo Afonso Vieira, o deputado federal Mauro Mariani e o deputado estadual Edison Andrino se inscreveram como pré-candidatos.

A impressão que se tem é que a vontade nacional até pode ser aprovada na convenção, mas na hora de registrar a ata, será usado lápis no lugar de caneta.

Compromisso de não decepcionar

O pré-candidato a deputado estadual José Nei Ascari (DEM) carrega a expectiva de ser bem votado e ser um dos representantes da Amurel na Alesc, na próxima legislatura. Qualquer votação abaixo de 45 mil votos poderá ser considerada decepcionante, além de comprometer a eleição.

Preenchendo o espaço deixado pelo ex-deputado Júlio Garcia, que foi para o TCE, Ascari tem a estimativa de ser votado em mais de 90 municípios.

– Uma candidatura não é construida de uma hora para outra. É preciso tempo para trabalhar e ganhar a confiança de todos. Temos trabalho muito para isso e não podemos relaxar – avalia.

Chama acesa

Na semana passada, o pré-candidato a deputado estadual Acélio Casagrande (PMDB) visitou o município de Grão Pará em busca do apoio do prefeito Valdir Dacorégio (PMDB). O encontro parece ter sido apenas de formalidade já que as conversas anteriores e ações do prefeito indicam que ele já definiu de que lado estará na campanha.

No sábado, durante a tradicional festa em honra a São João Batista, o prefeito Dacorégio, a deputada estadual Ada de Luca (PMDB) e o deputado federal Edson Bez (PMDB), o Edinho, se uniram para dar o maior lance no leilão que dava direito a acender a fogueira. Juntos, pagaram R$ 3,5 mil.

Rhumor - JBGuedes

twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

terça-feira, 22 de junho de 2010

Orientação fiscal

A Secretaria de Estado da Fazenda realiza nesta quarta-feira (23/6), em Tubarão, o penúltimo evento do Ciclo de Palestras sobre o PAF/ECF. Um auditor fiscal da Receita Estadual vai apresentar as novidades que vão padronizar e esclarecer sobre os processos de emissão de notas das empresas com o uso do Emissor de Cupom Fiscal. O evento é voltado a comerciantes, empresário e contabilistas. A palestra vai ser no Auditório do Senac, às 20 horas.

Moção de apoio a Moreira

A falta de manifestação dos peemedebistas da região sobre a decisão de Eduardo Moreira em desistir de ser candidato e sobre a intervenção do PMDB nacional no diretório catarinense foi quebrada pelo diretório de Braço do Norte, assinada pelo presidente e vice Joaci Nunes e Edson Oenning, respectivamente.

A Moção de Apoio foi entregue pelo coordenador regional, e fiel escudeiro de todas as horas, Ademir Matos. Mesmo que não tenha peso e não resolva o estrago feito, mostra que se afundar, Moreira não estará sozinho.

Eleições 2010: José Nei Ascari (DEM)

Na continuidade da série de entrevistas com os pré-candidatos a deputado estadual da região. O convidado é José Nei Ascari (DEM)

Menção Honrosa para Paulinho May

O ex-prefeito Paulo May, o Paulinho, voltou a ser lembrado na sessão da Câmara de Tubarão de ontem (21/6). Nesta legislatura ele já havia sido citado em alguns dos discursos do filho, vereador André May (PP), o Deka, e agora foi indicado pelo vereador João Guerreiro (PSDB) para receber Menção Honrosa. Será que vão conseguir tirar Paulinho de casa?

Vereadores convocam discussão sobre segurança

O pedido do vereador Dionísio Bressan (PP) foi atendimento e o assunto segurança pública será discutido na Câmara de Tubarão no dia 29 de junho. A reunião será aberta a todos e serão convidadas as autoridades ligadas ao assunto na cidade. Mais do que discutir é importante que o evento indique ações práticas e efetivas para combater e prevenir o problema.

Ultimato 13 - por Nunes

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Douglas Antunes é confirmado na convenção do PSC

A convenção estadual do PSC confirmou a candidatura a deputado estadual do professor Douglas Antunes, representante de Tubarão. A homologação ocorreu no domingo (20/6), em Florianópolis. O partido também aprovou o nome de Vânio de Oliveira para disputar o senado, seis candidaturas a deputado federal e 14 a deputado estadual. Porém a ata da convenção ficou aberta para que a sigla termine as negociações de coligações.

Para o governo do estado o PSC deve fazer parte da chapa de Raimundo Colombo (DEM), e com isso a candidatura de Vânio de Oliveira ao Senado pode ser excluida. Na chapa proporcional o PSC estuda compor com PPS, PTB, PSL, PRTB e PHS e pode ter reduzida a nominata de candidatos. Esta aliança deve ter no total 42 candidatos a federal e 74 a estudal, com projeção de eleger dois à Câmara e quatro à Alesc.

PSB define pré-candidatos

O encontro estadual do PSB em Laguna no sábado (19/6) definiu os pré-candidatos do partido em 2010. O engenheiro químico Fernando Rodrigues, de Laguna, está na lista dos pré-candidatos a deputado estadual do partido. Ele e outros 24 nomes ainda precisão ser confirmados na convenção estadual marcada para o dia 30. Para deputado federal o PSB planeja a candidatura apenas do vice-prefeito de Tijucas, Luiz Rogério Silva, o Rogerinho.

Eleições 2010: Olávio Falchetti (PT)

Dando sequência à série de entrevistas com os pré-candidatos a deputado estadual da região, conversamos com Olávio Falchetti (PT)

Eleições 2010: Joares Ponticelli (PP)

A série de entrevistas com os pré-candidatos a deputado estadual continua com a participação de Joares Ponticelli (PP)

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 21/6

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta segunda-feira, 21 de junho de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão está previsto a deliberação das seguintes matérias:

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 17/2010, de autoria do Ver. Geraldo Pereira, que autoriza o Poder Executivo Municipal instituir a identificação nos veículos oficiais e a Serviço da Administração Pública Municipal direta ou indireta. Este projeto em sua Redação Final.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 44/2010, de autoria do Ver. Evandro Souza de Almeida, que Cria o Diploma Aluno nota Dez e dá outras providencias. Este projeto em sua segunda votação

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Imaruí, 21/6

MATÉRIA DO PODER EXECUTIVO PARA LEITURA EM PLENÁRIO
– Projeto de Lei nº. 034/2010, de 09 de junho de 2010, “Dispõe sobre a concessão de auxílio à Associação de Moradores de aratingaúba e dá outras providências”.

– Projeto de Lei nº. 035/2010, de 18 de junho de 2010, “Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com o Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Laguna, abre Crédito Suplementar e dá outras providências.” (em Regime de Urgência)

– Projeto de Lei nº. 036/2010, de 18 de junho de 2010, “Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio de Cooperação Técnica com o Instituto de Políticas Públicas e Sociais – IPPS, e dá outras providências. (em Regime de Urgência)

– Projeto de Lei nº. 037/2010, de 18 de junho de 2010, “Altera a Lei n° 1.415/2010, a qual autoriza repasse de recursos financeiros ao Hospital de Caridade e Maternidade São João Batista, e dá outras providências. (em Regime de Urgência)

– Projeto de Lei Emenda à Lei Orgânica n° 002/2010, de 10 de junho de 2010, “Altera a redação do Inciso II do artigo 87 da Lei Orgânica.

Charge - Nunes

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Ficha Limpa ainda vai gerar discussão

O TSE decidiu ontem (17/6) que a Lei Ficha Limpa se aplicará a todos os que serão candidatos nas eleições 2010. Pela decisão candidatos que tenham sido condenados por órgão colegiado antes da publicação da norma poderão ter os registros negados. Quem está sendo processado também poderá ter os prazos de inelegibilidade aumentados de três para oito anos.

Só que tudo isso ainda poderá ser contestado no Supremo Tribunal Federal (STF), já que no entendimento de muitos juristas, nenhuma lei pode retroagir para prejudicar alguém. Portanto a decisão do TSE pode ser interpretada como inconstitucional.

Será que não seria mais fácil os partidos já fazerem a triagem na base, antes mesmo de tentar os registros? Por votação, de forma democrática, dentro das convenções o critério já podia ser Ficha Limpa, sem necessidade de Lei.

Leia mais...
Plenário do TSE responde que Lei da Ficha Limpa se aplica a todos os que serão candidatos nas eleições 2010
Vale para já condenados

PSC realiza convenção estadual

O pré-candidato a deputado estadual Douglas Antunes (PSC) busca a homologação da candidatura na convenção do partido prevista para o domingo (20/6) em Florianópolis. A previsão é de que dois ônibus com filiados e simpatizantes saiam de Tubarão para participar do evento e apoiar o representante tubaronense.

Além dos candidatos a deputado federal e estadual a convenção do PSC também definirá as coligações que o partido deverá fazer. Na eleição proporcional a proposta é coligar com outras siglas para federal, e também com PPS e PTB para deputado estadual. Sendo que a nominata completa deverá ter 50 nomes, com redução dos integrantes do PSC.

Na eleição majoritária, o PSC deve fechar com a candidatura de Raimundo Colombo (DEM) e isso deve fazer com que a pré-candidatura de Vânio de Oliveira ao senado seja retirada.

Eleições 2010: Maneca Moura (PDT)

Na reta final das convenções estaduais, começamos na Unisul TV uma série de entrevistas com os pré-candidatos a deputado estadual pela região da Amurel. Os nomes ainda precisam ser confirmados pelos partidos. O primeiro entrevistado é o pré-candidato do PDT, Maneca Moura

Justiça Federal condena empresário

O empresário do setor de eventos Evaldo Marcos foi condenado por estelionato pela Justiça Federal de Laguna, em ação do Ministério Público Federal em Tubarão. Ele deverá pagar multa e prestar serviços à comunidade. A ação se deu por causa de verbas recebidas da Embratur para organização do Festival de Verão da Paz, em Imbituba entre 31 de dezembro de 2001 e 31 de janeiro de 2002, evento que não foi realizado.

A Justiça condenou Marcos à pena de 20 dias-multa, à razão de cinco vezes o valor do salário mínimo vigente à época do fato (R$ 180,00), atualizados monetariamente. Além disso, o réu deverá, pelo prazo de dois anos e oito meses, prestar serviços à comunidade, por sete horas semanais, e fornecer produtos de necessidade, no valor de cinco salários-mínimos mensais, a entidade de Imbituba.

Leia mais...
Organizador do Festival de Verão da Paz é condenado por estelionato

Comparação nas despesas

Será que a ampliação do horário de atendimento na prefeitura de Tubarão aumentou as depesas? É bem provável e levando-se em conta a manifestação do vereador Evandro Almeida (PMDB) na sessão da Câmara de ontem (17/10) é de se pensar que sim. Ele disse que foi informado por alguns funcionários de que as ligações telefônicas estão limitadas ao tempo de dois minutos. Se passar disso, a central telefônica corta a ligação.

Para saber sobre as despesas, Almeida aprovou requerimento onde pede os valores gastos entre 1º de marco e 31 de maio de 2009 com telefone, energia elétrica e água (mineral e natural). O requerimento ainda pede as informações do mesmo período de 2010 para fazer um comparativo das despesas.

O que se espera é um aumento proporcional ao tempo de atendimento que é maior. É natural que a decisão tomada pelo prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) tenha um preço e o que se quer saber é quanto custou a ampliação na prestação de serviços para a população.

PSB realiza pré-convenção em Laguna

O PSB realiza pré-convenção estadual neste sábado (19/6) em Laguna. Na pauta está a definição dos pré-candidatos a deputado federal e estadual da sigla. A região pode ter um representante entre os nomes e não será a vereadora de Laguna Jussalva Mattos, a Nega.

Charge - Nunes

quinta-feira, 17 de junho de 2010

PMDB nacional anuncia intervenção em SC

A direção nacional do PMDB emitiu nota esta tarde anunciando que está intervindo no PMDB catarinense. A decisão foi tomada após a desistência de Eduardo Moreira em disputar o governo do estado e apoiar o candidato dos Democratas, Raimundo Colombo. Segundo o texto, esta decisão interfere na aliança nacional do PMDB com o PT. Eduardo Moreira tem oito dias para deixar a presidência do partido.

Leia o texto completo:
"A Comissão Executiva Nacional do PMDB retoma o processo de intervenção no Diretório de Santa Catarina iniciado na última terça-feira, 15 de junho. A reunião foi suspensa a pedido de deputados federais daquele estado, que solicitaram prazo de dois dias para tentar alteração do posicionamento do PMDB catarinense nas eleições deste ano. Não houve, entretanto, qualquer evolução do quadro político local.

É necessário frisar que a situação de Santa Catarina é, por completo, diferente de outros diretórios, como Mato Grosso do Sul, Pernambuco e São Paulo.

Isto porque após várias articulações com a Direção Nacional do PMDB, o então pré-candidato ao governo Eduardo Pinho Moreira insistiu em se reunir com o presidente do PT, José Eduardo Dutra, e a candidata do PT, Dilma Roussef, com quem assumiu compromisso eleitoral de apoio em Santa Catarina. Logo após, o candidato fez declarações públicas do acordo firmado.

O compromisso assumido pela Direção Nacional e pelo presidente do Diretório Estadual de Santa Catarina gerou atitudes do PT, em Estados onde havia empecilhos à coligação. Atitudes essas que criaram as condições para que a aliança nacional com o PMDB fosse realizada.

Diante de fatos de tal envergadura e de tanto comprometimento, a Executiva Nacional se vê obrigada a assegurar que, no processo político, palavras e compromissos assumidos sejam cumpridos integralmente."

PSDB liberado, mas nem tanto

Presidente interino do PSDB catarinense, prefeito de Imbituba José Roberto Martins, o Beto, atravessou o país para ouvir a direção nacional da sigla. Assessoria informa que ele esteve em Brasília e no Rio de Janeiro para conversar com o presidente Sérgio Guerra. Na bagagem trouxe a liberação para decidir a posição que os tucanos devem tomar em Santa Catarina, mas com a recomendação de que o candidato a presidente José Serra, deseja um palanque único.

Mas como fica esta posição com a intervenção do PMDB nacional no PMDB de Santa Catarina?

Municípios perdem recursos para a construção de ponte

O dinheiro do governo estadual que já estava destinado à construção da nova ponte de Congonhas foi perdido. A atual administração de Jaguaruna alega que o problema ainda é reflexo da má condução do processo na gestão anterior, que licitou a obra junto com outra ponte, a do Torneiro. A prefeitura vai tentar reverter a situação, mas nem o prefeito Inimar Felisbino Duarte está otimista



Leia mais...
Os convênios das pontes

Prefeito e vice de Jaguaruna são absolvidos pelo TRE

Prefeito de Jaguaruna, Inimar Felisbino (PMDB), e o vice, Lorisvaldo Felisbino (PT), o Loro, foram absolvidos no processo em que eram acusados de compra de votos na campanha eleitoral das eleições de 2008, por meio de concessão de tickets de gasolina. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral foi por seis votos a zero. A ação na época foi movida pela coligação "Para Jaguaruna continuar crescendo". O prefeito Inimar falou sobre a vitória na justiça para a Unisul TV



Leia mais...
Inimar é absolvido no TRE. PP vai recorrer

Plebiscito para garantir reformas

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou ontem (16/6) a proposta de plebiscito para consultar a população sobre a votação de uma reforma política pelo Congresso na próxima legislatura (2011-2014).

Seria a oportunidade de fazer esta reforma que é tão esperada e necessária. Seria uma forma de garantir esta reforma, porque se for esperar pela vontade dos políticos vai ficar difícil.

Segundo o projeto do deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE), esse plebiscito seria organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral e realizado no mesmo dia do 1º turno das eleições deste ano, em 3 de outubro. Ou seja, além de escolher presidente, governadores, senadores, e deputados, os eleitores também poderão dizer se querem ou não a reforma.

Bom, mas para que serviria esta reforma?

São diversos pontos. Mas são temas que sempre se fala que são necessários, mas não saem do lugar. Financiamento de campanha, fidelidade partidária, verticalização, sistema e modelo eleitoral, voto distrital, lista de candidatos, registro de partidos políticos, enfim, realmente são muitos assuntos importantes para discutir, mas que por um motivo ou outro, por um interesse ou outro nunca são.

Hoje temos coligações com as mais diversas formatações. Partidos coligados em nível federal são adversários dentro dos estados. Outros fazem parte de coligações, mas não lançam candidatos e parecem existir apenas para somar tempo na propaganda eleitoral no rádio e na TV. Enfim, chegamos num ponto em que é preciso mudar. O sistema precisa de correções e aperfeiçoamento.

A proposta ainda precisa ser aprovada em votação dos deputados, e nem sei se vai dar tempo de ser votada e realizada nesta eleições. Mas, inclusive a ideia de se utilizar as eleições bienais para se consultar a população sobre outros temas é muito boa, já que se investe mais de 500 milhões de reais a cada dois anos para preparar as eleições. Amarrar as outras reformas como a fiscal, da previdência, da educação, por exemplo, com a vontade popular, que nem sempre é respeitada pelos políticos que deveriam representar este desejo, é um caminho.

Um ano de desprezo

Hoje completa um ano que os ministros do STF decidiram pela não obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo. Uma decisão que desprezou, não uma profissão, mas o valor da educação. Tramita na Câmara, uma PEC para tentar reverter esta situação. Os deputados têm realizado audiências públicas para discutir o assunto, só que aqueles que são contrários à exigência do diploma não participam da discussão. Por que será?

Leia mais...
Com diploma ou não, jornalismo é profissão

Retrocesso para a sociedade
Vamos mudar?

Inimar é absolvido no TRE. PP vai recorrer

Mas a quarta-feira (16/6) também foi de comemoração para o prefeito de Jaguaruna Inimar Felisbino (PMDB). O TRE negou a denúncia de abuso de poder econômico nas eleições de 2008. A coligação Por Uma Jaguaruna Melhor (PMDB/PT/PPS), que teve Inimar como candidato a prefeito e Lorisval Felisbino (PT), o Loro, como candidato a vice, respondia a investigação por distribuição ilícita de combustível.

O Partido Progressista (PP), integrante da coligação Para Jaguaruna Continuar Crescendo (PP/DEM/PSDB/PTB/PRB/PSC), que fez a denúncia vai recorrer da decisão.

Os convênios das pontes

Sessão da Câmara de Vereadores de Jaguaruna de ontem (16/6) foi marcada pelas críticas da oposição ao prefeito Inimar Felisbino (PMDB) pela perda do convênio para a realização das obras das pontes do Torneiro e Congonhas. O prefeito argumenta que a culpa foi da administração anterior, e os opositores dizem que faltou habilidade para resolver o problema.

O projeto das pontes foi realizado na administração do ex-prefeito Marcos Tibúrcio (PP). A empresa que fez as sondagens orçou a obra abaixo do necessário. Para que ela fosse concluída a empreiteira que fazia os trabalhos pediu uma suplementação ao município, o que não aconteceu. Com isso, o convênio entre o Governo do Estado, e prefeituras de Jaguaruna e Tubarão foi perdido e os recursos também. Na verdade perderam todos os moradores que precisavam da obra.

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 17/6

O Legislativo Tubaronense estará reunido nesta quinta-feira, 17 de junho de 2010, em seu horário regimental das 19 horas, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia, desta Sessão está previsto a deliberação das seguintes matérias:

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 59/2010, de autoria do Ver. Edson José Firmino, que autoriza a implantação de internet gratuita à população tubaronense. Este projeto em sua Redação Final

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 17/2010, de autoria do Ver. Geraldo Pereira, que autoriza o Poder Executivo Municipal instituir a identificação nos veículos oficiais e a Serviço da Administração Pública Municipal direta ou indireta. Este projeto em sua segunda votação.

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N° 44/2010, de autoria do Ver. Evandro Souza de Almeida, que Cria o Diploma Aluno nota Dez e dá outras providencias. Este projeto em sua primeira votação.

Ultimato 12 - por Nunes

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Machado reeleito no Sindicato dos Bancários

O presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Tubarão e Região (Seebtr), Armando Machado Filho, foi reeleito hoje para mais um mandato na entidade. As eleições foram realizadas nesta quarta-feira (16/6) com a participação de bancários da rede pública e privada, dos 16 municípios que abrangem a base territorial da entidade. Segundo comunicado oficial do Sindicato, a Chapa 1 conquistou 97% dos votos válidos.

Bila e Edson da Cidasc fecham acordo em Capivari de Baixo

Um troca de cadeiras está prevista para o mês de julho na Câmara de Vereadores de Capivari e na secretaria municipal de Desenvolvimento Rural. A partir de 1º de julho, o secretário Edson Moraes (PSDB), o Edson da Cidasc, deixa o cargo para assumir uma vaga na câmara, no lugar de Valmiro da Rosa (PMB), o Bila, que assumirá a secretaria. O acordo vai até 31 de dezembro.

As mudanças foram articuladas pelo presidente da Câmara, Francisco Justino (PSDB), o Seu Chico, e aprovadas pelo prefeito Luiz Carlos Brunel Alves (PMDB). Antes disso foi preciso também que o primeiro suplente da coligação, Antônio Beltrame (PMDB), abrisse mão para Edson, que é o segundo suplente.

– Eu fui procurado pelo Edson e como não tenho interesse em assumir agora, mantive minha palavra. Já havia dito antes que abro mão de assumir na câmara até o quarto suplente. Mas acho também que o Bila não abriria mão de uma vaga na câmara se fosse para mim – diz Beltrame, que admite ter problemas dentro do próprio partido.

Edson da Cidasc foi eleito vereador pelo PFL em 2000 com 234 votos, reeleito 2004 pelo PMDB com 366 votos e ficou na segunda suplência em 2008, já pelo PSDB, com 305 votos. Beltrame foi eleito em 2004 com 365 votos e ficou na primeira suplência em 2008 com 385 votos, sempre pelo PMDB.

Pegou mal

Alguém mais percebeu que a divulgação da Produsul 2010 estava bem mais forte durante a realização das Feincos 2010, ou a impressão é só minha? Durante os dias do evento, realizado em maio, um carro de som circulava pela cidade anunciando os shows de junho. Ao final da Feincos, foi um silêncio só.

Ninguém ganha com este tipo de rivalidade. Pegou mal este tipo de divulgação, se é que se pode chamar assim.

O que se espera ganhar com os dois eventos é qualidade. A estrutura da Feincos colocou os organizadores da Produsul no compromisso de fazer pelos menos igual. Pior não pode ser. Isso o público poderá conferir a partir de hoje com a abertura do evento.

Leia mais...
Feincos x Produsul

Deka May continua pré-candidato a federal

Além da união entre PMDB e DEM para a disputa do governo, anunciada esta semana, outro tema anda tirando o sono dos progressistas catarinenses: a formação das chapas proporcionais. Para deputado federal o partido conta atualmente com apenas dois nomes: os atuais deputados João Pizzolatti e Odacir Zonta. Para manter as três que tem vagas (Ângela Amin é pré-candidata ao governo) e pensar em ampliar é preciso mais. Por isso a pré-candidatura do vereador tubaronense André May, o Deka, continua na mesa.

O deputado estadual Valmir Comin (PP) é um defensores de candidaturas do Sul e propõe que cada microrregião tenha um candidato. O vereador de Criciúma Giovanni Zapellini (PP) também é cogitado.

O presidente do PP de Capivari de Baixo, vereador Ricardo Arboite, já manifestou que o diretório local apoiará a pré-candidatura de Deka.

Nas negociações feitas com o PDT, fala-se que os trabalhistas trariam 15 candidatos. Para conquistar três vagas na Câmara, estima-se que sejam necessários 600 mil votos. No quadro atual, a situação é complicada o que justifica a preocupação. Alguns sonham com a possibilidade de Esperidião Amin disputar uma vaga o que ampliaria a legenda do PP.

PV par#tido

Os verdes contrários à decisão de ter um candidato ao governo do Estado afirmam que o partido está se despedaçando e rumando ao próprio enterro. Pelo Twitter, Gerson Basso, que obteve mais de 250 mil votos ao senado em 2006, escreveu "O PV em SC será a vergonha da eleição. Dez anos de luta jogados fora“. Ivan Naatz também acha que o partido não tem condições de enfrentar uma eleição estadual e que a pré-candidata a presidência Marina Silva será a principal prejudicada.

Para o sábado (19/6) está convocada uma reunião estadual para deliberar sobre as pré-candidaturas do partidos. José Paulo Teixeira e Rogério Portanova são cotados para disputar o governo.

Leia mais...
PV sem rumo em SC

Comin volta à Alesc com críticas ao governo

Deputado estadual Valmir Comin (PP) retornou à Assembleia Legislativa ontem (15/6), depois de licença de 60 dias, e hoje já promete usar a tribuna para criticar a situação de algumas obras no sul do estado. Durante a licença o parlamentar diz ter percorrido diversas regiões e teve reforçada a tese de que as SDRs presicam ter autonomia orçamentária e para fazer isso é preciso „ enxugar a máquina e potencializar os serviços“.

Rhumor - JBGuedes





twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

terça-feira, 15 de junho de 2010

Nucleação de escolas em Imaruí está prevista para julho

O tema nucleação das escolas em Imaruí continua em discussão na cidade. De um lado a secretaria de educação que argumenta que a medida vai gerar qualidade de ensino. Do outro está a população e os professores que gostariam de ter sido consultados antes da decisão. Na sessão da Câmara de Vereadores de ontem, o presidente Pedro Raimundo Sobrinho (PPS), se juntou ao coro dos vereadores Elina Roussenq (PMDB) e Vanderlei Cunha (PMDB), o Vando, e apresentou requerimento que solicita quatro reuniões do poder executivo, com os pais, alunos e professores, no Salão Paroquial das comunidades: São Tomáz, Aratingaúba, Cangueri de Fora e Forquilha do Rio D’una. Abaixo, publico a reportagem exibida na Unisul TV

Quantos palanques?

Os cacos da segunda-feira ainda não foram recompostos e a tríplice aliança não é dada como certa.

Ontem, por causa do falecimento da mãe do deputado Edson Bez, o Edinho, as principais lideranças envolvidas no processo estiveram em Gravatal.

Só o senador Raimundo Colombo (DEM) não esteve por aqui. Ele que teve a posição de candidato ao governo reforçada integra a ala dos mais satisfeitos.

Entre os descontentes, o governador Leonel Pavan (PSDB) considerou a decisão de Eduardo Moreira como uma traição e disse que o PSDB não vai continuar sendo escravo dentro da tríplice aliança. Exige espaço importante para continuar na composição.

Também entre os que não gostaram podem estar boa parte dos peemedebistas que foram motivados pelo próprio Eduardo Moreira a participar das prévias, a acreditar que teriam candidatura própria e não se importar com as pesquisas que ainda colocavam o candidato em posição desfavorável.

Como vai ser o comportamento da militância? Vão se engajar neste tipo de candidatura? Como vão entender o partido sendo vice de Dilma Roussef PT, mas coligado com candidato que apoia José Serra (PSDB) em Santa Catarina?

É neste aspecto que entram as espectativas de Angela Amin e Ideli Salvatti. Eu não acredito em coligação entre PP e PT.

Ideli vai manter a candidatura, pois já tem o apoio de partidos menores que garantem um bom tempo no rádio e televisão. Ela também vai apostar nos dissidentes do PMDB. Uma aliança com Angela afastaria esta possibilidade por causa das diferenças históricas entre pepitas e peemedebistas.

Já Angela, seria a alternativa para o PSDB dar o troco nos antigos aliados. Além disso esta aliança garantiria um segundo palanque para José Serra no estado. E isso, talvez, seja o que mais deixe os petistas em alerta.

PSDB quer espaço para reconstrução da tríplice aliança, diz Pavan

Eduardo Moreira (PMDB), anuncia saída da corrida ao governo de Santa Catarina em favor do pré-candidato Raimundo Colombo (DEM). Em Gravatal, o governador Leonel Pavan critica a decisão e adverte que o PSDB quer espaço para reconstruir a tríplica aliança. Apenas a composição não serve aos tucanos. Governador fala em traição

Desistência é para apoiar Serra, diz Moreira

Em Gravatal, o ex-governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), que busca uma vaga no senado nas eleições de outubro, nega a traição ao PSDB. E Eduardo Moreira (PMDB) diz que desiste da campanha ao governo para privilegiar José Serra (PSDB) à presidência da república

Ultimato 11 - por Nunes

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Alexandre Moraes avalia decisão de Eduardo Moreira

O pré-candidato a deputado estadual Alexandre Moraes foi um dos peemedebistas surpreendidos com a decisão de Eduardo Moreira em não disputar o cargo de governador. Mas para o tubaronense, a decisão mostrou que o presidente estadual do partido queria a tríplice aliança.

- Eu achava irreversível a condição de termos candidatura própria, mas a manutenção da tríplice aliança falou mais forte – diz Moraes.

Sobre a condição de disputar a eleição com chapa pura ou coligado o pré-candidato também disse que as duas situação tinham prós e contras.

- Com candidatura própria teríamos uma militância mais motiva. Por outro lado, com uma chapa forte na majoritária temos consistência e chances de vitórias ainda mais próximas – avalia.

Mãe do deputado Edinho é sepultada em Gravatal

O falecimento da mãe do deputado Edson Bez (PMDB), o Edinho, no domingo e o sepultamento nesta segunda-feira, trouxeram até Gravatal diversas lideranças políticas do estado que vieram trazer mensagens de apoio e respeito à família pela perda de Artemísia Bez de Oliveira, aos 81 anos.

Os fatos recentes da manhã, com o anúncio da desistência de Eduardo Moreira e união com o DEM, quase fizeram do momento de consternação um ato político. Muito gente compareceu ao enterro, mas as conversas sobre política ficaram de um lado por um momento.

Pelo Twitter, o deputado federal Paulo Bauer (PSDB), pré-candidato ao Senado, informou que retorna a Florianópolis com o governador Leonel Pavan. Nenhum comentário sobre a tríplice aliança.

Escolha de candidatos do PTN é pela internet

O PTN, partido que tem o ex-pugilista Adilson dos Santos, o Maguila, tenta inovar na escolha dos candidatos para 2010. Pelo site, os filiados e simpatizantes podem votar no cargo e nomes que desejam que representem a sigla.

Em Santa Catarina, não há nenhum nome disponível, o que indica que o PTN não terá candidatos.

A propósito, Maguila que é filiado em São Paulo, tem até agora três votos. Um para governador e dois para presidente.

Chapa acomoda todos os aliados

O anúncio da desistência de Eduardo Moreira (PMDB) de disputar o governo do estado e formar aliança com o DEM de Raimundo Colombo geraram uma movimentação intensa nesta segunda-feira.

Na primeira postagem sobre o tema esta manhã, a composição das chapas ainda não abrigava o PSDB. Com a manutenção dos tucanos na tríplica aliança a chapa majoritária deve ter Colombo para o governo, Moreira como vice e Luiz Henrique da Silva (PMDB) e Paulo Bauer (PSDB) no lugar de César Souza (DEM). Como se percebe, todos devidamente acomodados.

Leia mais...
Hora de pensar e responder logo

Colombo e Moreira formarão chapa para o governo

PV sem rumo em SC

Enquanto os grandes partidos definem os rumos nas eleições tem pequenos metidos em muita confusão e indefinição. Um deles é o PV. A Comissão Provisória estadual está vencida desde 15 de maio e com isso a sigla está sem presidente em Santa Catarina. A convenção do partido está sendo convocada pela direção nacional.

Sem comando, a pré-candidatura ao governo do estado do vereador de Joaçaba Fabiano Piovezan também perdeu o rumo. Cogita-se que ele dispute um cargo de deputado. Os verdes também tentam convencer o modelo e empresário Paulo Zulu a disputar um cargo.

A direção nacional teria imposto um candidato em Santa Catarina o que parece contrarir a vontade dos membros do partido no estado.

Em meio a toda esta confusão, o coornador Nacional e da Executiva do PV, José Paulo Teixeira, emitiu um convite para o Encontro Estadual no dia 19 de junho. O convite foi enviado por meio do e-mail do PV de São José. No texto propõe-se a criação de um Conselho Político que seria responsável por formar a nova executiva estadual, sem intervenção nacional.

Pelo Twitter, alguns verdes se manifestam pedindo que a pré-candidata a presidente pelo partido, Marina Silva, dê atenção ao partido em Santa Catarina, sob risco de ficar sem apoio no estado. Outros pedem por respeito ao PV catarinense.

O site oficial do partido está fora do ar e na sede em Florianópolis ninguém atende ao telefone. Sem comando e sem candidato o PV está sem rumo no estado e com pouco prazo para tentar salvar a sigla e as eleições de 2010.

TRE suspende cotas do Fundo Partidário do PSTU

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina desaprovou, por unanimidade, as contas do diretório estadual do PSTU, referentes ao exercício financeiro de 2007, e determinou a suspensão do repasse de cotas do Fundo Partidário por oito meses. Da decisão, publicada no Acórdão nº 24.554, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia mais...
Pleno suspende cotas do Fundo Partidário do PSTU por oito meses

Hora de pensar e responder logo

A desistência de Eduardo Moreira (PMDB) de disputar o governo em favor de Raimundo Colombo (DEM) exige que PSDB, PP e PT pensem e respondam com rapidez.

O prefeito de Imbituba, e presidente interino do PSDB, José Roberto Martins, o Beto, voltou de Salvador com um quadro formado e aparentemente favorável a candidatura de Leonel Pavan.

Ideli Salvatti foi de cadeira de rodas à convenção do PT e também teve reforçada a posição de pré-candidata ao governo.

Ângela Amin participiu de encontro do PP em Tubarão e viu uma militância motivada com a liderança nas pesquisas, mas num quadro com cinco pré-candidaturas.

E agora, fica tudo mantido diante na nova situação? PSDB fica com PMDB e DEM ou procura nova parceria com o PP? E o PT, continuará resistindo à união com o PP?

O que era apenas para ser o anúncio de um acordo com o PTB, motivo da entrevista coletiva marcada por Colombo, deixou o quadro estadual mais animado que a Copa do Mundo.

Colombo e Moreira formarão chapa para o governo

DEM e PMDB entraram em acordo e anunciaram esta manhã composição para a disputa das eleições 2010. Chapa terá Raimundo Colombo (DEM) para governador, Eduardo Moreira (PMDB) para vice, Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e César Souza (DEM) para o Senado. Anúncio foi feito em entrevista coletiva na Alesc, em Florianópolis e já replica na internet.

E como ficam PSDB e PT nessa história depois das convenções nacionais do fim de semana? Assunto para os próximos dias.

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Imaruí, 14/6

MATÉRIA DO PODER EXECUTIVO PARA DISCUSSÃO E DELIBERAÇÃO
Projeto de Lei nº. 032/2010, de 1º de junho de 2010, “Altera a redação da Lei nº 1.316/2008, a qual dispõe sobre o conselho Municipal de Saúde, e dá outras providências”. (acompanhado de Parecer)

Rhumor - JBGuedes





twitter.com/jbfguedes - jbguedes.blogspot.com

sábado, 12 de junho de 2010

Entrevista: Pré-candidato a presidente Américo de Souza (PSL)

O maranhense que mora em Balneário Gaivota há 20 anos passou por Tubarão esta semana. Já foi deputado federal pelo Rio Grande do Norte e Maranhão e também esteve no Senado. Nesta entrevista ele fala de algumas propostas
Souza explica propostas


BLOG DO RAFAEL MATOS - Qual a experiência acumulada a partir das eleições de 2006 quando o senhor já foi candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Luciano Bivar (PSL)?
AMÉRICO DE SOUZA -
A experiência foi muito grande, porque o Luciano Bivar é uma pessoa altamente qualificada, porém foi atropelado pela vinculação que havia na época. Podia-se votar para presidente e tinha que acompanhar os demais cargos no mesmo partido, e isso prejudicou muito. Isso não ocorre agora. Em 2010 pode escolher Américo de Souza como candidato a presidente e pode votar em candidatos de outros partidos para as outras vagas. Isso me trouxe uma experiência muito grande, e justifico o fato do Luciano não ter tido um desempenho melhor na campanha.

BRM - Como brigar contra o pouco espaço na mídia que é dado aos partidos chamados nanicos, como o PSL, e ganhar visibilidade nesse cenário?
AS -
Na medida em que eu tiver substância política e eleitoral em função das minhas propostas que atingem todo o universo das necessidades do povo brasileiro. Estudantes, empregados, empresários, comerciantes, industriais, agricultores, de todos os campos, todas as áreas da atividade nacional, todas elas são atingidas beneficamente por minhas propostas, que são ousadas, mas muito conscientes.

BRM - O que o senhor propõe na área da saúde?
AS -
Nós vamos acabar com as filas dos serviços de saúde em seis meses.

BRM - E segurança?
AS -
Nós acabaremos com a bandidagem também em seis meses. Vamos alterar o Código Civil, alterar o Código Penal, a Lei de Execuções Penais. Vamos ter uma abrangência muito grande, porque hoje em dia a bandidagem se exerce pela falta de legislação que ampare a justiça no sentido de manter na cadeia os presos pela polícia. Hoje se diz 'a polícia prende e a justiça solta', mas não é que a justiça queira soltar, ela é obrigada para cumprir a legislação e ninguém até agora fez qualquer coisa para que essa legislação mudasse e eu vou mudar. Porque tenho uma boa base jurídica, além de bacharel em Direito, além de advogado, além de ter sido ministro do Tribunal Superior do Trabalho e do Ministério Público.

BRM - Nas últimas pesquisas Dilma Roussef (PT) e José Serra (PSDB) aparecem empatados e os candidatos dos partidos nanicos não são citados. Como o senhor avalia isso?
AS -
Houve uma eleição no Brasil em que as duas maiores figuras da política brasileira ocupavam exatamente a mesma situação que estão hoje Dilma e Serra. Ulisses Guimarães era presidente da Câmara dos Deputados, presidente da Constituinte. Isso em 1988 e a eleição foi em 1989. O PMDB tinha 26 dos 27 governadores lhe apoiando, tinha o maior numero de senadores, de deputados federais e estaduais, de prefeitos, de vereadores. Era essa loucura que ele tinha e só obteve 4,1% no final das contas. Aureliano Chaves que era o presidente do PFL, hoje Democratas, homem de bem, homem sério, homem honrado, ex-vice-presidente da república, só teve 1%. Então toda esta mídia que esta aí, essas pesquisas que são feitas, são em função do momento. É só analisar entre a pesquisa expontânea e a pesquisa condicionada a uma cartela. Eu, por exemplo, já estou com pouco mais de 1%. Mas eles não divulgam porque não tem interesse. Mas na medida em que minhas propostas forem se consolidando eu posso ganhar espaço. Em Recife-PE, na Folha de Pernambuco, um dos jornais de maior circulação do Nordeste, imediatamente à nossa reunião em que me elegeu e aclamou como pré-candidato, esse jornal me deu um grande espaço. Na mesma edição deu menos de 1/8 para Serra e menos de 1/8 para Dilma e me deu uma página nobre de espaço para mim. No Paraná eu fiz uma palestra para a Câmara de Vereadores, tinha um vereador nosso do PSL, entre mais de 30 vereadores curitibanos e saí de lá aclamado efusivamente porque tive oportunidade de mostrar minhas propostas.

BRM - Quais seriam outras propostas do senhor?
AS -
Todos falam em Reforma Tributária, vamos desonerar isso, desonerar aquilo, mas sem dizer como é. Eu não, eu apresento uma proposta que é o tributo único. Tenho um livro publicado sobre isso. Vou substituir, vou eliminar todos os impostos, todos os emolumentos, todas as contribuições e todas as taxas. Não vai haver nem mais custa judicial, porque isso é emolumento. Não vai ter mais INSS pra pagar, porque isso é uma contribuição. Ninguém mais vai se preocupar com declaração de Imposto de Renda, porque não vai mais ter isso. Eliminam-se todos os impostos, todas as contribuições, todas as taxas e emolumentos. Se cria um único tributo, com uma nova base de cálculo que é recebimento de valor. Tudo que você receber você paga 10%. Um único tributo de 10%, que eu chamo de dízimo cívico. Na carga tributária, hoje se diz que a indústria paga 42%, o comércio paga 37%, entre outros. Tudo que a empresa vender, que o cidadão vender e receber como salário paga 10% e nada mais. Os empregados terão o FGTS que hoje as empresas recolhem via Caixa Econômica, será acrescido ao salário do trabalhador. Isso significa 8%, mais o INSS que vai deixar de pagar vai significar quase 20% de acréscimo no salário dele. E aqueles que pagam imposto de renda na fonte, tudo isso vai desaparecer. No lugar disso, paga só 10%. Os trabalhadores que são isentos de IR terão um acréscimo de 11,2% nos salários para que ao pagar o imposto de 10% não sofram diminuição na renda. Tudo isso está devidamente explicado no meu livro.

BRM - Como explicar isso para toda a população com tão pouco tempo no horário eleitoral?
AS -
Estou citando agora para os seus leitores, e temos mais quatro meses para isso. As pessoas vão ver o Américo de Souza crescer, e na proporção que um cresce o outro desce.

BRM - Esta será sua principal bandeira?
AS -
Não, eu não serei candidato de uma bandeira só, como foi o caso do Cristovam Buarque (candidato do PDT em 2006) que falava só sobre educação, mas também não dizia como iria fazer. Eu não, eu farei uma reforma educacional. Toda a educação básica, o ensino fundamental e o ensino médio passarão para esfera federal. Todas as professoras passarão a ser funcionárias do governo federal num quadro especial do MEC. Todos os alunos terão disponíveis as salas de aula de 6 da manhã até a meia-noite para usarem para o que for preciso. Para estudar, usar computador, usar biblioteca, praticar esportes. E isso em todas as escolas estaduais e municipais mantidas pelo Fundeb. Com isso, os municípios também vão se libertar deste ônus pesado que é manter a escola municipal. A mesma coisa para os estados que vão se libertar desta carga. Eles vão deixar de receber verbas do Fundeb, mas em compensação não vão ter mais nenhuma responsabilidade com o ensino porque será tudo federalizado. Isso aí não é novidade. Assim a Coréia do Sul saiu de uma situação que ficava lá atrás do Brasil e hoje está lá na frente. Hoje a Coréia do Sul é primeiro mundo. Já foi lá do fim da fila. A França e Estados Unidos também são exemplos para verificar e louvar. Temos que nos espelhar naqueles que dão certo e não em Cuba, em Venezuela de Chaves. Não tenho nada contra, mas acho que não é o exemplo para o Brasil.

BRM - O senhor também é o presidente estadual do PSL de Santa Catarina. Qual será a posição do estado nas eleições daqui?
AS -
O partido em Santa Catarina não vai apresentar candidato a governador. Nos fizemos reuniões em Itapema, somos fortes no Norte do Estado, em cidades como Blumenau com o presidente local João Beltrame, em Joinville com a vereadora Dalila Leal, em Navegantes com o vereador Donizete Silva e o Renato Lopes, em Itapema com o Huen Back, o Gilberto Silva em Balneário Camboriú, o Ivan Leal em Camboriú, apenas para citar alguns nomes. Vamos ter um pré-candidato e candidatos a deputado federal e estadual. Para o estado eles estão decidindo porque eu estou muito ocupado com a pré-candidatura a presidente. Eles se reúnem e decidem sem a minha participação. Eles também decidem se vai coligar ou não. Mas nossas candidaturas serão ajudadas pela candidatura vitoriosa que será a nossa a presidente pelo PSL.

Charge - Nunes

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Aeroporto: vencedora da licitação do acesso sai segunda-feira

Na visita às obras do Aeroporto Regional de Jaguaruna ficou a sensação que estava faltando alguém. Talvez um representante da secretaria estadual de Infra-estrutura para falar oficialmente sobre o atraso dos trabalhos e sobre os novos prazos. Se ele fosse, poderia ter anunciado que o nome da empresa vencedora da licitação para a construção do acesso será anunciado na segunda-feira, dia 14.

Tudo bem que encontro foi marcado para promover uma visita de quem nunca esteve por lá, mas cobrar agilidade seria importante. Comentou-se, inclusive, que a visita foi marcada para que os vereadores de Tubarão tomassem conhecimento dos trabalhos. Só dois compareceram: Albertina Carvalho (PSDB), a Beth Xuxa, e Dionísio Bressan (PP). De Jaguaruna estiveram Alício Bitencourt (PP) e Jaime Souza (PMDB), o Alemão.

Promessas e ações

Diante dos números apresentados, o veredor Dionísio Bressan (PP) pediu a realização de uma sessão ordinária ou extraordinária, antes do recesso de julho, para discutir soluções para os problemas de violência da cidade. O vereador também se diz cansado de tantas promessas e quer que as autoridades se comprometam com ações efetivas para mudar o quadro crescente de violência na cidade.

Como alternativa para atuar na prevenção, o vereador João Guerreiro (PSDB) pediu o cumprimento da Lei nº 2170/98, que dispõe sobre Campanha Educativa no Combate ao uso de Drogas. Pelo texto, os promotores de diversões públicas como shows, boates, discotecas, teatros, cinemas, bingos, festas religiosas, entre
outros, dedicarão tempo de seus respectivos eventos à prevenção ao uso de drogas. Pela lei, são 45 segundos a cada uma hora de duração. Ou seja, num show de duas horas, deveria ser emitida uma mensagem de 1min30ms.

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores