quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Novos municípios terão eleições só em 2012

Eleições nos novos municípios de Pescaria Brava e Balneário Rincão apenas podem ocorrer quando da simultaneidade de eleições municipais em todo o País. A decisão foi tomada na sessão dessa quarta-feira do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, em resposta à solicitação do governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), e também de consulta formulada pelo deputado federal Acélio Casagrande (PMDB). Com a decisão do TRE-SC, as eleições nos municípios de Pescaria Brava e Balneário Rincão poderão ocorrer apenas em 2012.

Leia mais...
Eleições em Pescaria Brava e Balneário Rincão só em 2012, diz TRESC

Continue lendo...

Ponticelli pede diminuição das diferenças salariais

O projeto de lei que determinará o aumento do salário do governador de Santa Catarina e de outros cargos públicos nem chegou na Assembleia Legislativa e já gera manifestações dos principais opositores.

O vice-líder do PP, o deputado Joares Ponticelli já antecipou que as discussões sobre o tema serão fortes. Ele disse nesta quarta-feira que, mais importante do que fixar valores, é trazer à luz um ponto central: a de que exista menor diferença entre o maior e o menor salário entre os servidores do Estado. Ele pediu uma discussão mais aprofundada da Assembleia sobre o tema.

Leia mais...
Ao governador, o índice é generoso

Salário do Governador e dos servidores: Ponticelli diz que o mais importante é diminuir a diferença

Continue lendo...

PMDB em busca de novas lideranças

O PMDB de Tubarão buscará a reestruturação em 2010. Em reunião realizada nesta terça-feira os membros do diretório municipal definiram como metas para o próximo ano organizar o partido nos bairros e buscar novas lideranças. O objetivo é formar candidatos a vereadores para 2012 e buscar novos filiados.

O encontro também definiu a festa festa de encerramento do ano, que será no realizada no dia 4 de dezembro, às 21:15 horas, na sede do Palmeiras de Congonhas.

Continue lendo...

PSB de SC segue movimentos de Ciro Gomes

O PSB de Santa Catarina programa discutir nesta quinta-feira (19/11) as candidaturas para as eleições de 2010, mas as declarações do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) e pré-candidato à presidência sobre abrir mão em favor do governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB), pode mudar o rumo da conversa.

É que o lançamento de um candidato do PSB em Santa Catarina estaria diretamente ligado ao fato de Ciro disputar a sucessão de Lula. O desempenho dele nas pesquisas reforçaria e motivaria a intenção de disputar o governo do estado.

Em todo caso o partido segue traçando estratégias. O presidente estadual, Djalma Berger, é o principal nome da sigla, mas não deve renunciar ao mandato de prefeito de São José para disputar o governo. Adir Gentil e Mário Cavalazzi surgem como possibilidades assim como o ex-vereador de Florianópolis Márcilio Ávila.

Na disputa proporcional a estratégia do PSB não muda e nem precisa esperar por Ciro. O partido deve coligar e apresentar um único candidato para federal. O nome pode sair da mesma lista que aparece para o governo.

Para deputado estadual a orientação é ter o maior número de candidatos possíveis para conquistar pelo menos três vagas na Alesc. Do Sul surgem como possibilidades o vereador de Criciúma e ex-candidato ao senado, Ízio Inácio, o Hulk, a vereadora de Laguna Jussalva da Silva Matos, a Nega, e o ex-prefeito de Imaruí Odmar Pires Pacheco (1997-2000).

O presidente do PSB de Tubarão Henrique Melo participa da reunião marcada para às 14 horas na sede do diretório.

Leia mais...
Por Aécio, Ciro desiste

Continue lendo...

Marronzinho, o 14º em 1989

No último domingo (15/11) completamos 20 anos da realização do primeiro turno das eleições presidenciais de 1989. As primeiras depois da ditadura militar (1964-1985). Depois de quase 30 anos, os brasileiros foram às urnas escolher entre 22 candidatos. Entre eles um senhor chamado José Alcides de Oliveira, o Marronzinho, do Partido Social Progressista (PSP).

Lula (PT) e Collor (PRN) foram para o segundo turno e esta história quase todo mundo lembra. Do Marronzinho não, por isso vou falar sobre ele.

Em rápida pesquisa na Internet, apurei que ele mora em Osasco e é proprietário de um jornal (leia mais). Marronzinho foi o único candidato negro daquela eleição e também seria o único nas que vieram. Os negros nunca mais tiveram um candidato a presidente e não veem nenhum pré-candidato pela frente.

Marronzinho ficou famoso nos 30 segundos que tinha no horário eleitoral, tempo dedicado aos candidatos nanicos, porque não podia falar. Então no horário dele, apenas gesticulava enquanto que uma mensagem no vídeo dizia: “aguarde, ele vai falar".

Em Santa Catarina Marronzinho fez 6.095 votos e em todo o Brasil fez 238.379 votos ficando em 14º lugar, logo atrás de Enéas Carneiro (Prona), conhecido pelo jargão "Meu nome é Enéas!), e a frente de Fernando Gaveira (PV), hoje deputado federal.

Abaixo segue um de um vídeo da campanha, ainda quando ele podia falar.



E outro sobre os candidatos nanicos.



Sílvio Santos também foi candidato por alguns dias nesta eleição, mas isso já é outra história. Se você lembra de algo marcante daquela eleição, mande um comentário pra gente e compartilhe a sua história.

Continue lendo...

Pauta da Assembleia Legislativa, 18 de novembro

1 – Reunião da Comissão de Finanças
Local: Sala das Comissões
Horário: 9 horas

2 – Sessão ordinária
Local: Plenário
Horário: 14 horas

3 – Reunião da Comissão de Agricultura
Local: Sala das Comissões
Horário: 18 horas

4 – Escola do Legislativo – II Seminário Estadual de Acessibilidade e V Seminário Nacional de Acessibilidade
Local: Auditório Antonieta de Barros
Horário: 18 horas

5 – Lançamento do livro “Religião de Darwin”, de Roberto Ramos
Local: Plenarinho
Horário: 19h30min

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors