terça-feira, 3 de novembro de 2009

Entidades preparam propostas para a parceria com Unisul

Presidentes dos Sindicatos e coordenadores dos Núcleos Setoriais secretariados pela Acit (Associação Empresarial de Tubarão) estiveram reunidos hoje na entidade, com o presidente Eduardo Silvério Nunes e o secretário de indústria e comércio de Tubarão, Estener Soratto Júnior. O objetivo foi traçar diretrizes para a reunião que acontecerá dia 11 de novembro, na Unisul, em continuidade ao encontro ocorrido na semana passada, na Universidade, a fim de somar esforços pelo desenvolvimento do município.

Na reunião de hoje, foi abordada a necessidade de capacitação não só de mão-de-obra, mas também dos gestores, bem como a abertura da Universidade para projetos que atendam outras demandas da classe empresarial e da sociedade.

A partir desta conversa, serão levantadas entre os integrantes dos Sindicatos e Núcleos, as necessidades de cursos e treinamentos para os segmentos envolvidos, para então, no dia 11, serem apresentadas à Universidade, que sinalizou a criação, até 2011, de pelo menos cinco cursos técnicos e cinco profissionalizantes com base nestas demandas apresentadas.

Há ainda a possibilidade dos empresários e do poder público fazerem sugestões nas grades dos cursos superiores oferecidos pela Unisul, a fim de que se voltem ainda mais à prática do mercado de trabalho.

Com informações da AI/Acit

Continue lendo...

A torneira que não quer fechar

A Controladoria Geral da União tem fiscalizado o repasse de recursos federais aos municípios brasileiros. Até agora 30% foram fiscalizados e os números não são nada satisfatórios. Os escândalos de corrupção já começam nos municípios brasileiros.

Muito se fala e se dá destaque para os escândalos no Congresso Nacional e Senado Federal. Desvio de dinheiro que atinge números estratosféricos. Só que a investigação que a Controladoria Geral da União vem fazendo nos municípios brasileiros indica que o problema começa bem mais perto, no nosso quintal.

Cerca de 95% das cidades visitadas até agora pelos fiscais do CGU apresentam algum tipo de irregularidade administrativa. São licitações fraudadas, comprovação de gastos com notas frias e falsas e apropriação indevida dos recursos públicos.

O orçamento da União destina aos mais de 5.600 municípios brasileiros cerca de R$ 90 bilhões. É muito dinheiro e pouca fiscalização. Não se sabe, por exemplo, quando os fiscais da União voltarão aos municípios. E mais, a escolha das cidades é feita por sorteio porque não se tem condições de visitar todas.

Eu não estou falando aqui de nenhum caso específico de nossa região, mas estou falando de um alerta que é preciso fazer. Somente a sociedade unida e mobilizada pode contribuir para mudar esta realidade.

Se cobra, e muito, pela realização de obras e projetos. As prefeituras, com poucos recursos, tem que buscar dinheiro na esfera federal para realizar estes projetos. Mas quem fiscaliza?

A mesma sociedade que se une para cobrar também deve se unir para fiscalizar. Esta torneira de desperdício do dinheiro público tem que ser fechada. Se a Controladoria Geral da União não tem condições de fazer isso sozinha porque não receber ajuda da população?

Se vivemos uma época de prosperidade econômica e crescimento social como se propaga, precisamos garantir a aplicação dos recursos e diminuir os índices de corrupção para fazer que isso seja realmente uma realidade.

Leia mais...
Corrupção nanica, estrago gigante

Continue lendo...

Casos parecidos? Sistema ultrapassado

Quem viu as cenas de violência e tortura, exibidas pelo Fantástico, que aconteceram dentro do Presídio de São Pedro de Alcântara (SPA), pode ter lembrado de alguma semelhança com as denúncias feitas contra a Policia Militar e o próprio Deap em Tubarão?

A Policia Militar ainda precisa explicar o que aconteceu no dia 28 de agosto numa batida no Beco do Quilinho. A família de Ricardo Cipriano Diomar acusa os PMs de espancamento. Cipriano faleceu dias depois.

No Presídio Regional também houveram denúncias de abuso da força durante a realização de uma operação pente fino, quando foram encontradas armas, drogas e dinheiro. Os agentes da Deap estiveram em Tubarão.

O caso de SPA teve repercussão nacional e os envolvidos serão afastados enquanto é realizada a investigação. O mesmo foi pedido por aqui, mas sem o mesmo sucesso.

De um jeito ou de outro, os casos mostram que o sistema penitenciário é ultrapassado e não corrige ninguém. Mostram que a segurança da população precisa ser melhor tratada.

Ladrões e bandidos também são violentos com as vitimas, temos que lembrar disso, mas não se pode permitir que quem tem o compromisso de defender a população também seja parte disso.

Esclarecer e dar transparência é o melhor caminho.

Leia mais...
Governo de SC investiga tortura de presos

Continue lendo...

Pauta da Assembleia Legislativa, 3 de novembro

1 – Reunião da Comissão de Justiça
Local: Sala das Comissões
Horário: 9 horas

2 – Sessão ordinária
Local: Plenário
Horário: 14 horas

3 – Sessão especial em homenagem aos 40 anos do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV/SC)
Local: Plenário
Horário: 19 horas

4 – Abertura da exposição de Arte Coletiva - artista Ludmila Rabelo Martins
Local: Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho
Horário: 19 horas

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors