quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Conselho Político Empresarial reúne-se em Capivari de Baixo

O Conselho Político Empresarial para o Desenvolvimento da Região reúne-se nesta sexta-feira, dia 23, em Capivari de Baixo. Depois da inclusão de novos pleitos macro e microrregionais no encontro ocorrido em Garopaba, dia 2 de outubro, lideranças empresariais e políticas discutirão novamente o andamento dos projetos, ações e obras importantes para o desenvolvimento da região.

Um dos novos pleitos macro é a questão da segurança pública. Ele se soma à conclusão da duplicação da BR101, do Aeroporto Regional Sul Humberto Bortoluzzi, da expansão da malha ferroviária e das questões ambientais.

Com relação aos pleitos microrregionais, será aberto espaço ao município de Capivari de Baixo, anfitrião do evento, para que reforce seus pedidos: a construção de uma ponte ligando o município a Tubarão e a pavimentação asfáltica de Capivari de Baixo a Gravatal.

Também serão repassados todos os outros pleitos microrregionais dos municípios envolvidos: Braço do Norte, Garopaba, Imbituba, Jaguaruna, Laguna e Tubarão e apresentado o site do Conselho desenvolvido pela ATEC (Associação das Empresas de Tecnologia de Tubarão e Região), formada pelo núcleo de Tecnologia da Informação da ACIT.

A reunião será às 9h, na sede da FUCAP (Faculdade Capivari), aberta a todos os interessados.

Com informações da AI/Acit

Continue lendo...

Audiência pública da Alesc em Laguna

A Assembléia Legislativa realiza nesta sexta-feira, dia 23, audiência pública para debater a dragagem da bacia hidrográfica do rio Tubarão e complexo lagunar.
O encontro será às 15h no Clube Congresso, em frente a praça da matriz, centro histórico.

- Vamos propor a elaboração de um diagnóstico e um processo de revitalização das lagoas que envolvem o Complexo Lagunar, tendo em vista que as comunidades que vivem nestas áreas dependem destas medidas para sua manutenção - afirmou o deputado Círio Vandresen (PT) da Comissão de Pesca e Aquicultura, organizadora do evento.

Continue lendo...

A municipalização que assusta

Os secretários de educação de toda a Amurel estão muito preocupados com o Projeto de Lei Complementar 014/09 que propõe a municipalização do ensino fundamental no Estado. Ontem (21/10) em reunião na Associação eles ouviram encaminhamentos que devem ser dados para que a proposta seja melhor discutida.

Apesar da Lei de Diretrizes e Bases, a LDB, dizer que Estado e municípios são responsáveis pela educação, a municipalização não pode ocorrer na marra. O representante da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), o assessor jurídico, Edinando Brostolin, informou que já surgiram informações pelo Estado de escolas que estão negando matrículas para 2010. A orientação neste caso é informar o promotor público do município para que as escolas estaduais ofereçam as vagas.

Quem vai pagar a conta disso tudo é outra preocupação. Os municípios já tem um orçamento apertado e teriam que arcar com mais professores e mais infraestrutura. O caminho, segundo a Fecam é buscar apoio dos deputados estaduais, já que o projeto tramita na Assembléia Legislativa, para que a transição do processo seja no mínimo gradual.

Para avaliar esta questão, vou usar aqui uma afirmação do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) e ex-ministro da educação. Ele disse mais ou menos assim, que no Brasil tudo que é dos ricos é federal e o que é de pobre é municipal. Os aeroportos, por exemplo, são federais, já as rodoviárias são municipais. Aquelas que são consideradas as melhores universidades, são as federais, já as outras...

Mas o problema não é se os municípios tem ou não condições de gerir a boa educação. É preciso garantir os recursos necessários para isso e principalmente respeito com professores, alunos e as famílias que precisam participar de todo este processo.

Continue lendo...

Sem Besc, prefeitos prometem buscar outras agencias

Com a incorporação do Besc pelo Banco do Brasil, a região da Amurel perderá três agencias. Armazém, Gravatal e Treze de Maio ficam só com o Banco do Brasil (BB) a partir de 1º de dezembro. Isso num primeiro momento, pois outras devem fechar, ou ser incorporadas como preferem dizer os gestores do BB.

Conversei ontem com os prefeitos de Armazém e Treze de Maio, Jaime Wensing (PSDB) e Arilton Cândido (PP), o Xela, respectivamente. Eles estavam muito contrariados com a decisão do Banco do Brasil, até porque tinham a promessa de que não haveria o fechamento.

Agora eles pretendem atrair outro banco para a cidade. Vão conversar com Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal ou quem mais demonstrar interesse. Para atrair este banco se comprometem até a transferir a movimentação bancaria das prefeituras e pagamento de folha salarial para quem se instalar na cidade.

São municípios pequenos, é verdade, mas as agencias já tinham fila e agora com uma opção a menos o temor é que a situação se agrave.

Continue lendo...

Tem alguma coisa errada!

Noticia publica agora a pouco na Folha de S.Paulo conta que 45 pessoas com diploma de doutor e outras 22 com mestrado se candidataram para o concurso que vai selecionar 1.400 garis para o município do Rio de Janeiro. O salário é R$ 486,10 mensais, tíquete alimentação de R$ 237,90, vale-transporte e plano de saúde. A remuneração poderá ser acrescida ainda de um adicional por insalubridade.

Não tenho nada contra os garis, mas isto só pode ser algum estudo antropológico ou projeto de pesquisa em qualquer outra área. A matéria conta que os próprios candidatos sem escolaridade ficaram surpresos ao saber disso.

Meus caros leitores, não é preconceito de minha parte, mas só pode ter alguma coisa errada num país onde a educação não vale nada. Ou então que pessoas ditas educadas não tenham ideias melhores do que assustar os que realmente não tem condições de arrumar um emprego com boa remuneração.

Leia mais...
Concurso para garis atrai 22 mestres e 45 doutores no Rio

Continue lendo...

Ordem do dia na Câmara de Vereadores de Tubarão, 22 de outubro

Os Vereadores de Tubarão estarão reunidos nesta quinta-feira, 22 de outubro de 2009, realizando mais uma Sessão Legislativa Ordinária. Na Ordem do Dia desta Sessão, os Vereadores irão deliberar sobre as seguintes matérias:

PROJETO DE LEI N° 0175/2009, de autoria do Ver. Edson José Firmino, que determina que os estabelecimentos de ensino localizados no Município de Tubarão, forneçam aos pais ou responsáveis informações sobre freqüência e rendimentos dos alunos. Este projeto em sua segunda votação

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N° 006/2009, de autoria do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre a estrutura da Procuradoria Geral do Município de Tubarão e dá outras providências. Este projeto em sua primeira votação

Continue lendo...

Pauta da Assembleia Legislativa, 22 de outubro

1 – Sessão ordinária
Local: Plenário
Horário: 9 horas

2 – Lançamento do livro “Jamais faça promessa”, de Murillo Capella
Local: Espaço Cultural Jerônimo Coelho
Horário: 19 horas

3 – Sessão solene em homenagem aos 70 anos do jornal Correio Lageano e lançamento do livro “José Paschoal Baggio – Da madeira ao jornalismo”, de Jonilda Wagner
Local: Serrano Tênis Clube
Horário: 19h30min

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores

Twitter







Recent Visitors