quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Produto inovador para um mercado com potencial

No Brasil estima-se que existam pelo menos 12.800 academias particulares. É um mercado que cresceu 70% no último e ainda tem muito para crescer pois apenas 2% da população brasileira frequenta este tipo de estabelecimento. Levando-se em conta que a classe média brasileira chega a 14% da população tem-se outros 12% com potencial de utilização dos serviços.

De olho neste mercado potencial, uma empresa de Tubarão está desenvolvendo um produto inovador. O projeto da EPT Software é criar uma ferramenta para auxiliar no processo de acompanhamento das atividades em centros especializados em fitness, ou seja, as academias. A adaptação evitará excessos durante os treinamentos, contribuindo para execução consciente das atividades físicas.

Esta ideia foi classificada pelo Prêmio Sinapse da Inovação e a empresa receberá R$ 50 mil para o desenvolvimento. O mesmo projeto está inscrito no Prêmio Prime que repassa mais R$ 120 mil para os processos selecionados.

– Trabalhamos há quatro anos nesta ideia. Temos uma visão do mercado potencial e agora com estes recursos vamos poder tirar o projeto do papel – comemora o sócio-administrador da EPT Software Willian Pandini Correa (foto).

A empresa integra a Incubadora Crie da Unisul e deve ficar incubada mais um ano, antes de caminhar sozinha no mercado.

LEIA MAIS EM...
Tecnologia e Abrigo dos Velhinhos: temas desta quarta-feira
Empresa incubada recebe prêmio Sinapse da Inovação

Continue lendo...

Ponticelli volta a criticar descentralização

O Presidente estadual do PP e vice-líder do partido na Assembléia Legislativa, o deputado Joares Ponticelli voltou a criticar o custo da descentralização do Governo Estadual. Ele comparou números da arrecadação estadual, “que era de R$ 300 milhões por mês, em 2003 e hoje arrecada nada menos do que R$ 1 bilhão”. E fez questionou as obras que não foram concretizadas.

– É muito blábláblá com esses 36 comitês eleitorais (as secretarias de Desenvolvimento Regional), esses cabides de emprego de alto custo, e o cidadão sem ver os efeitos prometidos dessa tal descentralização – conclui Ponticelli.

Continue lendo...

SDR Tubarão reúne comitês temáticos nesta quinta-feira

Os projetos a serem analisados pelos Comitês são: Instituto Dingo"s Point Ball solicita recursos para o Núcleo de Inclusão Digital, no valor de R$ 35.699,00; Instituto Dingo"s Point Ball também solicita recursos para o Projeto "Adote Crianças - futebol social" de R$ 210.537,17; Associação Cultural da região de Laguna solicita recursos para o Projeto "Reveillon Solidário 2009" R$ 67.700,00; Associação Esporte Clube Rio Branco solicita recursos para reforma e ampliação da sede do estádio Osny Pereira no valor de R$ 29.048,67 ; o Conselho de Desenvolvimento Comunitário de Termas do Gravatal solicita recursos para substituição da cobertura da sede social da entidade no valor de R$ 104.126,00; a Prefeitura Municipal de Gravatal solicita recursos para execução do projeto de implantação de Infraestrutura do Distrito Industrial R$ 150.000,00.

A ACIT - Associação Empresarial de Tubarão também apresenta projeto de Diagnóstico de Impacto Ambiental e Qualidade de Água no Rio Tubarão no valor de R$ 26.565,00. Outro projeto da ACIT - Associação Empresarial de Tubarão também solicita recursos para o projeto avaliação minerológica dos resíduos do beneficiamento de carvão no valor de R$ 188.769,25.

A próxima reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional será no dia 28 de agosto, em Treze de Maio.

Continue lendo...

Gripe afeta o turismo de eventos, mas nem todos

Uma área que poderia ser mais desenvolvida em nossa região tem sido afetada também pela Gripe A. Falo do turismo de eventos. São diversos os cancelamentos e transferência de datas por casa da disseminação da doença.

Numa rápida busca na internet (eu tenho testado o bing no lugar do google) pode-se verificar isso. Eventos culturais, empresariais e médicos estão na lista.

Mas curiosamente, o Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, foi mantido mesmo com o grande número de mortes registradas no Estado vizinho. Assim fica difícil acreditar na real gravidade da Gripe A.

Continue lendo...

Perícia judicial irá esclarecer os limites entre Laguna e Imbituba

O juiz da Vara da Fazenda Pública de Florianópolis, determinou a realização de perícia judicial para fins de obtenção da exata localização da linha divisória que divide os territórios de Laguna e Imbituba, na região de Itapirubá. A decisão foi tomada no último dia 7.

Nos próximos dias, o curso de geografia da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc) será contactado para realizar os trabalhos técnicos de campo, que deverão esclarecer a questão. O laudo pericial deverá ficar pronto em 90 dias após o início dos trabalhos.

O município de Laguna ajuizou na Justiça Estadual, ação de reconhecimento de direito, buscando a declaração de validade dos limites que mantém com Imbituba, na forma apontada pela legislação estadual, desde o ano de 1938, ou seja, uma linha divisória imaginária, reta e contínua que se inicia na ponta sul do morro de Itapirubá e termina na parte sul da localidade de Ponta Rasa, na Lagoa do Mirim.

Com informações da Secom/PML

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores